Resources

ESG

ESG

ESG

ISO 14001: entenda TUDO sobre a norma de Sistemas de Gestão Ambiental

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

January 3, 2023

January 3, 2023

January 3, 2023

A ISO 14001 — no Brasil representada pela sigla ABNT NBR ISO 14001 — é uma norma de padrões internacionais para Sistema de Gestão Ambiental (SGA). Seu objetivo é dar às empresas as diretrizes necessárias para o desenvolvimento de uma estrutura de gerenciamento de riscos ambientais relacionados às atividades desenvolvidas.

A ideia é que as companhias identifiquem e assumam o impacto que suas produções e serviços geram ao meio ambiente, de modo que isso contribua para reduzir esse efeito e, ao mesmo tempo, gerar diversos benefícios para o negócio.

Por exemplo, ao implementar uma gestão ambiental mais assertiva, comumente há uma redução do consumo de recursos naturais, menos desperdício de insumos e matéria-prima, e outros reflexos similares que resultam na diminuição de gastos operacionais.

Somado a isso, marcas comprometidas com o ecossistema são mais bem-vistas pelos consumidores, o que ajuda a aumentar o volume de vendas e o faturamento.

De acordo com dados do levantamento realizado pela Union+Webster, uma agência norte-americana de pesquisa, os quais foram divulgados em uma matéria no site Terra, 87% dos brasileiros preferem comprar produtos de empresas sustentáveis

Além disso, 70% afirmam que não se importam em pagar mais por um produto e/ou serviço se ela atender a esse quesito.

Ou seja, a adoção de um Sistema de Gestão Ambiental eficiente não apenas contribui para a companhia proteger a natureza das suas atividades, mas também pode potencializar o seu crescimento. E a ISO 14001 é uma maneira de alcançar isso.

Por esses motivos, continue a leitura deste artigo e confira, em detalhes, o que é e como funciona essa norma internacional.

O que é a ISO 14001?

De acordo com a ABNT NBR ISO 14001, essa é uma norma internacional que visa orientar as empresas a como criar uma estrutura gerencial voltada para a proteção do meio ambiente, de modo que isso possibilite também identificar as respostas necessárias às mudanças das condições ambientais, e que gere um equilíbrio com as suas necessidades socioeconômicas.

Em outras palavras, é possível dizer também que se trata de uma normativa que dá às companhias as diretrizes necessárias para a formação de um Sistema de Gestão Ambiental (SGA) mais eficiente, o qual ajuda a identificar os impactos que seus produtos e/ou serviços causam na natureza, e de que maneira isso pode ser reduzido.

O que ISO 14001 estabelece?

A ISO 14001 estabelece os requisitos, com orientações para uso, para a implementação de um Sistema de Gestão Ambiental nas empresas.

Para isso, o documento dá diretrizes de como as organizações podem se estruturar no que se refere a promover a proteção ao meio ambiente, decorrente dos impactos das suas atividades econômicas.

Aqui, vale destacar que essa norma também deixa claro a importância do comprometimento de todos os cargos, funções e níveis hierárquicos da empresa em prol do sucesso do SGA, começando pelo posicionamento da alta direção.

Por exemplo, um trecho da ISO 14001 cita que: 

"A Alta Direção pode, efetivamente, abordar seus riscos e oportunidades, integrando a gestão ambiental aos processos dos negócios da organização, o direcionamento estratégico e à tomada de decisão, alinhando-os com outras prioridades de negócios e incorporando a governança ambiental em seu sistema de gestão global". 

Somado a isso, outro dos diversos pontos que essa ISO estabelece são os critérios necessários para avaliação de conformidade, especificando o que as empresas interessadas em estar em compliance com essa norma devem fazer.

Sobre essa questão, os pontos citados são:

  • emitir uma autodeclaração ou uma autoavaliação quanto a sua conformidade;

  • tentar essa confirmação por meio de outros agentes envolvidos com a companhia, tais como clientes;

  • procurar confirmar a autodeclaração com outros agentes externos da empresa, por exemplo, parceiros de negócio;

  • recorrer à certificação ou registro em um Sistema de Gestão Ambiental emitido por organizações externas.


Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.

Para que serve a ISO 14001?

A ISO 14001 serve para direcionar as empresas quanto aos cuidados necessários para a preservação do meio ambiente, especialmente os decorrentes das atividades econômicas exercidas. 

Nesse contexto, a ideia é:

  • controlar os impactos ambientais derivados dos processos da companhia;

  • reduzir riscos e reflexos negativos na natureza;

  • aprimorar o desempenho sustentável da companhia;

  • fomentar a realização de auditorias ambientes;

Por conta disso, essa ISO pode, e deve, ser vista pelos gestores como uma abordagem estratégica para o crescimento da empresa. 

Companhias que têm certificações comprovam para seus stakeholders o compromisso com diversos assuntos. Essa conduta melhora a imagem do negócio e potencializa a formação de boas parcerias.

Em outras palavras, significa que, além de contribuir com a preservação do meio ambiente, assunto tão importante para todos, ter a ISO 14001 é uma maneira de evidenciar a reputação da empresa. 

Isso, por sua vez, ajuda a aprimorar o relacionamento com clientes, fornecedores, investidores e, consequentemente, aumentar o faturamento do negócio.

Não deixe de ler este artigo: "Risco de reputação: entenda a importância de proteger sua imagem"

Qual o objetivo da ISO 14001?

É certo que o objetivo principal da ISO 14001 é a preservação do ecossistema, por meio das responsabilidades ambientais assumidas pelas organizações. No entanto, esse comportamento não deixa de ser uma abordagem que contribui para o crescimento da empresa, como acabamos de mencionar.

Seguindo a mesma linha da pesquisa que citamos logo no início deste artigo, um estudo realizado pela Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, citado em uma matéria do portal O Globo Economia, revelou que mais de 90% dos executivos afirmam que a sustentabilidade é essencial para o sucesso de um negócio. Para os consumidores, essa postura é mais importante agora do que era anos atrás. 

Conforme apontado em uma pesquisa do IBV (Institute for Business Value), vinculado à empresa de tecnologia IBM, apresentada em reportagem do site Veja, 84% das pessoas disseram que a sustentabilidade ambiental é moderadamente importante

Dois anos antes do estudo, que é de 2021, 22% dos consumidores já diziam que a responsabilidade ambiental é muito ou extremamente importante para formar a opinião que têm sobre uma marca. 

Como é aplicada a ISO 14001:2015?

A maneira como a ISO 14001:2015 é aplicada depende de uma série de fatores, tais como:

  • política ambiental adotada pela empresa;

  • atividades econômicas realizadas e seus impactos na natureza;

  • tipo de produtos fabricados e/ou serviços oferecidos;

  • atendimento de legislações e normas específicas para o ramo de atuação.

Partindo desses critérios é que é desenhada a aplicação dessa ISO em uma companhia. O motivo é que, comumente, cada negócio está em um nível de amadurecimento de SGA diferente. Por conta disso, não há como seguir uma receita que dite o passo a passo dessa aplicação.

Por vezes, pode ser uma empresa extremamente nova no mercado, que ainda está estruturando suas boas práticas ambientais. Em outros casos, pode ser uma organização já consolidada nessa questão, necessitando apenas de alguns ajustes para se adequar à ISO 14001:2015.

Sobre esse tema, acreditamos que este artigo será interessante para você: "​​Entenda tudo sobre o que é compliance ambiental e como implementar na sua empresa"

Quais são os principais requisitos da ISO 14001?

Para chegar a esses resultados, as companhias precisam cumprir uma série de requisitos que incluem criar, implementar, documentar e manter continuamente a melhoria do Sistema de Gestão Ambiental em conformidade com a norma.

Entre as boas práticas sugeridas para isso, estão:

  • definir uma política ambiental compatível com o porte da companhia e seus impactos ambientais, bem como estabelecer quais serão os compromissos assumidos com esse foco;

  • estabelecer os objetivos e metas da empresa, no que se refere ao SGA, e incluí-los em seu planejamento;

  • determinar as responsabilidades e identificar quais recursos tecnológicos, financeiros e humanos serão necessários para a implementação da ISO em questão;

  • documentar tudo o que foi definido, de maneira que isso facilite o monitoramento dos processos e dos resultados obtidos;

  • realizar uma análise crítica do SGA adotado, a fim de identificar pontos de melhoria, necessidade de alteração da política ambiental inicialmente adotada, entre outros pontos relacionados, com o objetivo de garantir o atendimento da norma, a melhoria contínua e o aprimoramento do desempenho ambiental do negócio.

Dica de leitura! Não deixe de conferir este artigo: “ESG: como aplicar a prática sustentável com responsabilidade nas empresas?

Qual o diferencial de uma certificação ISO 14001:2015?

A versão atualizada desta ISO foi publicada em setembro de 2015 — antes disso, as outras foram em 1996 e 2004.

A ideia por trás das atualizações dessa norma é acompanhar o ritmo de crescimento dos mercados, ajudando as companhias a se manterem competitivas sem perderem o foco dos seus compromissos com o meio ambiente.

O diferencial da certificação 2015 da norma para Sistema de Gestão Ambiental é o alinhamento desse sistema às estratégias das empresas, às suas gestões de riscos, e o aumento da compatibilidade com as outras normas da família ISO

Para tal foram modificados pontos como:

  • estrutura de alto nível (Anexo SL);

  • direcionamento estratégico;

  • diretrizes de liderança;

  • desempenho ambiental;

  • documentos;

  • nível de proteção ambiental.

Detalhamento das principais mudanças na ISO 14001:2015

Estrutura de alto nível (Anexo SL)

A estrutura de alto nível (anexo SL) é uma base de desenvolvimento para as normas ISO. Dividida em 10 capítulos, essa formatação contribui para melhorar a integração das diversas ISOs, facilitando a interpretação e até mesmo a compreensão de auditores.

Direcionamento estratégico

A mudança de direcionamento estratégico estipulada na ISO 14001, tem por objetivo promover práticas corporativas mais modernas, bem como a aplicação de diferentes técnicas que ajudem na implementação do Sistema de Gestão Ambiental.

Em complemento a esse ponto, destaca-se também a necessidade de as companhias adotarem ações que tratem os riscos ambientais pertinentes ao negócio, vinculando isso à identificação de oportunidades de melhoria para o SGA implementado.

Diretrizes de liderança

Assim como a necessidade de envolvimento da alta direção que já mencionamos, a participação das lideranças também é fundamental para a conquista de um Sistema de Gestão Ambiental de Sucesso.

A indicação aqui é que os líderes também atuem como instrumentos de orientação quanto às boas práticas ambientais adotadas pela companhia, fomentando a conscientização sobre essa questão e contribuindo para que as diretrizes definidas sejam colocadas em prática corretamente.

Desempenho ambiental

Uma das diretrizes da ISO 14001 é a melhoria do desempenho ambiental das empresas, e não, especificamente, do Sistema de Gestão Ambiental adotado. Por conta disso, uma das análises que é feita para essa certificação é a eficácia e o resultado dos processos adotados.

Desse modo, pondera-se sobre pontos como:

  • redução de emissão de resíduos, gases e outros poluentes;

  • gerenciamento de todo o ciclo de vida de produtos e/ou serviços e os impactos ambientais gerados antes, durante e após a utilização.

Documentos

A atualização dessa ISO também trouxe modificações na linguagem utilizada, a fim de facilitar e garantir uma melhor compreensão das diretrizes.

O objetivo é que não haja interpretações equivocadas, ou que fiquem dúvidas quanto à implementação da norma.

Nível de proteção ambiental

Com base nessa ISO, espera-se que as empresas tenham posturas mais proativas no que se refere a ações voltadas para a proteção do meio ambiente, especialmente no que diz respeito ao impacto gerado por suas atividades. 

Esse comportamento inclui a adoção de medidas que analisem e tratem adequadamente os danos causados à natureza, assim como o uso correto de recursos naturais, com a preservação e reparação.

Quais os benefícios da ISO 14001?

São muitos os benefícios da ISO 14001, e eles se misturam com os benefícios de um Sistema de Gestão Ambiental.

Se listarmos os principais, temos os seguintes:

  • comprovação do compromisso ambiental da empresa;

  • aprimoramento da gestão de recursos ambientais;

  • melhora da reputação e da imagem da marca;

  • melhora do relacionamento com cliente, investidores, fornecedores e demais stakeholders;

  • redução das chances de sofrer sanções legais voltadas para o meio ambiente;

  • atendimento de diversos requisitos legais;

  • redução de custos operacionais;

  • valorização da empresa perante seu mercado de atuação.

São vantagens como essas que comprovam a Importância de um Sistema de Gestão Ambiental e de normas como a ISO 14001.

Como obter a certificação ISO 14001?

Para obter a certificação ISO 14001, a empresa precisa, inicialmente, criar e executar um roteiro de um plano de ação que contemple todos os requisitos que mencionamos. Isso pode ser feito com base em um processo denominado PDCA, sigla em inglês para “plan do check act”, que em português significa planejar, fazer, checar e agir.

Em seguida, é preciso buscar um organismo de certificação independente, devidamente autorizado para emissão de documentos desse tipo, o qual fará uma auditoria e dará as orientações necessárias para que a companhia consiga obter essa certificação.

Dependendo do porte do negócio e das adequações necessárias, esse processo pode demorar entre 10 a 18 meses. 

Dica!

Quer entender mais sobre as ISOs e como elas podem ajudar o seu negócio? Então aproveite que está aqui, no blog da Linkana, software de gestão de fornecedores, e leia estes artigos:

Como a Linkana pode ajudar na análise de certificações dos seus fornecedores?

A Linkana pode ajudar na análise de certificações dos seus fornecedores com a solução ESG Rating.

O ESG Rating da Linkana permite a análise da existência de certificações de gestão ambiental ABNT NBR ISO 14001:2015, de acordo com Organismos de Certificação de Sistemas de Gestão Ambiental acreditados pelo INMETRO.

Além disso, esse sistema avalia os riscos ambientais, sociais e de governança dos seus fornecedores por meio de atribuição de pontuação a cada um dos pilares do ESG, reduzindo as ameaças da contratação.

Quer saber, em detalhes, como essa ferramenta funciona? Basta preencher o formulário abaixo!

Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market