Resources

Gestão de Fornecedores

Gestão de Fornecedores

Gestão de Fornecedores

O que é dropshipping e como encontrar fornecedores confiáveis?

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

January 13, 2023

January 13, 2023

January 13, 2023

Fornecedores dropshipping são empresas responsáveis pelas mercadorias, pela gestão de estoque e de logística de tudo o que é vendido nesse modelo de negócio.

Uma forma de entender melhor como esses fornecedores trabalham é entendendo o que é dropshipping.

Dropshipping é uma modalidade de vendas online na qual o lojista não precisa montar estoque

Na prática, ele atua como uma espécie de intermediário de vendas, criando uma plataforma virtual para comercialização, lidando com os pedidos e com os clientes, mas deixando toda a parte de entrega para o fornecedor.

Para você ter uma ideia de como esse formato de negócio tem se mostrado bastante interessante, uma pesquisa do E-DSS.org descobriu que 27% dos varejistas com lojas online adotaram, recentemente, o modelo de dropshipping. 

Essa mudança no processo de venda e de entregas de produtos ganhou popularidade nos últimos anos graças às várias vantagens oferecidas aos empreendedores, tais como não precisar se preocupar com logística empresarial, e o baixo custo inicial para montar o e-commerce.

Entretanto, no que se refere à contratação de fornecedores dropshipping, é preciso destacar que esse formato também conta com alguns riscos que precisam ser considerados antes que a parceria seja efetivada. 

Neste artigo, você confere detalhes sobre o que é dropshipping, quais são os maiores riscos desse tipo de relacionamento com fornecedores, como se proteger dessas ameaças, e uma lista dos principais fornecedores dropshipping do Brasil e internacionais.

Siga a leitura agora mesmo e confira tudo sobre esse tema!

O que é dropshipping?

Dropshipping pode ser definido como um modelo de vendas online no qual o sistema de logística e de gestão de estoque fica sob responsabilidade do fornecedor dos produtos comercializados.

Isso significa que a loja que o realiza não precisa ter um estoque das mercadorias, visto que essas serão entregues pelo fornecedor parceiro.

O termo dropshipping também resume muito bem esse modelo de gestão logística: drop é um termo em inglês que quer dizer largar, e shipping significa remessa. Ou seja, dropshipping quer dizer “largar a remessa”.

Isso quer dizer que quem monta uma loja nesse formato atua como um intermediário entre os fornecedores dropshipping e os clientes. Por conta disso, suas principais responsabilidades são:

  • montar uma boa plataforma de vendas: preferencialmente que seja responsiva, rápida, intuitiva, e que permita que as compras sejam realizadas de maneira fluida e totalmente segura;

  • determinar os preços das mercadorias: estabelecendo valores que sejam competitivos, mas que, ao mesmo tempo, gerem uma boa margem de lucro;

  • criar estratégias de atração e de fidelização de clientes: visto que é a plataforma de vendas que estará à frente da negociação. Por isso, cabe ao empreendedor divulgá-la para atrair compradores para o negócio;

  • prestar serviço de atendimento ao cliente: novamente pelo fato de ser o e-commerce o ponto de contato entre consumidor e fornecedor;

  • encontrar bons fornecedores: que tenham produtos de qualidade e que cumpram fielmente o que foi estabelecido no contrato, a fim de não manchar a imagem do negócio junto ao público por problemas como atraso nas entregas, entre outros relacionados;

  • enviar corretamente os pedidos aos fornecedores: lembrando que o fluxo de entrega não é responsabilidade do empreendedor de dropshipping, mas para que ele aconteça corretamente, é fundamental que os pedidos sejam enviados no tempo certo.

Quais são as principais vantagens e desvantagens do dropshipping?

Só de saber o que é dropshipping, já dá para ter uma boa ideia das vantagens de montar um e-commerce nesse formato, concorda? Afinal, um dos seus pontos altos é que, quem vende, não tem nenhuma preocupação com gerenciamento de estoque ou fluxo de entrega das mercadorias.

Mas além desse benefício, há diversos outros que também merecem destaque. No entanto, como praticamente tudo na vida tem dois lados, há algumas desvantagens nesse modelo de negócio que também merecem a sua atenção.

Vantagens

  • baixo investimento inicial: já que não é necessário montar estoque;

  • poucos gastos operacionais: visto não ser preciso, por exemplo, manter espaços físicos para estocagem de produtos ou custear frotas e/ou funcionários para entrega das mercadorias;

  • alta possibilidade de escalar o negócio: pois é possível crescer sem precisar expandir espaços e custos operacionais na mesma proporção;

  • chance de vender variados produtos: considerando essa diversidade de acordo com o perfil do público-alvo.

Desvantagens

  • falta de controle do fluxo de entrega: lembrando que esse processo é feito pelos fornecedores dropshipping, que podem ter problemas de logística que fogem do controle do empreendedor;

  • alta concorrência: considerando ser um modelo de negócio que está em crescimento, conforme apontado na pesquisa que citamos logo na abertura deste artigo;

  • margem de lucro reduzida: se não houver um bom equilíbrio entre a definição de um preço competitivo e o que se pretende tirar de lucro para a empresa;

  • possíveis problemas jurídicos com clientes: que podem recair sobre a loja, especialmente se as responsabilidades que cabe ao proprietário do dropshipping e os fornecedores não estiverem bem definidas e estabelecidas em contrato.

Dica de leitura: "Veja nosso modelo de contrato com fornecedores e entenda o que sua empresa precisa garantir nesse documento"

Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.

Dropshipping é seguro? É legal?

Por ser uma prática nova e ainda não tão conhecida no Brasil, existem diversas dúvidas sobre como legalizar um negócio dropshipping e a segurança desse método de vendas. 

Apesar desse tipo de logística não ter uma legislação específica, essa atividade não é considerada ilegal. Inclusive, ela se encaixa no CNAE 7490-1/04, que representa atividades de intermediação e agenciamento de serviços e negócios em geral, exceto imobiliários.

Por isso, apesar de não ser necessário ter um CNPJ para fazer dropshipping, a recomendação é  trabalhar apenas com fornecedores regularizados e que estejam em dia com suas obrigações financeiras e jurídicas.

Quais são os riscos de dropshipping?

Como dissemos na explicação inicial sobre o que é dropshipping, existem alguns riscos característicos desse modelo de negócio, especialmente no que se refere à gestão de fornecedores.

Nesse cenário, alguns dos principais perigos no gerenciamento de fornecedores dropshipping são:

  • falta de controle sobre o estoque do fornecedor;

  • problemas com a entrega das mercadorias;

  • diferenças entre os fluxos de trabalho dos fornecedores.

Falta de controle sobre o estoque do fornecedor

Como o fornecedor de dropshipping pode trabalhar com várias marcas ao mesmo tempo, é possível que haja problemas de controle de estoque. Situação essa que o proprietário do dropshipping não tem como intervir.

Imagine, por exemplo, que um dos seus fornecedores trabalhe com cinco marcas de produtos de beleza e, uma delas, teve um pico de vendas após a divulgação de uma influencer. Essa publicidade esgota o estoque e reflete nas vendas das outras quatro marcas.

Uma solução para contornar esse risco é acordar no contrato de terceirização os números de peças que devem ser disponibilizadas todos os meses. Isso garantirá que, independentemente das necessidades dos outros clientes, determinada marca não fique faltando na sua plataforma de vendas.

Problemas com a entrega das mercadorias

Após sua empresa receber um pedido, o fornecedor de dropshipping será informado da venda e deverá seguir com o processo de separação, embalagem e despacho da compra. 

Por você não ter controle dessa etapa do processo, problemas como atrasos e produtos danificados podem ocorrer. E é claro que, em situações negativas, é o seu negócio receberá a reclamação e terá o prejuízo reputacional

Estabelecer um bom relacionamento estratégico com o fornecedor é uma das maneiras mais indicadas de minimizar, ou até mesmo de evitar, problemas com esse.

Diferenças entre os fluxos de trabalho dos fornecedores

Seguindo com o exemplo da marca de maquiagens, imagine que sua loja virtual trabalhe com três fornecedores dropshipping distintos para esse mesmo segmento:

  • um que fornece pincéis de maquiagem;

  • um que fornece batons e sombras;

  • um que fornece bases, corretivos e blushes.

Agora suponha que Ana, uma das clientes,  tenha entrado  no site da sua empresa e comprado dois batons, um blush e um pincel para a aplicação do blush. Isso significa que haverá  três compras com fornecedores e prazos diferentes.

Essa situação aumenta o risco de atrasos, reduz o lucro e gera mais trabalho. Por isso, é fundamental o bom alinhamento de fluxo de trabalho com os fornecedores, a fim de evitar que situações com essas prejudiquem a imagem do seu negócio.

Como encontrar fornecedores de dropshipping confiáveis?

Como você pôde notar, o dropshipping traz uma série de benefícios, mas também alguns riscos para a operação logística das empresas que atuam nesse formato.

Se, ainda assim, você considerar esse modelo de atuação interessante, uma medida que pode ajudar o sucesso dessa parceria é buscar por fornecedores dropshipping realmente confiáveis. 

Mas de que forma isso pode ser feito? Selecionamos quatro dicas de como encontrar fornecedores para esse modelo de negócio que ajudam a mitigar riscos e a elevar a segurança da terceirização de vendas online.

Aumente seu campo de busca

Você nunca sabe onde pode estar o fornecedor ideal para a sua empresa. Por isso, aumente seu campo de busca o máximo possível: buscas no Google, fóruns, feiras de negócios, redes sociais, conversas com colegas da área ou até mesmo nos concorrentes.

E quer saber a melhor parte? Essa busca não precisa acontecer apenas no Brasil. Os fornecedores internacionais também costumam ser encontrados em sites e redes sociais.

Apesar de poder haver barreiras de comunicação e o frete ser demorado, o valor das mercadorias costuma ser mais baixo, e a variedade maior. 

Assista ao vídeo abaixo e saiba mais sobre o assunto!

https://www.youtube.com/watch?v=mZxgpOoRZ_s&t=46s

Avalie a logística do fornecedor de dropshipping

Com a pré-seleção de terceiros feita, é o momento de avaliar com cuidado as informações disponibilizadas sobre os processos logísticos desse possível fornecedor.

Esse ponto é de grande importância, pois esses negócios cuidarão da entrega ao cliente final. E, se um produto não chegar ou atrasar, você é quem precisará solucionar o problema do consumidor.

Peça amostras e dados sobre o fornecedor

Para confirmar se o fornecedor é confiável e que oferece produtos com a qualidade esperada dentro do prazo, entre em contato com a empresa e peça demonstrações.

Existem fornecedores que já enviam amostras e uma apresentação corporativa com todas as informações necessárias. Entretanto, pode ser necessário comprar alguns itens unitários e solicitar dados extras para trazer mais tranquilidade sobre essa possível parceria.

Pergunte se existem taxas ou cobranças adicionais

Imagine descobrir apenas no fechamento do contrato uma taxa extra de 10% sobre todas as entregas realizadas pelo fornecedor dropshipping? 

Apesar de a maioria dos terceiros ser transparente com cobranças, é importante se certificar de que não haja nenhum valor surpresa que coloque a parceria em risco. E isso deve ser feito antes da data de assinatura do contrato, a fim de haver tempo para eventuais ajustes e negociações

Lista de fornecedores dropshipping nacionais e internacionais

Lembra que falamos sobre a importância de expandir a busca na hora de encontrar fornecedores confiáveis para o seu negócio? Pois bem, para ajudar você nessa jornada, trouxemos os nomes dos fornecedores dropshipping mais conhecidos, presentes no mercado nacional e internacional. São eles:

Lista dos principais fornecedores dropshipping do Brasil

  • Hayamax : eletrônicos, instrumentos musicais, produtos automotivos;

  • Gazin: eletrodomésticos e móveis.

Lista dos principais fornecedores dropshipping internacionais

Homologação é segurança extra em parceria com fornecedores dropshipping!

Ficou claro o que são os fornecedores dropshipping, os riscos nesse tipo de parceria e os passos que podem ser tomados para agregar mais segurança nessa parceria? Esperamos que sim!

Entretanto, a melhor das dicas para aprimorar a contratação desse fornecedor deixamos para o final. No caso, estamos falando da homologação de fornecedores.

Independentemente do tamanho e da área de atuação, você e sua equipe de compras e procurement conseguem garantir mais segurança nessa parceria ao fazerem uma verificação completa do CNPJ desse potencial parceiro de negócio.

O software da Linkana é ideal para simplificar esse processo e toda a nossa gestão de fornecedores. 

No nosso sistema é possível:

  • adicionar fornecedores preenchendo o mínimo de informações possíveis;

  • consultar mais de 50 bases públicas automaticamente e conheça nosso algoritmo que te guia ao longo do processo;

  • coletar documentos e criar questionários de checklists 100% customizados para o seu negócio;

  • mitigar riscos e acompanhar a performance do fornecedor de maneira simplificada e eficaz;

  • ter acesso constante a informações públicas ou privadas sempre atualizadas, sem complicação.

Além disso, você também pode contar com o Linkana ESG Rating, ferramenta que mensura, automaticamente, os riscos dos indicadores socioambientais e de governança dos seus fornecedores.

Conheça mais sobre a Linkana!

A Linkana é o primeiro e maior software de gestão de fornecedores em rede, que otimiza o sourcing, onboarding e análise de spend com uma base de dados unificada de perfis de fornecedores certificados para cadastro, risco, qualidade e diversidade.

As funcionalidades que você encontra no nosso sistema são:

Quanto aos nossos diferenciais:

  • PERFIS DE FORNECEDORES CERTIFICADOS → O Supplier Open Profile da Linkana padroniza a definição de dados relevantes de fornecedores de acordo com as melhores práticas de mercado, trazendo efeito de rede para o envio e análise de dados entre vários compradores, com informações ESG e de D&I.

  • BASE DE DADOS VIVA E UNIFICADA → Devolvemos o controle dos dados para os fornecedores de maneira inteligente, onde dados públicos são atualizados automaticamente ou enviados uma única vez, evitando informações incompletas, obsoletas ou duplicadas.

  • FUNDAÇÃO DE DADOS INTEGRADA → Impulsionamos o retorno do investimento (ROI) de ferramentas de e-procurement, centralizando dados de fornecedores em uma fonte única de verdade, dinâmica e 100% integrada com todos os sistemas de gestão.

Somos o #SRMDoFuturo, feito para o #CompradorDoFuturo.

Se você se interessou pelo que a Linkana oferece, preencha agora mesmo o formulário abaixo para iniciar sua jornada em direção a mais segurança e controle na gestão de fornecedores da sua empresa!

Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market