Resources

Gestão de Fornecedores

Gestão de Fornecedores

Gestão de Fornecedores

Como levar a outro nível a gestão de fornecedores para a indústria de elevadores?

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

October 23, 2022

October 23, 2022

October 23, 2022

Quando se fala em gestão de fornecedores para a indústria de elevadores, a primeira imagem que surge à mente são os chamados elevadores de passageiros, aqueles que comumente são encontrados em edifícios residenciais e comerciais.

No entanto, esse segmento é muito mais amplo, e trabalha com a oferta de outros modelos de transporte vertical, tais como:

  • elevadores de carga;


  • elevadores industriais;


  • elevadores de automóveis;


  • elevadores de acessibilidade ou unifamiliares;


  • plataforma de acessibilidade;


  • cadeiras elevatórias.


Mas além de modelos diferentes, esses equipamentos contam com tecnologias e mecanismos de funcionamento distintos, por exemplo, hidráulicos ou por máquina de tração.

Apenas com essa explicação inicial já dá para ter uma ideia da complexidade que envolve a fabricação e a instalação de um elevador, concorda? Isso sem falar na questão da logística empresarial para entrega do produto e das manutenções preventivas e corretivas que precisam ser realizadas para garantir a segurança dos usuários.

Pensando em todos esses fatores, os responsáveis pela gestão de fornecedores para a indústria de elevadores precisam considerar o fechamento de contrato com diferentes provedores.

A ideia é garantir uma boa oferta de componentes mecânicos, elétricos, eletrônicos, cabos de aço, chapas de metal, entre outros elementos necessários para a fabricação e instalação desse transporte vertical, sem comprometer o fluxo de produção e entrega da empresa.

Quanto a isso, quais pontos precisam ser considerados? Siga a leitura deste artigo e confira!

O que considerar em uma gestão de fornecedores para a indústria de elevadores?

Dos pontos que merecem atenção para a realização de uma gestão de fornecedores para a indústria de elevadores realmente eficiente, existem cinco que mais se destacam, que são:


  • atendimento das normas vigentes;


  • bom controle de qualidade;


  • garantia de segurança;


  • implementação de novas tecnologias;


  • logística eficiente e sustentável.


Atendimento das normas vigentes

As normativas voltadas para a indústria de elevadores são definidas pela ABNT, Associação Brasileira de Normas Técnicas. O cumprimento  dessas diretrizes é obrigatório a todos os envolvidos nessa cadeia.

Uma das mais importantes é a NBR 16.083:2012, que dita as normas sobre manutenção de elevadores, escadas rolantes, esteiras rolantes e requisitos para instruções de manutenção.

Entretanto, outras normativas são direcionadas para esse mercado, tais como:

  • NBR 5.665: cálculo de tráfego nos elevadores;


  • NBR 10.982: elevadores elétricos;


  • NBR 12.892: elevadores unifamiliares ou de uso restrito à pessoa com mobilidade reduzida;


  • NBR 14.364: elevadores e escadas rolantes;


  • NBR 15.597: requisitos de segurança para a construção e instalação de elevadores;


  • NBR 16.042: elevadores elétricos de passageiros.


Somado a isso, cada município pode definir a sua própria legislação sobre os transportes verticais. 

Em São Paulo, por exemplo, é instituída a Lei n° 10.348 de 4 de setembro de 1987, que "dispõe sobre instalação e funcionamento de elevadores e outros aparelhos de transporte, e dá outras providências"


Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.

Bom controle de qualidade

Um bom controle de qualidade deve fazer parte de toda a cadeia de fabricação, entrega e instalação de equipamentos de transporte vertical. Afinal, basta um componente fora do padrão para comprometer o funcionamento do equipamento, ou até mesmo colocar em risco a vida dos usuários.

Por conta disso, o time de gestão de fornecedores para a indústria de elevadores deve se atentar às qualificações e às certificações dos provedores escolhidos

A ISO 9001, por exemplo, é um selo de qualidade concedido a empresas que seguem normas e diretrizes que promovem a melhoria dos seus processos. Ao fazerem isso, há um aumento da eficiência na fabricação de peças e produtos e/ou da entrega de serviço aos contratantes.

Vale lembrar que essa ISO está diretamente relacionada à adoção de um Sistema de Gestão de Qualidade (SGA), o que significa que a companhia que o implementa atende a diferentes padrões internacionais de qualidade.

Garantia de segurança  

A garantia de segurança está diretamente atrelada à de qualidade que acabamos de citar. Isso porque componentes fabricados nos padrões e normas deixam o funcionamento dos elevadores muito mais seguro para os usuários.

E no que se refere aos componentes, os maquinários de transporte vertical são feitos com centenas deles, incluindo os elétricos, eletrônicos e mecânicos. Esses itens vão desde pequenos chips que pesam menos de um grama, até sistemas de tração de toneladas.

Neste ponto, vale destacar que há a necessidade de estar em compliance com outras normativas. No caso dos elevadores de passageiros, é preciso cumprir as diretrizes da NBR NM 207: elevadores elétricos de passageiros - requisitos de segurança para construção e instalação.

Dica de leitura: "Descubra problemas de Compliance em fornecedores que podem afetar sua empresa"

Implementação de novas tecnologias

Assim como em demais segmentos, a indústria de elevadores também deve adotar novas tecnologias para se aprimorar e levar mais conforto, segurança e agilidade aos seus clientes.

Por exemplo, quanto à oferta de componentes eletrônicos, o time de compras e procurement deve identificar fornecedores que trabalham com soluções modernas e atualizadas, a fim de que seus elevadores sejam fabricados já nos novos conceitos e tendências de tecnologia.

Internet das Coisas (IoT), sistemas de análise avançada e função stand-by para desligamento automático das luzes da cabine são apenas alguns exemplos de inovações que já fazem parte desse mercado.

Logística eficiente e sustentável

Comumente, a entrega de um elevador é feita por via terrestre, ou seja, por modal rodoviário. Dependendo da quantidade de elevadores adquiridos pelo cliente, esse processo pode ser feito em partes, ou de uma única vez.

A logística da indústria de transporte vertical precisa ser extremamente eficiente, e devido ao peso desse equipamento, geralmente as equipes de entrega recebem treinamento especializado e direcionado para a execução correta dessa tarefa.

Seja terceirizada, seja da própria companhia, é fundamental considerar a prática de uma logística sustentável. O objetivo com isso é definir estratégias de transporte que gerem o mínimo possível de impacto ao meio ambiente e à sociedade.


Como a Linkana ajuda na gestão de fornecedores para a indústria de elevadores?

A Linkana ajuda na gestão de fornecedores para a indústria de elevadores por ser o primeiro e maior software em rede para essa atividade, que otimiza o sourcing, onboarding e análise de spend com uma base de dados unificada de perfis de fornecedores certificados para cadastro, risco, qualidade e diversidade.

Os clientes da Linkana conseguem reduzir em até 90% o tempo gasto com cadastro e onboarding de fornecedores. Isso graças a funcionalidades como:







Somos o #SRMDoFuturo, feito para o #CompradorDoFuturo

Tenha o software da Linkana também na sua empresa. Preencha agora mesmo o formulário abaixo e confira como!

Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market