Resources

Fornecedores

Fornecedores

Fornecedores

Compliance na gestão de fornecedores: por que implementar?

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

January 12, 2024

January 12, 2024

January 12, 2024

O compliance na gestão de fornecedores pode ser definida como uma prática que tem por objetivo garantir que todas as atividades relacionadas a esse gerenciamento sejam embasadas em leis e normas, e executadas de acordo com políticas internas de transparência e integridade. 

A ideia, portanto, é que o gerenciamento desses terceiros seja feito em conformidade com as legislações, a fim de evitar diversos problemas para a empresa contratante, tais como jurídicos, financeiros e de imagem.

É possível dizer ainda que atuar dessa forma é uma maneira de garantir a boa reputação da marca, ao mostrar aos seus stakeholders que trabalha de acordo com as regras em todas as suas frentes, incluindo a compra de insumos, matéria-prima ou contratação de serviços.

Somado a esses, há diversos outros benefícios da gestão de fornecedores para compliance. 

Siga a leitura deste artigo e confira, agora, quais são.

O que é compliance na gestão de fornecedores?

Compliance na gestão de fornecedores significa a realização do gerenciamento desses contratados de acordo com o determinado pelas leis gerais para todas as empresas e específicas do ramo de atuação da contratante. Isto é, adotar formas de administração legais e transparentes, em conformidade com as normas e legislações vigentes.

Apenas para esse conceito ficar mais claro, vale lembrarmos que o termo "compliance" vem do verbo em inglês "to comply", que pode ser traduzido como obedecer, concordar ou consentir. 

Logo, estamos falando sobre definir fluxos de trabalho na gestão de fornecedores alinhados com leis. 

Pense no processo de homologação de fornecedores, no qual é preciso analisar uma série de documentos para garantir que esse parceiro não gere riscos, ou gere o mínimo de ameaças possível para a sua empresa.

Nessa fase, são analisados contrato social do fornecedor, status do CNPJ, alvará de funcionamento, licenças diversas, certidões, entre diversos outros documentos, certo?

Estar em compliance na gestão de fornecedores significa garantir que essa verificação seja precisa, justa e transparente, pautada nas leis atuais, as quais também servem como base para tomadas de decisão.

Suponhamos que durante a homologação você descobriu que a empresa fornecedora não tem as licenças ambientais obrigatórias para funcionar. 

Concorda que trazê-la para a sua cadeia de abastecimento mesmo assim é o contrário de atuar em conformidade? No caso, é desconsiderar a existência e importância das legislações vigentes e, consequentemente, abrir caminho para uma série de riscos para o seu negócio. 

Dica de leitura: "Descubra problemas de Compliance em fornecedores que podem afetar sua empresa"

Qual a importância do compliance para gestão de fornecedores?

Além de evitar problemas legais, como o que acabamos de citar como exemplo, o compliance na gestão de fornecedores é importante porque contribui para evitar diversos outros transtornos, tais como:

  • desalinhamento de processos internos;

  • elaboração de contratos questionáveis;

  • impactos negativos no relacionamento com stakeholders.

Desalinhamento de processos internos

Ao montar um programa de compliance, é preciso definir regras, diretrizes e políticas internas que precisam ser seguidas por todos da empresa.

A partir desses parâmetros, os profissionais do time de compras e procurement sabem exatamente como agir, o que verificar e quais pontos não podem deixar passar. 

Porém, quando esse direcionamento não existe, há um desalinhamento nos processos internos, abrindo espaço para cada um trabalhar da forma que achar correta. Com isso, há um sério risco de um funcionário "permitir" algo para um fornecedor, e outros não terem a mesma conduta. 

Além dos problemas de relacionamento que podem surgir entre os membros da equipe, isso também leva a desentendimentos com os participantes da sua rede de abastecimento, afetando seriamente a reputação da sua empresa.

Não deixe de ler este artigo: "Risco de reputação: entenda a importância de proteger sua imagem"

Elaboração de contratos questionáveis

Para uma gestão de fornecedores eficiente, a formalização da parceria em contrato é primordial. Contudo, esse instrumento legal deve ser redigido com base nas leis, e quando a companhia não está em compliance isso se torna, praticamente, impossível.

Isso resulta na elaboração de documentos questionáveis, que não protegem adequadamente as partes envolvidas e que, certamente, podem gerar vários problemas legais e jurídicos mais adiante.

Impactos no relacionamento com stakeholders 

Lembra que comentamos que a falta de compliance na gestão de fornecedores pode afetar o relacionamento com os participantes da sua cadeia de abastecimento? Pois saiba que a ausência de conformidade ao contratar esses parceiros também reflete na relação com funcionários, clientes, investidores, entre outros participantes da estrutura do negócio.

Companhias que não respeitam as legislações vigentes, e que trazem para perto empresas que atuam da mesma forma, perdem a credibilidade perante o público

Quando isso acontece, a imagem da marca é seriamente prejudicada, impactando negativamente na participação no mercado, no volume de vendas e, consequentemente, no faturamento.

Não estar em conformidade também afeta o quadro de funcionários, dificultando a atração e retenção de talentos. E investidores deixam de se interessar pela companhia, por conta dos riscos legais e financeiros que atuar dessa forma traz.

Confira também: "Como melhorar a reputação da empresa: estratégias eficazes para fortalecer sua organização"

Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.

5 benefícios da gestão de fornecedores para compliance 

São muitos os benefícios de realizar uma gestão de fornecedores em compliance. Entre os que mais se destacam estão:

  1. mais proteção legal: decorrente da celebração de contratos mais transparentes, confiáveis e pautados nas leis;

  2. aumento na qualidade nos produtos/serviços: visto que há a garantia de que os fornecedores trabalham de acordo com as normas voltadas para o segmento que estão;

  3. fluxo de trabalho mais preciso: considerando que uma boa política interna de compliance dá aos funcionário um direcionamento pontual de como devem ser executadas as atividades;

  4. aprimoramento do relacionamento com stakeholders: que passam a confirmar mais na empresa;

  5. mitigação de riscos: incluindo os legais, jurídicos, de imagem, financeiros e de desabastecimento.

Qual o impacto da gestão de fornecedores em compliance?

Como você pôde ver, são muitos os impactos de uma gestão de fornecedores em compliance. Quando há conformidade, eles são positivos, e podem levar a empresa a ganhar poder competitivo e, com isso, lucrar mais.

Por outro lado, quando não existe esse parâmetro, a tendência é haver problemas em várias frentes, desde os internos com as equipes, até externos com consumidores e investidores.

Por isso, homologar fornecedores com base nas leis é tão importante. Entretanto, sabemos que são muitos os pontos que precisam ser verificados, e fazer isso manualmente é, praticamente, impossível, demanda muito tempo e eleva as chances de erros.

Uma forma de evitar tudo isso é usando a tecnologia a seu favor, como o software de gestão de fornecedores da Linkana.

Com a solução da Linkana, você analisa e homologa fornecedores em segundos, não semanas. São módulos voltados para processos de homologação, qualificação, cadastro e avaliação de fornecedores, atualização de dados e informações da sua base e muito mais!

Preencha agora mesmo o formulário abaixo e descubra como a Linkana melhora a gestão de fornecedores da sua empresa!

Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market