Resources

Gestão de Fornecedores

Gestão de Fornecedores

Gestão de Fornecedores

ISO 45001: o que é e quais são os seus objetivos?

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

July 21, 2022

July 21, 2022

July 21, 2022

Segundo dados do Observatório Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho, divulgados no site das Nações Unidas do Brasil, entre os anos de 2012 e 2021, foram registradas quase 23 mil mortes decorrentes de acidentes de trabalho.

Considerando somente 2021, houve a comunicação de 571,8 acidentes laborais e 2.487 óbitos. Uma maneira de contribuir para que esses números diminuam é por meio da implementação da ISO 45001.

A ISO 45001 é a norma internacional criada especificamente para o Sistema de Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional (SGSSO). Seu objetivo é dar às empresas diretrizes para aprimorar seus desempenhos no que diz respeito ao gerenciamento de saúde e segurança do trabalho (SST).

De acordo com a definição da própria norma, as organizações são os agentes responsáveis pela saúde e bem-estar dos seus profissionais, dando a todos as condições adequadas para realização de suas funções. 

Esse processo inclui não apenas o fornecimento de equipamentos de proteção individual (EPIs), mas também ações que visam a promoção e a proteção da saúde física e mental dos trabalhadores, bem como práticas que evitam, ou ao menos minimizam, o desenvolvimento de doenças ocupacionais e acidentes de trabalho.

Aqui, vale destacar que esse é outro modelo de certificação que ajuda a aprimorar a gestão empresarial, ao apontar os parâmetros necessários para a melhoria dos serviços. 

No caso de um gerenciamento voltado especificamente para questões de saúde e segurança ocupacional, é importante ter em mente que essas práticas contribuem para, por exemplo, aumentar a produtividade, reduzir a taxa de turnover e garantir a boa imagem da empresa perante colaboradores, parceiros de negócios, entre outros.

Por isso, confira agora o que é a ISO 45001, qual o objetivo dessa norma, e como essa certificação pode ser útil para o seu negócio em diferentes momentos, até mesmo na formação da sua rede de fornecedores.

O que é a ISO 45001?

A ISO 45001 é uma norma internacional voltada para o Sistema de Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional. Seu objetivo é entregar às organizações direcionamentos que ajudam a aprimorar seus sistemas de gerenciamento de saúde e segurança do trabalho.

Para isso,  fornece diretrizes para uma estruturação mais adequada de gestão de riscos e identificação de oportunidades de melhoria, visando a promoção de qualidade de vida e segurança para os trabalhadores.

A ideia, portanto, é  criar e entregar um ambiente de trabalho realmente seguro, contribuindo para a diminuição, ou mesmo a extinção, do surgimento de patologias resultantes da realização de funções laborais e de casos de acidente de trabalho.

Sugestão de leitura! Aproveite e leia também este artigo: "ISO 31000: o que é e para que serve a Norma Internacional da Gestão de Risco?"

Quais são os objetivos da ISO 45001?

O principal objetivo dessa ISO é ajudar as empresas a adotarem ações e boas práticas que resultem na promoção de cuidados voltados para a saúde, o bem-estar e a qualidade de vida dos trabalhadores.

A fim de atingir esse propósito, um dos pontos que a norma aborda é o contexto organizacional. Para isso, suas diretrizes exigem que as companhias considerem e analisem o que os envolvidos em sua cadeia esperam das suas gestões de saúde e segurança do trabalho.

Nesse âmbito, a norma chama a atenção para a parcela de responsabilidade atribuída a cada um, no que se refere à busca por evitar acidentes de trabalho e o surgimento de doenças ocupacionais.

Por esse motivo, a alta administração também é envolvida nesse processo, sendo seu papel fomentar e garantir a participação de todos, por meio da implementação de medidas preventivas e corretivas realistas e alcançáveis.

Aqui, vale destacar que, por mais que a participação de todos os funcionários, incluindo terceiros e parceiros de negócio, seja essencial para o alcance do resultado esperado, esse envolvimento não deve ser compulsório, muito menos gerar represálias, medidas disciplinares ou mesmo demissões.

Qual certificação a ISO 45001 substituiu?

A versão final da ISO 45001 foi publicada em 25 de janeiro de 2018 e substitui a certificação OHSAS 18001, Occupational Health and Safety Assessment Series, que foi descontinuada.

Para as empresas que tinham a certificação OHSAS 18001, o prazo de adequação para a nova diretriz foi de três anos, ou seja, até meados de 2021. Não realizar essa transição não gera nenhuma penalidade grave para a companhia. No entanto, uma vez que o certificado da OHSAS vencer, ele perderá sua validade.


Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.



O que mudou da OHSAS 18001:2007 para ISO 45001:2018?

Um dos principais pontos que sofreu mudança entre uma certificação e outra é que a 45001 apresenta abordagens mais flexíveis, as quais podem ser mais facilmente moldadas a novos modelos de trabalho que estão surgindo.

Alguns conceitos utilizados na sua redação também foram ajustados, a exemplo dos termos "risco", "perigo", "local de trabalho" e "trabalhador". 

Outra alteração diz respeito à estruturação, sendo que a norma atual adota o formato denominado Anexo SL, que é uma estrutura dividida em 10 capítulos que tem por objetivo aprimorar a integração entre as demais normas ISO.



Quanto questões de saúde e segurança do trabalho podem afetar sua rede de fornecedores?

Os motivos pelos quais é interessante a sua empresa obter uma certificação voltada para Sistema de Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional chegam a ser um tanto óbvios, por exemplo:


  • redução do número de funcionários afastados, evitando o comprometimento do fluxo operacional;

  • aumento da produtividade e do nível de satisfação dos contratados, devido à implementação de medidas voltadas para a promoção do bem-estar, segurança e qualidade de vida.


Mas no que diz respeito à gestão de fornecedores, quanto a atuação de terceiros nos cuidados de saúde e segurança do trabalho pode afetar o seu negócio? Sobre isso, podemos destacar dois pontos.

O primeiro é que, se um provedor negligencia esse cuidado, o atendimento de prazos pode ficar comprometido. Isso acontece especialmente se o quadro de funcionários do fornecedor for reduzido decorrente de afastamentos médicos — ou seja, menos pessoal, mais sobrecarga de serviços, mais atrasados.

O segundo é que não zelar adequadamente pelos clientes internos, que são os colaboradores, tende a impactar negativamente a imagem de uma marca. Por sua vez, fechar negócio com companhias malvistas no mercado pode afetar também a reputação da sua empresa.

Por razões como essas que uma análise precisa do histórico e da documentação de potenciais fornecedores é tão importante. Porém, fazer isso manualmente induz ao erro, além de tomar muito tempo e atrasar a contratação.

O software de gestão de fornecedores da Linkana otimiza a homologação e permite a realização de uma análise robusta e completa de forma rápida, precisa e sem burocracia, e muito mais! 

Faça com a Nivea, a Mitre e diversas outras grandes empresas que já adotaram esse sistema. Aprimore a sua gestão de fornecedores com a solução da Linkana e resolva seus maiores problemas de gerenciamento de supply chain.

Quer saber como? Preencha agora mesmo o formulário abaixo, converse com um especialista e descubra!



Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market