Resources

Gestão de Fornecedores

Gestão de Fornecedores

Gestão de Fornecedores

Estudo dos fornecedores: guia para pesquisar da forma certa

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

November 2, 2023

November 2, 2023

November 2, 2023

O estudo dos fornecedores pode ser definido com um processo de pesquisa realizado para encontrar a melhor empresa fornecedora possível para compor a cadeia de suprimentos de um negócio.

A ideia, portanto, é encontrar um parceiro confiável, que garanta o fluxo de abastecimento e, com isso, a continuidade das atividades da companhia.

Entre os pontos que devem ser avaliados na análise, estão a qualidade dos produtos ou serviços oferecidos, a capacidade de entrega, o cumprimento de leis e normas, entre outros.

Independentemente do porte ou do segmento, fazer uma boa pesquisa de fornecedores é fundamental para evitar diversos problemas para a empresa, incluindo operacionais, financeiros, e até mesmo reputacionais e de imagem.

Imagine trazer para a rede de abastecimento do seu negócio um fornecedor que está com problemas jurídicos por ter se envolvido em crimes como lavagem de dinheiro?

Durante o processo de contratação, seu time de compras e procurement não se atentou a esse fato e, agora que o parceiro comercial já está na base cadastral, está comprometendo a reputação da sua marca. Bastante complicado, não?

Nesse sentido, o estudo dos fornecedores é uma forma de evitar tais questões, bem como de elevar a qualidade dos insumos e serviços adquiridos. 

A importância desse levantamento deve ter ficado clara após a explicação anterior Porém, a pergunta que fica é: como fazer a pesquisa corretamente? Siga a leitura deste artigo e confira como é feita a avaliação dos fornecedores, quais pontos que não podem faltar e muito mais!

O que é estudo dos fornecedores?

O estudo dos fornecedores, ou pesquisa de fornecedores, é uma prática que visa levantar informações sobre essas empresas, com o objetivo de encontrar a mais adequada para atender às necessidades de abastecimento do seu negócio.

Explicando de outro modo, consiste em verificar diversos dados e informações de empresas fornecedoras que, em um primeiro momento, parecem ser aptas para compor a cadeia de abastecimento da sua companhia.

Entre os diversos motivos pelos quais é importante incluir o processo de pesquisa na gestão de fornecedores, está a mitigação de riscos para o seu negócio.

Ao analisar pontualmente a atuação da empresa que pretende contratar, você e seu time de compras e procurement têm a chance de verificar, previamente, questões como:

  • atendimento ou não às leis e normas, tais como trabalhistas, ambientais e outras específicas do ramo de atuação;

  • práticas adotadas para alinhar as atividades ao conceito ESG (socioambiental e de governança);

  • reputação e histórico de atendimentos anteriores;

  • status do CNPJ, revelando se o negócio está atuando legalmente ou não;

  • entre outros pontos relacionados.

Como você deve estar imaginando, a pesquisa de fornecedores ajuda a encontrar o melhor parceiro para o seu negócio. Entretanto, paralelamente, também o protege de uma série de ameaças que podem comprometer o faturamento e o crescimento da marca.

Dica de leitura: "Riscos na cadeia de suprimentos: quais são e como evitá-los?"

Como fazer um estudo dos fornecedores? 

Para fazer um estudo dos fornecedores de maneira eficiente, há algumas boas práticas que você pode adotar. Entre as principais, estão:

  • identifique quais são as necessidades da sua empresa;

  • conheça os tipos de fornecedores existentes;

  • inicie sua pesquisa de fornecedores;

  • avalie os fornecedores selecionados mais de perto.

Veja detalhes sobre cada passo a seguir. 

1- Identifique quais são as necessidades da sua empresa

Antes de saber de quem comprar, é fundamental saber o que você precisa comprar, concorda? Por isso, o primeiro passo do estudo é identificar o que sua empresa precisa, preferencialmente alinhando as quantidades às demandas apresentadas pelos clientes, a fim de evitar gastos desnecessários.

Não se esqueça também de relacionar a gestão de estoque à de fornecedores, como forma de evitar a aquisição de itens e/ou serviços a mais ou a menos, visto que a prática pode comprometer tanto o fluxo produtivo quanto o orçamento da companhia.

Aproveite e leia também: "O que é ruptura de estoque e como evitá-la no seu negócio?"

2- Conheça os tipos de fornecedores existentes

Basicamente, existem três tipos de fornecedores. Conhecê-los é uma boa forma de direcionar sua pesquisa e otimizar o tempo dedicado a essa atividade. São eles:

  • monopolistas: oferecem soluções exclusivas, por isso, não têm concorrentes e geram dependência nas contratações;

  • habituais: comercializam produtos ou serviços comuns a vários segmentos, o que contribui para negociações e busca por preços menores devido à concorrência;

  • especiais: empresas fornecedoras que trabalham com demandas pontuais, raras ou específicas que precisam ser supridas em um determinado momento.

3- Inicie sua pesquisa de fornecedores

Se você já sabe o que precisa e que tipo de fornecedor consegue atender às necessidades da sua empresa, já pode iniciar a busca pelos parceiros.

Para tanto, existem diversos caminhos a seguir. Alguns dos mais interessantes são: 

  • realizar pesquisas na internet;

  • participar de feiras e eventos do seu ramo de atuação;

  • analisar indicações de conhecidos, funcionários, clientes e outros;

  • entrar em contato com entidades de classe;

  • usar uma fundação de dados de fornecedores compartilhada, como a oferecida pela Linkana.

A base de dados de fornecedores, como também pode ser chamada, é um banco de dados externo, compartilhado entre os usuários do sistema da Linkana, que contempla diversas informações validadas de empresas fornecedoras.

A solução — que é tida como a nova era da tecnologia em procurement —, otimiza o tempo de análise e homologação de fornecedores qualificados e permite o aproveitamento de insights gerados por outros compradores.

Confira, neste e-book sobre fundação de dados de fornecedores compartilhada, como a ferramenta funciona e todas as vantagens de usá-la na sua empresa.



4- Avalie os fornecedores selecionados mais de perto

Após chegar a uma lista de fornecedores potencialmente aptos para atender seu negócio, é preciso confirmar a hipótese. Para tal, você deve submetê-los a uma avaliação mais precisa e rigorosa. 

No caso, estamos falando do processo de homologação de fornecedores, que deve começar com a análise do CNPJ do potencial parceiro, passando pela verificação de diversos documentos, mensuração de riscos, avaliação de compliance e mais.

Temos um artigo que fala sobre o assunto e também explica como otimizar a atividade. Não deixe de ler: "Para que serve um portal de homologação de fornecedores?"

Como é feita a avaliação dos fornecedores? 7 principais pontos 

Como comentamos logo na abertura deste artigo, há alguns pontos que não podem faltar na avaliação dos fornecedores. Entre os que você precisa se atentar, estão:

  • histórico da empresa e tempo de mercado;

  • reputação perante stakeholders; 

  • saúde e estabilidade financeira;

  • capacidade operacional;

  • práticas de sustentabilidade;

  • análise de custo-benefício;

  • verificação da qualidade dos insumos e serviços fornecidos.


Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.


Como funciona a gestão dos fornecedores? 

A gestão de fornecedores funciona como um conjunto de ações que têm, por objetivo, encontrar e gerenciar empresas fornecedoras que farão ou já fazem parte da cadeia de abastecimento do negócio. O processo é complexo e contempla diferentes etapas, como estudo de fornecedores e avaliação de desempenho dos contratados.

Realizar todas essas atividades demanda tempo e atenção. Por isso, desenvolvê-las manualmente não é viável, especialmente em companhias com uma cadeia de suprimentos robusta e formada por vários parceiros.

Assim, a melhor maneira de fazer a gestão de fornecedores é com a ajuda da tecnologia, como com as soluções oferecidas pela Linkana.

A Linkana é a primeira fundação de dados de fornecedores compartilhada do Brasil. Nossa base de dados de perfis universais de fornecedores permite que compradores analisem e homologuem potenciais parceiros comerciais em alguns cliques. 

Com isso, aceleramos radicalmente os processos de onboarding, de análise e de monitoramento de fornecedores — graças aos dados dos fornecedores já preenchidos por eles ou por outra empresa —, permitindo o uso de informações e insights compartilhados entre as maiores corporações do nosso país.

Assista a este vídeo, com Leo Cavalcanti, CEO e cofundador da Linkana, e confira o que oferecemos para a sua empresa!

https://youtu.be/T4CMXDrgswQ

Achou interessante e quer essas funcionalidades na área de compras e procurement do seu negócio? Então preencha agora mesmo o formulário abaixo e confira como isso é possível!


Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market