Resources

Compras

Compras

Compras

Supplier chain network: qual a importância desse modo de atuação?

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

November 1, 2022

November 1, 2022

November 1, 2022

Supplier chain network, que em português significa rede de cadeia de suprimentos, é uma forma de atuação que permite às empresas terem uma visão macro do seu fluxo de materiais (insumos) e de informações.

O conceito de supplier chain network, ou simplesmente SCN, retira as companhias de um cenário no qual apenas os seus fluxos de abastecimento importavam, e soma a esses a atuação dos seus fornecedores

Com a aplicação dessa prática, os fluxos das demais empresas inseridas em seus processos também são considerados, permitindo a criação de uma rede na qual as parcerias se tornam muito mais sólidas e benéficas para todos.

O principal objetivo com  essa estruturação é gerar mais valor para os consumidores finais. Sobre isso, questões como controle de qualidade e prazos, por exemplo, são acompanhadas e analisadas mais de perto, e cumpridas de uma maneira mais pontual.

Assim, custos operacionais e desperdício de insumos tendem a ser reduzidos, condições que ajudam a melhorar a gestão de estoque dos negócios. 

Mas, de forma prática, como tornar isso uma realidade na sua empresa? Quais as vantagens diretas que sua companhia pode conquistar com a formação dessa rede com seus fornecedores e parceiros de negócio?

É exatamente esses pontos que abordaremos neste texto. Fique com a gente até o fim e entenda melhor o que é supplier chain network e por que ele é tão importante. Siga a leitura e confira!

O que é supplier chain network?

Supplier chain network pode ser definido como a evolução da formatação da cadeia de suprimentos conhecida e utilizada até hoje por companhias de diversos portes e ramos de atuação ao redor de todo o mundo.

Parte da estruturação da SCN vem da transformação digital na cadeia de suprimentos, que permitiu às empresas se conectarem com seus fornecedores de maneira muito mais rápida e ter uma troca de informações bem mais precisa.

Contextualizando essa metodologia, ela permite que a construção de uma rede na qual o fluxo de trabalho de todos os envolvidos fique alinhada em prol de um atendimento mais eficaz, preciso e de qualidade para o cliente final.

Ou seja, ao invés de cada negócio pensar apenas na sua dinâmica e necessidades, as parcerias são firmadas de modo que a atuação de todos se conecte e se complementa.

Trazendo esse comportamento para a prática, o que estamos querendo dizer é que, na estruturação de uma rede de cadeia de suprimentos, a indústria, as transportadoras, os varejistas e demais agentes envolvidos na fabricação de um produto, ou na entrega de um serviço, trabalham juntos para atender às atuais demandas dos consumidores.


Como funciona uma rede de cadeia de suprimentos?

Uma rede de cadeia de suprimentos funciona com base nos vínculos estabelecidos entre os agentes envolvidos na entrega de um serviço ou fabricação de um bem.

Anteriormente à implementação desse conceito, o método tradicional consistia em cada empresa direcionar esforços apenas para a sua parte desse processo, sem se preocupar com o que vem antes ou com o que vem depois.

Já o conceito SCN permite a observação da movimentação geral dos parceiros, permitindo que a geração de valor para o cliente final seja trabalhada de ponta a ponta.

Para o entendimento sobre essa metodologia ficar mais assertivo, usaremos como exemplo os processos de uma fábrica de suco de uva, diferenciando entre a utilização de uma cadeia de suprimentos tradicional e na formação de uma rede de cadeia de suprimentos.

Cadeia de suprimentos tradicional

Em uma supply chain tradicional o fluxo seria algo como:

  • contratação de um fornecedor responsável pelo plantio, coleta e entrega da matéria-prima (no caso, a uva) à indústria;


  • fabricação do produto, incluindo envase para envio ao comprador final;


  • criação de logística para entrega nos pontos de venda, como lojas de conveniência e supermercados.


Por mais que diversos fornecedores estejam envolvidos nesse processo, comumente a dinâmica de trabalho deles não era considerada. 

Entretanto, isso pode influenciar bastante o resultado da produção — por exemplo, gerando atrasos na entrega de insumos, ou comprometendo a qualidade de itens necessários para a fabricação do produto, tais como embalagens e etiquetas. 

Rede de cadeia de suprimentos 

Já considerando a formação de uma SCN, o fluxo mostra uma relação mais detalhada entre os elos da rede, contribuindo para a obtenção de mais qualidade e valor para o que está sendo fabricado e entregue.

Assim, considerando o mesmo exemplo da fábrica de suco de uvas, em um supplier chain network temos:

  • planejamento de entrada:


  • contratação de um fornecedor responsável pelo plantio, coleta e entrega da matéria-prima (no caso, a uva) à indústria;


  • alinhamento com o fornecedor de itens para envase, tais como garrafas, etiquetas, embalagens, entre outros;


  • análise do impacto dos processos anteriores no meio ambiente, a exemplo de emissão de gás carbônico, desmatamento, consumo excessivo de água, energia elétrica, entre outros.


  • planejamento interno:


  • execução dos processo de responsabilidade direta da indústria que, nesse caso, é a transformação da matéria-prima em suco para comercialização.


  • planejamento de saída:


  • criação de uma logística para entrega nos pontos de venda, tais como lojas de conveniência e supermercados;


  • definição se esse processo será próprio ou terceirizado. Caso terceirizado, o impacto dessa parceria na satisfação do cliente final também é considerado.


Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.

Qual a importância de supplier chain network? 

A SCN é importante porque considera os movimentos externos que refletem diretamente no funcionamento de um negócio. Ao melhorar isso, consequentemente, melhora-se também o relacionamento com o cliente e o faturamento da empresa.

Seguindo essa linha de raciocínio, alguns dos benefícios que podem ser obtidos ao trabalhar com uma rede de cadeia de suprimentos são:



  • melhora dos fluxos integrados, incluindo aprimoramento na troca de informações entre a empresa e seus fornecedores, e a melhor circulação de mercadorias entre esses agentes;


  • aumenta da qualidade do que é produzido ou do serviço entregue, visto que esse conceito é considerado em todos os pontos da rede;


  • aprimoramento da gestão de estoque, especialmente decorrente de uma troca de informações mais eficaz entre as partes envolvidas no abastecimento da empresa;


  • elevação do potencial competitivo da marca, que passará a ter processos mais alinhados e precisos.


Mas para conseguir tudo isso, é preciso encontrar fornecedores que compartilhem da mesma ideia e que tenham o mesmo objetivo da formação de uma rede de cadeia de suprimentos. E como identificá-los de maneira fácil e rápida? O uso da tecnologia certa ajuda nessa busca.

Linkana é o primeiro e maior software de gestão de fornecedores em rede, que otimiza o sourcing, onboarding e análise de spend com uma base de dados unificada de perfis de fornecedores certificados para cadastro, risco, qualidade e diversidade.

Entre os nossos diferenciais estão:


  • FUNDAÇÃO DE DADOS INTEGRADA → Impulsionamos o retorno do investimento (ROI) de ferramentas de e-procurement, centralizando dados de fornecedores em uma fonte única de verdade, dinâmica e 100% integrada com todos os sistemas de gestão.


  • BASE DE DADOS VIVA E UNIFICADA → Devolvemos o controle dos dados para os fornecedores de maneira inteligente, onde dados públicos são atualizados automaticamente ou enviados uma única vez, evitando informações incompletas, obsoletas ou duplicadas.


  • PERFIS DE FORNECEDORES CERTIFICADOS → O Supplier Open Profile da Linkana padroniza a definição de dados relevantes de fornecedores de acordo com as melhores práticas de mercado, trazendo efeito de rede para o envio e análise de dados entre vários compradores, com informações ESG e de D&I.


A Linkana é a solução ideal para o comprador do futuro, que não abre mão e entende a importância de práticas atualizadas como a SCN.

Preencha o formulário abaixo e confira como ter a Linkana na sua empresa!


Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market