Resources

Gestão de riscos

Gestão de riscos

Gestão de riscos

Metodologias ágeis em compras: como aplicar e quais seus pilares

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

November 15, 2022

November 15, 2022

November 15, 2022

A utilização de metodologias ágeis em compras é uma forma de aprimorar e flexibilizar  os processos típicos desse setor. 

Mas para a importância do seu uso ficar mais clara, assim como os seus benefícios, é bem importante que você entenda , primeiro, o conceito por trás dessa estratégia de gestão.

A metodologia ágil pode ser definida como um conjunto de técnicas e de boas práticas que tem por objetivo tornar a finalização dos processos de uma empresa muito mais dinâmica, rápida e eficiente

Quanto a isso, é fundamental ter em mente que esse método não reduz o tempo total dos processos, mas, sim, ajuda a entregar valor em um prazo menor. Ou seja, antes mesmo da conclusão de todas as fases.

Entretanto, para chegar a esse resultado, é preciso considerar os pilares da metodologia ágil, que são a comunicação, a praticidade, o alinhamento de expectativas e colaborações, a adaptabilidade e a flexibilidade.

Trazendo tudo isso para o setor de compras e procurement, é possível dizer que o uso de metodologias ágeis nesse segmento ajuda a agilizar as tomadas de decisão, visto que os profissionais ganham autonomia para deliberar.

O uso desse método, atrelado a boas tecnologias, também contribui para deixar o processo de homologação de fornecedores mais dinâmico, enxuto e preciso. Entre os motivos está o fato que esse modo de gestão elimina etapas desnecessárias, dando um direcionamento mais preciso para as ações que precisam ser executadas.

Mas pensando de forma prática, como as metodologias ágeis em compras podem ser aplicadas em uma empresa? Para ter essa resposta, basta seguir a leitura deste artigo!

Como aplicar metodologias ágeis em compras?

A aplicação das metodologias ágeis em compras e procurement pode ser feita por meio da utilização de uma ou mais ferramentas que fazem parte desse método. Alguns exemplos são:



  • Kanban


  • Scrum


  • Lean


  • Smart


Kanban

O Kanban é um dos métodos ágeis mais conhecidos e consiste no acompanhamento visual de um projeto ou processo. Comumente, esse monitoramento é feito por meio de cartões de sinalização tipo Post-It® colados em um quadro, ou de uma plataforma online que segue essa estrutura de organização.

O principal objetivo do método Kanban é facilitar e agilizar  a identificação da equipe em relação às ações pendentes e concluídas. 

Dentro desse conceito, existem duas aplicações distintas, que são a produção e a movimentação. No setor de suprimentos, por exemplo, essa última pode ser aplicada a um processo de compras.

Nesse caso, a ideia  é garantir que a área acompanhe, com precisão, a fase dessa tarefa, a fim de garantir que a empresa não fique sem os insumos, matéria-prima ou serviços terceiros necessários para garantir o seu fluxo de produção.


Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.

Scrum

O método ágil Scrum tem algumas características bem particulares que o difere bastante dos demais.

Por exemplo, nessa metodologia os processos são separados em ciclos de trabalho, denominados sprints. Podendo durar semanas, meses, ou outro intervalo de tempo condizente com o modelo de negócio, um sprint só pode ser iniciado quando o anterior for concluído, e assim sucessivamente.

Essa é uma boa maneira de garantir que etapas não sejam esquecidas, ou que sejam finalizadas de maneira incorreta.

Outra particularidade do Scrum é a realização de reuniões periódicas — comumente diárias e com pouco tempo de duração. O objetivo desses encontros é manter todos os membros do time motivados e alinhados com o que está acontecendo no setor.

Trazendo tudo isso para a aplicação das metodologias ágeis em compras, é possível dizer, por exemplo, que o Scrum ajuda para que todas as fases de um processo de homologação de fornecedores sejam realizadas com precisão e com a atenção necessária dos profissionais.

Somado a isso, esse método também ajuda para que todos os profissionais falem a mesma língua e para que estejam com os objetivos de trabalho equiparados aos valores e propósitos da empresa, a exemplo da conscientização sobre a importância da diversidade de fornecedores na cadeia de compras.


Lean

Na aplicação de metodologias ágeis em compras, o Lean é o método que está diretamente relacionado ao saving, já que ele ajuda a reduzir custos e desperdícios de materiais, tempo, recurso financeiro, entre outros.

O método Lean consiste em identificar os processos utilizados em um setor — no caso, no de procurement — e eliminar as etapas desnecessárias, onerosas e/ou obsoletas.

Dessa forma, a complexidade e as fases das tarefas são reduzidas, gerando menos gastos operacionais e otimizando o dia a dia dos profissionais na captação e contratação de bons fornecedores.  

Porém, aqui vale lembrar que o saving a qualquer custo era uma postura do comprador do passado. O gestor de compras do futuro entende que essa prática pode comprometer o relacionamento com os fornecedores, e até mesmo a qualidade da entrega. O Lean, nesse caso, pode ser uma boa ferramenta para ajudar esse profissional a encontrar um equilíbrio.


Smart

A metodologia Smart, por sua vez, está vinculada à capacidade de uma empresa de criar e estabelecer objetivos claros e realmente alcançáveis, tanto que o termo, por si só, já dá a ideia desse conceito:



  • S: specific (específico)


  • M: measurable (mensurável)


  • A: attainable (atingível)


  • R: relevant (relevante) 


  • T: time-related (temporal)


No setor de compras e procurement esse método pode ser aplicado para o estabelecimento de um planejamento de compras mais realista para o negócio, que mantenha os profissionais dessa área motivados e que ajude a empresa a atingir suas metas de crescimento.

Quais são as vantagens de usar metodologias ágeis em compras?

Entre as vantagens do uso das metodologias ágeis na área de compras da sua empresa, algumas das que mais se destacam são:



  • aprimoramento dos processos internos desse setor;


  • otimização do fluxo de trabalho dos times;


  • redução de custos operacionais;


  • aumento da produtividade;



  • aumento da flexibilidade e da adaptação a mudanças. 


Mas essas metodologias, sozinhas, podem não ser suficientes para trazer todos esses resultados. Quanto a isso, o uso da tecnologia certa faz toda a diferença.

Como a Linkana pode ajudar a sua empresa?

A Linkana é o primeiro e maior software de gestão de fornecedores em rede. Nossa base de dados de perfis compartilhados permite que compradores analisem fornecedores ativos e novos em alguns cliques. 

Com isso, criamos e geramos valor com insights de informações comerciais, de risco, qualidade e diversidade, utilizados em processos de cadastro, onboarding, sourcing e análise de spend.



Nossos diferenciais são:



  • PERFIS DE FORNECEDORES CERTIFICADOS → O Supplier Open Profile da Linkana padroniza a definição de dados relevantes de fornecedores de acordo com as melhores práticas de mercado, trazendo efeito de rede para o envio e análise de dados entre vários compradores, com informações ESG e de D&I.


  • BASE DE DADOS VIVA E UNIFICADA → Devolvemos o controle dos dados para os fornecedores de maneira inteligente, onde dados públicos são atualizados automaticamente ou enviados uma única vez, evitando informações incompletas, obsoletas ou duplicadas.


  • FUNDAÇÃO DE DADOS INTEGRADA → Impulsionamos o retorno do investimento (ROI) de ferramentas de e-procurement, centralizando dados de fornecedores em uma fonte única de verdade, dinâmica e 100% integrada com todos os sistemas de gestão.


Somos o #SRMDoFuturo, feito para o #CompradorDoFuturo



Preencha agora mesmo o formulário abaixo e confira como ter a solução da Linkana na sua empresa!



Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market