Resources

Gestão de Fornecedores

Gestão de Fornecedores

Gestão de Fornecedores

Como fazer uma boa gestão de fornecedores para indústria? 5 boas práticas

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

August 27, 2022

August 27, 2022

August 27, 2022

Quando se pretende fazer uma boa gestão de fornecedores na indústria, um dos principais objetivos que precisa ser alcançado é a garantia que a produção não seja interrompida por falhas de terceiros.

Sobre isso, partimos do princípio de que indústria é uma empresa que transforma matéria-prima em produtos comercializados. 

Apenas com essa definição, já fica clara a importância de uma rede de fornecedores confiável — afinal, sem insumos, sem fabricação de itens que serão comercializados, consequentemente, sem vendas e lucros.

Aqui, é preciso lembrar que esse tipo de problema impacta diretamente o relacionamento com o cliente, não somente pelos atrasos que podem acontecer com as entregas, mas também pela elevação dos custos que tendem a ser repassados para o consumidor final.

Quanto a esse último ponto, estamos nos referindo a duas principais situações. Uma delas é a escassez de matéria-prima, que costuma levar ao aumento do preço dos insumos. A outra é que, quando uma empresa precisa contratar fornecedores de forma emergencial, independentemente do motivo, costuma ser mais difícil negociar valores.

Em outras palavras, somente com uma boa gestão de fornecedores para indústria se torna possível alinhar toda a dinâmica de produção da companhia, considerando questões como preços, prazos, qualidade, garantia de atendimento, entre outros.

Por isso, neste artigo, trouxemos cinco dicas de como fazer o melhor gerenciamento de fornecedores da área industrial que for possível. Siga a leitura e confira agora mesmo quais são!

O que se entende por gestão de fornecedores na indústria?

A gestão de fornecedores na indústria é uma prática que tem por objetivo identificar e firmar parceria com terceiros que promovam (e garantam) o fornecimento dos itens necessários para a fabricação de produtos a serem comercializados posteriormente pela empresa.

Para chegar a esse objetivo, uma série de processos precisam ser definidos e adotados. Por exemplo, é preciso ter um bom planejamento estratégico e estabelecer políticas internas voltadas para supply chain.

Paralelo a isso, deve-se qualificar os fornecedores, monitorar e avaliar o desempenho dos terceiros.

No que se refere ao processo de homologação de fornecedores em si, é essencial se atentar à parte burocrática, que inclui a verificação e validação dos documentos e certidões apresentados pelos potenciais terceiros.

A ideia por trás de tudo isso é mitigar os riscos desse tipo de contratação, que vão desde a não entrega dos insumos adquiridos no prazo definido, passando por problemas operacionais, de logística, financeiro, fiscais, ambientais, trabalhistas, legais, entre outros.

Todas condições que podem afetar seriamente a dinâmica de produção da indústria e, como dissemos, seu relacionamento com clientes, fluxo de vendas e faturamento.

Não deixe de ler este artigo: "Processo de Homologação de Fornecedores: 5 passos para estruturar o seu"



Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.



Como fazer uma boa gestão de fornecedores na indústria?

A fim de realizar a melhor gestão de fornecedores na indústria que for possível, algumas boas práticas podem ser adotadas. Entre as que mais se destacam, estão:

  • definir os objetivos da empresa;

  • identificar fornecedores compatíveis;

  • analisar critérios para atendimento;

  • acompanhar o desempenho do terceiro;

  • fortalecer o relacionamento com o fornecedor.


Definir os objetivos da empresa

Ter bem claro quais são os objetivos da empresa é um ponto primordial na hora de escolher fornecedores. O que estamos nos referindo aqui são questões como a identificação do que realmente precisa ser comprado, em qual quantidade, para que fim, em qual prazo, entre outros critérios similares.

Somado a isso, reconhecer qual tipo de fornecedor seria o ideal para o negócio, por exemplo, uma pequena ou média empresa, um terceiro alinhado com boas práticas de ESG, entre outras diretrizes.

Aproveite e leia também: "Sustentabilidade na cadeia de fornecedores (ESG): Por que investir?"

Identificar fornecedores compatíveis

O passo seguinte de uma gestão de fornecedores na indústria eficiente deve ser encontrar provedores compatíveis com os objetivos definidos previamente. 

Esse alinhamento é outra forma de mitigar riscos, visto que isso ajuda a reduzir as chances de os terceiros contratados não atenderem os pontos que são necessários para manter o fluxo de produção da empresa contratante.

Analisar critérios para atendimento

Mas para alcançar bons resultados na prática anterior, há vários critérios que precisam ser considerados e analisados. Nessa lista devem estar incluídas questão como:

  • capacidade produtiva do fornecedor;

  • localização da empresa terceira;

  • qualidade dos itens fornecidos;

  • preços e condições de pagamento;

  • habilidade técnica do provedor;

  • certificações que podem ser vistas como diferenciais, tais como ISO 9001 e ISO 16001.


Acompanhar o desempenho dos terceiro

Uma vez que a parceria é firmada, é fundamental acompanhar bem de perto o desempenho do fornecedor, a fim de verificar se os pontos estabelecidos na contratação estão sendo devidamente atendidos ou não, o que serve também para avaliar se vale a pena mantê-lo na base de terceiros.

Para isso, devem ser considerados indicadores de desempenho tais como:

  • saúde financeira;

  • eficiência na performance;

  • precisão na entrega;

  • desempenho operacional.


Entenda mais sobre esse assunto no artigo: "Avaliação de desempenho de fornecedores: confira 5 boas práticas"

Fortalecer o relacionamento com o fornecedor

Se todos os pontos anteriores estiverem de acordo, se torna bem importante para o crescimento da empresa desenvolver um relacionamento estratégico com os fornecedores.

O objetivo desse comportamento é garantir na base de terceiros parceiros confiáveis, que ajudarão a garantir o bom andamento dos processos da companhia.

Também por isso, é bem importante que os fornecedores sejam vistos como um dos principais pilares para o sucesso do negócio. Afinal, como dissemos logo no início deste artigo, sem insumos o fluxo de uma indústria é seriamente comprometido, afetando suas entregas, relacionamento com clientes e lucratividade.





Como avaliar fornecedores da indústria?

Não existe forma mais indicada de avaliar adequadamente fornecedores da indústria do que utilizando ferramentas próprias para essa atividade, como o software de gestão de fornecedores da Linkana.

Com essa solução a sua empresa consegue otimizar processos de sourcing, onboarding e gestão de fornecedores com uma base viva de dados de cadastro, risco, qualidade e diversidade. 

Somos o #SRMDoFuturo, feito para o #CompradorDoFuturo.

Quer entender melhor como essa solução pode ajudar a sua empresa? Basta preencher agora mesmo o formulário abaixo.



Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market