Resources

Gestão de riscos

Gestão de riscos

Gestão de riscos

Risco social: o que é e quanto afeta o sucesso do seu negócio?

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

May 18, 2023

May 18, 2023

May 18, 2023

O risco social está atrelado à percepção que a sociedade tem de uma empresa. Ou seja, quanto suas condutas, posturas, comportamentos e tomadas de decisão afetam os stakeholders e qual é o resultado disso.

Explicando de outra maneira, trata-se de um risco reputacional, que pode prejudicar um negócio em diversas frentes, tais como a mercadológica, a financeira e até mesmo em seu capital social.

Esse conceito está diretamente relacionado ao ESG e à necessidade de as empresas adotarem boas práticas voltadas para defesa dos direitos humanos, atendimento às leis trabalhistas, tratamento adequado de parceiros, funcionários, entre outros pontos.

Aqui, vale destacar também que o relacionamento com os fornecedores está inserido nesse contexto, visto que parcerias com empresas com condutas ilícitas podem comprometer seriamente a imagem da companhia contratante e, consequentemente, sua reputação junto a público e investidores.

Como você já deve saber, a mitigação de riscos é fundamental para uma boa gestão e para o crescimento saudável de um negócio. Por isso, as ameaças sociais não poderiam ficar de fora.

Porém, como trabalhar adequadamente esse conceito na sua empresa? Quais impactos sua marca pode sofrer se esse tipo de risco for negligenciado?

Continue a leitura deste artigo para conferir essa e diversas outras respostas sobre esse tema! 

O que é risco social?

O risco social pode ser definido como uma ameaça à reputação de uma empresa, a qual pode prejudicar seriamente seu capital social e seu desempenho.

Essa definição está relacionada à maneira como os clientes, a sociedade, os funcionários, os investidores, e demais agentes diretos ou indiretos percebem uma empresa.

Em outras palavras, a como suas posturas, condutas e escolhas afetam a comunidade na qual um negócio está inserido, gerando forte impacto quando essas são vistas como negativas.

Dica! Aproveite e leia também este artigo: "Matriz de Gestão de Risco: conceito, importância e dicas de aplicação"

Qual a relação entre risco social e ESG?

A relação entre risco social e ESG — sigla para environmental, social and governance, em português ambiental, social e governança — parte do princípio de que, apesar de o primeiro conceito remeter a questões voltadas somente para o relacionamento com as pessoas e seus reflexos, esse tipo de ameaça é muito mais abrangente.

Na prática, estão inseridos no contexto de risco social pontos, como:


  • respeito aos direitos humanos;


  • atendimento das leis trabalhistas;


  • tratamento adequado a todos os stakeholders;


  • relação construída com a sociedade;


  • tratativas dadas a questões ambientais e impacto das atividades empresariais na natureza;


  • preocupação com o meio ambiente e com a saúde humana;


  • a desassociação da marca a práticas ilícitas e/ou ilegais, a exemplo de lavagem de dinheiro e trabalho escravo.


Em resumo são, basicamente, exemplos de ações que devem ser executadas por empresas que adotam os pilares ESG em seus processos.

Quais os principais impactos de risco social para uma empresa?

Esse é um tipo de risco inerente a, praticamente, todas as empresas, independentemente do porte ou segmento. Porém, partir do momento que ele não são devidamente tratados, os principais impactos que podem ser sofridos pela companhia são:


  • comprometimento da imagem;


  • perda de clientes e investidores;


  • queda no faturamento;


  • perda de posição no mercado;


  • problemas judiciais.


Comprometimento da imagem

Por ser um risco no âmbito reputacional, o comprometimento da imagem é um dos primeiros impactos sentidos.

Isso porque a sociedade de modo geral —  incluindo público-alvo, investidores e até mesmo funcionários —, passa a enxergar a empresa de uma forma negativa, decorrente de atitudes incompatíveis com as boas condutas esperadas.

Perda de clientes e investidores

O reflexo do impacto anterior tende a levar à perda de clientes e investidores, que incomodados com as ações da marca, preferem migrar para concorrentes.

Geralmente, isso acontece como forma de não fomentar práticas inadequadas, e de não contribuir para o crescimento de empresas que vão contra os princípios éticos nos quais acreditam.

Queda no faturamento

Considerando que um resultado negativo puxa o outro, ao perder clientes e investidores a empresa sofre queda no faturamento. Afinal, os consumidores deixaram de comprar produtos da marca, ou contratar os serviços, pelos motivos que acabamos de citar.

Em complemento, investidores param de injetar dinheiro, a fim de não vincular seus nomes a companhias com posturas e comportamentos errôneos.

Perda de posição no mercado

Seguindo essa linha de raciocínio, a empresa perde significativas posições no mercado. Dependendo do risco assumido, pode haver um comprometimento tão expressivo que a impede de se recuperar, indo à falência.

Problemas judiciais

Outro importante impacto causado por esse tipo de risco se refere aos problemas judiciais. Ou seja, condutas ilícitas podem levar a empresa a responder processos, pagar multas, ou sofrer outras penalidades legais, dependendo do ocorrido.

Como exemplo, podemos citar as autuações sofridas pelas vinícolas Aurora, Garibaldi e Salton, por terem em sua rede de fornecedores uma empresa que usava mão de obra análoga à escravidão.

Segundo a Agência Brasil, as vinícolas foram condenadas a pagar R$ 7 milhões em indenizações, R$ 5 milhões por danos morais coletivos e R$ 2 milhões por danos individuais aos trabalhadores resgatados dessa condição.

Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.

Qual a relação entre risco social e cadeia de fornecedores?

Como você acabou de ver, o risco social também está presente na cadeia de fornecedores. 

Por esse motivo, por mais que sua empresa tome todos os cuidados necessários para que os processos e práticas adotados não impactam negativamente sua reputação, é fundamental se atentar na hora de contratar esses parceiros.

Quanto a isso, uma das melhores maneiras de se proteger é trazendo para sua rede de abastecimento apenas negócios alinhados com seus valores e propósitos, com destaque para aqueles que adotam boas práticas ESG em suas rotinas.

Um processo de due diligence eficiente ajuda a levantar e analisar dados e informações que mostram o nível de risco que a parceria em questão pode trazer para o seu negócio.

Dessa forma, você tem a chance de avaliar, previamente, se vale a pena enfrentá-lo, ou se é mais prudente buscar outro fornecedor.

É claro que realizar tudo isso manualmente demanda de muito tempo, aumenta as chances de erros e potencializa os riscos.

Por isso, o mais indicado é contar com um software de gestão de fornecedores realmente completo, que vai de ponta a ponta nesse processo, como o oferecido pela Linkana!

Como a Linkana ajuda a melhorar sua gestão de fornecedores?

A Linkana é a primeira fundação de dados de fornecedores compartilhada do Brasil. Nossa base de dados de perfis universais de fornecedores permite que compradores busquem, analisem e homologuem fornecedores em alguns cliques. 

Com isso, aceleramos radicalmente processos de onboarding, de análise e de monitoramento de fornecedores — graças aos dados dos fornecedores já preenchidos por eles ou por outra empresa —, permitindo o uso de dados e insights compartilhados entre as maiores corporações do Brasil.

As funcionalidades que você só encontra no nosso sistema são:











Extra! Entenda mais sobre o Linkana ESG Rating!

https://www.youtube.com/watch?v=T1DmQi-JmKQ&t=40s

E quanto aos nossos diferenciais:


  • PERFIL UNIVERSAL DO FORNECEDOR → Com os perfis de fornecedores compartilhados da Linkana, dados e documentos de fornecedores são reaproveitados em rede, compartilhando informações atualizadas entre múltiplos compradores e acelerando processos de forma automatizada e sem burocracia.


  • MELHORES INSIGHTS → Nossos scores, ratings e certificações proprietários são construídos e compartilhados com a inteligência das maiores corporações do Brasil, garantindo aderência às melhores práticas e exigências de mercado.


  • PLUG N' PLAY →  Conecte seu sistema legado, ERP ou e-procurement com nossa fundação de dados de fornecedores, tornando-a sua fonte única de verdade, dinâmica e 100% integrada em questão de minutos.


Preencha agora o formulário abaixo e confira como levar tudo isso para sua empresa!

Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market