Resources

Compras

Compras

Compras

Liderança em procurement: como conquistar o importante cargo da área de Compras?

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

September 18, 2022

September 18, 2022

September 18, 2022

Conquistar a liderança em Procurement é um grande passo para quem trabalha na área de Compras. Não é por acaso que essa é uma das carreiras mais promissoras de 2022, segundo um estudo realizado pela empresa PageGroup.

Ser um bom líder em Procurement não depende apenas de conhecimentos técnicos, mas também do espírito empreendedor e de autoconhecimento.

Ter consciência sobre os próprios atos é essencial para construir uma gestão mais assertiva, adquirir um time forte e conquistar resultados satisfatórios.

Mas você deve estar se perguntando: o que é preciso para ser um líder em Procurement? Quais as habilidades que preciso ter? Que atribuições devo tomar?

Não se preocupe! Ao longo deste artigo, vamos responder a essas perguntas e mostrar como alcançar um cargo de liderança em Procurement. Continue com a gente, e boa leitura!

Como funciona a gestão de compras? 

O gerenciamento é a parte responsável pelo processo de compras de uma companhia. Ele determina estratégias que favorecem a aquisição de insumos de produção, no caso da indústria, e de mercadorias, em relação ao varejo e aos distribuidores.

Além disso, o gestor se responsabiliza pela entrega de produtos para o funcionamento da empresa, da contratação e negociação com fornecedores com o intuito de reduzir custos.

Em suma, o responsável pela gestão de compras garante a flexibilidade da entrega de suprimentos, uma vez que se o serviço não for realizado corretamente, a companhia pode perder vendas.


Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.

Qual o principal objetivo da gestão de compras?

A principal função de quem busca a liderança em procurement é disponibilizar insumos para a vida de uma organização, que podem ser itens comprados, semiacabados, matérias-primas, entre outros.

Contudo, para a realização desse objetivo existem parâmetros de monitoramento, que conhecemos como metas de compras. Eles são divididos em 5R´s (Right), que se enquadram em:

  • preço certo;

  • quantidade certa;

  • qualidade certa;

  • lugar certo;

  • hora certa.


O que é preciso para ser um líder em procurement? 

Não é de hoje que o desafio dos diretores de suprimentos se resumem a cortar gastos, embora a economia seja um dos fatores mais preocupantes para o desenvolvimento de uma organização.

De acordo com a pesquisa global da cadeia de suprimentos 2021 da Deloitte, quem deseja conquistar a liderança em procurement deve priorizar a inovação, a gestão de riscos, estabelecer os pilares ESG (responsabilidade social corporativa), entre outros.

Sendo assim, para alcançar os melhores resultados, o líder em procurement deve:

1. Ser ágil 

Uma mentalidade ágil faz o líder encarar com mais rapidez e simplicidade os problemas que ocorrem em supply chain.

Usar a agilidade junto às ferramentas de gestão de compras ajuda a empresa a economizar tempo, dinheiro e acelerar as entregas com valor apropriado.

Por isso, pensar de forma rápida é incorporar uma cultura mais dinâmica que torna o processo mais competitivo e produtivo.

2. Saber se relacionar com os fornecedores 

A crise da pandemia do coronavírus prejudicou o relacionamento das empresas com seus fornecedores. Na época, muitas organizações não conseguiram realizar auditorias ao integrar os parceiros em sua cadeia produtiva.

A pesquisa feita pela Refinitiv, provedora de dados de mercados financeiros, constatou que 43% dos fornecedores não foram submetidos a verificações de due diligence.

Desse modo, é importante ter em mente que o líder em procurement deve observar seus fornecedores como parceiros de negócios, dispostos a diminuir os custos do processo e a qualificar o serviço.

Fortalecer o relacionamento com os fornecedores é um dos principais temas em palestras e conversas sobre liderança em procurement. Afinal, uma comunicação saudável também é vista como um grande pilar para a inovação sustentável.


Leia também: Due diligence de fornecedores: o que é? Para que serve?

3. Optar pela sustentabilidade 

Além das atividades diárias, os líderes em compras também têm a missão de desenvolver parcerias com empresas que funcionam de forma sustentável.

Essa prática tem sido qualitativa para a cadeia de suprimentos. Segundo um estudo realizado pela Union + Webster, agência de pesquisa norte-americana, 87% da população brasileira prefere comprar produtos e serviços de empresas sustentáveis.

Ao mesmo tempo, os líderes têm buscado integrar uma equipe de fornecedores sustentáveis, sobre quais critérios são trabalhar com produtos menos prejudiciais à população, além de serem mais econômicos.

4. Identificar fragilidades 

A respeito da gestão de riscos, o líder em procurement identifica as vulnerabilidades do negócio para, então, desenvolver estratégias de prevenção, até porque os riscos associados aos fornecedores são grandes ameaças para a reputação das empresas.

5. Digitalizar o processo de compras 

Para se destacar neste mundo cada vez mais competitivo, o líder em procurement precisa se ambientar à modernidade. Neste caso, a digitalização e a automação de processos aumentam a performance em compras.

O uso da inteligência artificial, machine learning, RPA, entre outras tecnologias, é  peça-chave para construir uma área de compras mais produtiva.


Quais são as atribuições de um líder em procurement?

O líder em procurement tem como funções:

  • procurar fontes alternativas de abastecimento e novos parceiros;

  • compreender os processos de avaliação, homologação e auditorias;

  • analisar o histórico de compras, demanda, sazonalidade das mercadorias; 

  • buscar melhorias e liderar as equipes;

  • administrar fornecedores;

  • supervisionar requisições de compras e fazer as cotações e adequações necessárias;

  • gerar ordens de compras e efetuar confirmações de pedidos;

  • realizar follow-up.


Falando isso, uma curiosidade é compreender o conceito de comprador do passado e do futuro. Veja na tabela abaixo as mudanças aparentes em relação a prioridades, sistemas e preocupações.

Baixe o nosso infográfico de Procurement X Compras e entenda de uma vez por todas a diferença entre os termos e como eles podem melhorar sua gestão.

Como fortalecer sua liderança em procurement? 

Agora que você já sabe o que faz um bom líder procurement, é fundamental se adaptar à realidade e investir em tecnologias para agilizar o processo de compras e, assim, enfrentar a concorrência. Embora essa seja a mentalidade ideal, nem todos os líderes estão inseridos na transformação digital.

Se você ainda não sabe qual ferramenta utilizar, indicamos o software da Linkana, que ajuda a mitigar riscos na homologação e qualificação dos fornecedores, assegurando uma gestão de compras mais eficiente.

Com a Linkana, todo o processo de Compliance é automatizado por meio de tecnologias como RPA (Automação Robótica de Processos) e Machine Learning, que realiza consultas públicas e emissão de certidões corporativas e realiza uma análise inteligente das informações e documentos privados compartilhados.

A tecnologia está mais próxima de você, pode apostar!

E, para ajudá-lo, indicamos que você ouça o nosso podcast sobre a transformação do procurement, incluindo as principais transformações do mercado. Acesse agora!

https://open.spotify.com/episode/5LKXVoxW3Do6b5vArvoHFc?si=e32710d703ec4103

Sobre a Linkana

A Linkana é o primeiro e maior software de gestão de fornecedores em rede. Nossa base de dados de perfis compartilhados permite que compradores analisem fornecedores ativos e novos em alguns cliques. Com isso, criamos e geramos valor com insights de informações comerciais, de risco, qualidade e diversidade, utilizados em processos de cadastro, onboarding, sourcing e análise de spend.

Somos o #SRMDoFuturo, feito para o #CompradorDoFuturo.


Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market