O que é a ISO 16001? Qual sua importância e como obter essa certificação?

A ISO 16001 é uma norma relacionada à responsabilidade social de um negócio. Essa padronização dá as diretrizes pertinentes a esse cenário, visando que as ações adotadas por uma empresa possam ser auditadas com base em diferentes critérios verificáveis, atestando, assim, a veracidade das suas práticas.

Uma certificação como essa está diretamente relacionada à implementação de um Sistema de Gestão de Qualidade, também representado pela sigla SGQ. A ideia por trás desse sistema é promover a melhoria dos processos de uma companhia, a fim de aumentar o nível de confiabilidade nos produtos e/ou serviços comercializados por ela.

No que se refere ao aprimoramento da gestão de fornecedores, fechar parcerias com provedores certificados é uma boa maneira de mitigar riscos, já que para obter a certificação a empresa terceira precisou cumprir uma série de rigorosas exigências, o que ajuda a garantir a qualidade dos serviços prestados. 

Vale ainda destacar que a obtenção de uma ISO não é um quesito obrigatório para os negócios. No entanto, é bem importante considerar que, ao atender normas definidas e reconhecidas internacionalmente, o acréscimo de valor à companhia é bem mais significativo. 

Isso, por sua vez, tende a ajudar a chamar a atenção do público-alvo e a gerar mais credibilidade para a marca, e até mesmo despertar o interesse de potenciais investidores.

Por conta disso, seja para o crescimento do seu negócio, seja para uma escolha mais precisa de fornecedores, confira agora, neste artigo, o que é ISO 16001, sua importância e o que é preciso para obter.

O que é a ISO 16001?

A ISO 16001, ou ABNT NBR 16001, é uma norma internacional que define os requisitos mínimos necessários para uma empresa adotar um sistema de gestão de responsabilidade social.

O objetivo dessa diretriz é dar direcionamento e permitir que uma companhia crie e implemente políticas e metas para seu SGQ, no que se refere ao cumprimento de compromissos éticos e atendimento a parâmetros legais que tenham como foco a promoção da cidadania e o cuidado com o meio ambiente.

Para que o entendimento sobre o que contempla essa certificação fique mais claro, é bem importante explicarmos sobre os dois conceitos que a compõem, que são a definição sobre o que é ISO e o que se entende por responsabilidade social nas empresas.

O que é ISO?

ISO é a sigla para o termo em inglês “International Organization for Standardization“, que traduzido para o português significa “Organização Internacional de Padronização”. Trata-se de uma entidade com sede em Genebra, na Suíça, que se dedica a normatizar e padronizar procedimentos relativos à fabricação de produtos e entrega de serviços.

No Brasil, o órgão responsável pela revisão dessas normas e por sua implementação é a Associação Brasileira de Normas Técnicas, ABNT. Por conta disso, a ISO 16001 também pode ser identificada como ABNT NBR 16001, sendo que a abreviação NBR quer dizer “normas brasileiras”.

O que é responsabilidade social nas empresas?

A ISO 16001 é relativa à responsabilidade social nas empresas que, por definição, se refere ao nível de comprometimento de um negócio sobre quanto suas atividades e processos geram impacto tanto na sociedade quanto no meio ambiente.

Isso significa atitudes éticas e transparentes, com esse foco, que resultem em comportamentos empresariais como:

  • contribuição para o desenvolvimento sustentável da comunidade, incluindo questões relacionadas à saúde e bem-estar;
  • atendimento e respeito às necessidades e expectativas das partes interessadas e envolvidas, de alguma forma, com o negócio;
  • conformidade com todas as leis e normas relativas ao segmento do negócio, de modo que se mantenha a coerência com as diretrizes internacionais definidas para o segmento;
  • abrangência de toda a companhia para atendimento a essas definições, bem como aos vínculos relacionados, a exemplo da contratação de fornecedores.

Dica de leitura: “O que é a ISO 26000 e qual a importância de aplicar na sua empresa

Qual a importância da ISO 16001?

Como dissemos, a obtenção de uma ISO não é obrigatória, assim como não tem relação com o porte ou segmento empresarial. Isso quer dizer que buscar ou não essa certificação é opcional, estando mais relacionada à escolha dos seus fundadores e gestores do que com cumprimento de alguma lei para o funcionamento do negócio.

Entretanto, ter a ISO de responsabilidade social, 16001, é uma ótima maneira de comprovar para os stakeholders que a sua empresa realmente está comprometida com questões socioambientais.

Considerando objetivos como crescimento (de volume de vendas e faturamento) e melhora de posicionamento no mercado, certificações desse tipo podem fazer bastante diferença para o sucesso do negócio, visto que elas atestam a responsabilidade da marca com diversas causas sociais e ambientais, conferindo muito mais credibilidade e confiabilidade à companhia.

eBook
Strategic Sourcing

Aprenda o que é, como implementar, conheça os erros mais comuns e mais.

O que é preciso para obter essa certificação?

Para obter uma certificação ISO, como a 16001, a empresa precisa se adequar às diretrizes da norma.

No que se refere à responsabilidade social, alvo desse certificado, as políticas adotadas pela companhia devem, obrigatoriamente, incluir pontos como:

  • responsabilização pelo reflexo dos processos executados;
  • transparência nas atitudes e decisões tomadas;
  • comportamento ético e moral;
  • respeito pelos interesses dos stakeholders;
  • respeito pelas normas internacionais;
  • atendimento aos direitos humanos;
  • promoção de um desenvolvimento sustentável tanto interno quanto externo.

De modo a ter certeza que critérios como esses que acabamos de citar estão sendo verdadeiramente atendidos, é preciso que os gestores busquem por uma empresa credenciada para fornecimento de certificações ISO.

Esse processo é fundamental, considerando que a própria International Organization for Standardization não faz o processo de certificação, ela somente define as normas. 

Por fim, serão feitas auditorias, as quais constaram se o negócio está apto, ou não, para receber a certificação em questão. Destacando que, uma vez aprovado, esse certificado tem validade de 3 anos, podendo ser renovado após esse prazo, desde que a companhia continue atendendo aos critérios necessários para isso.

As melhores e mais completas notícias do mercado de compras

Receba no seu e-mail todas as novidades, tendências de mercado e materiais da Linkana. Entre na era do futuro em compras!

Como você pôde ver, a ISO é outra forma de atribuir mais credibilidade à sua empresa

No que se refere à gestão de fornecedores, esse certificado é uma boa maneira de constatar a qualidade dos serviços prestados por terceiros, assim como pode ser visto como uma condição na hora de escolher o melhor terceiro.

Outra maneira de fazer selecionar fornecedores com muito mais precisão é contando com um bom sistema, como o software da Linkana, que otimiza desde o processo de onboarding até análise e gestão do relacionamento com o ofnrecedor

Preencha agora mesmo o formulário abaixo e confira como essa solução funciona:

Leo Cavalcanti

Leo Cavalcanti

Advogado, especialista em Planejamento Tributário e Finanças, soma mais de 05 anos de experiência com rotinas de auditoria empresarial e tributária, além de conhecimento em controladoria e práticas de departamento jurídico corporativo. Atualmente é CEO e um dos co-fundadores da Linkana.
logo linkana

Ferramenta

Consulta de CNPJ

Encontre o CNPJ e mais 10 outros dados de fornecedores em segundos.

logo linkana

Podcast

Procurement Hero

Líderes e referências do mercado de procurement batem um papo sobre tecnologia, dados e tendências.

logo linkana

Ebook

Gestão de Fornecedores

Descubra como fazer um gestão de fornecedores inteligente e guiada por dados na sua empresa!