Resources

Compliance

Compliance

Compliance

Investigação interna em compliance: como conduzir? 8 passos!

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

October 26, 2023

October 26, 2023

October 26, 2023

A investigação interna em compliance é um processo que tem por objetivo confirmar se houve mesmo condutas ilegais ou práticas desaconselhadas contra as políticas internas da empresa.

O objetivo da apuração é identificar os agentes envolvidos, confirmar ou não suas participações e níveis de envolvimento e, a partir da verificação, aplicar as medidas punitivas cabíveis. 

Somado a estes passos, o processo de investigação interna de compliance também pode ser usado com uma ação de remediação, para evitar que outras atitudes ilegais semelhantes aconteçam novamente na companhia.

Esse tipo de investigação é fundamental para garantir que o negócio se mantenha em conformidade com as legislações e diretrizes pertinentes ao seu setor de atuação, bem como contribui para aprimorar a governança corporativa. 

Como resultado, a empresa eleva seu padrão ético, de transparência, de credibilidade e confiabilidade. Assim, melhora o relacionamento com clientes, investidores, parceiros de negócios e outros agentes que fazem parte do seu funcionamento.

Justamente por conta da importância do processo, criamos este artigo com detalhes sobre a investigação interna em compliance, incluindo o que é, como conduzir e quais eventos podem desencadeá-la.

Então, convidamos você a seguir a leitura e ficar por dentro de tudo sobre o assunto!

O que é uma investigação interna em compliance?

A investigação interna em compliance é uma prática voltada para a identificação de condutas ilegais e ações contra a política da companhia. O principal objetivo é manter a empresa em conformidade com leis e normas e dentro do melhor padrão de governança corporativa que for possível estabelecer.

Idealmente, a averiguação deve fazer parte de um programa de compliance, ou seja, um mecanismo definido especificamente para a empresa manter o atendimento às legislações e, com isso, proteger sua saúde financeira e reputação.

O processo de investigação interna em compliance deve ser definido de acordo com o modelo de negócio, seu porte e segmento. Por meio de uma apuração personalizada, são verificados aspectos como:

  • práticas e condutas ilícitas;

  • descumprimento de fluxos operacionais que sugerem tentativa de desvio de valores;

  • posturas inadequadas de profissionais que afetam a reputação da marca;

  • envolvimento com crimes e ações ilegais.

Dica! Não deixe de ler este artigo: "Red flag no compliance: 5 ações para proteger sua empresa!"

Qual a importância da investigação interna?

A investigação interna é importante para garantir que a empresa atue eticamente perante seus stakeholders

A ideia, portanto, é identificar e aplicar as devidas punições a condutas irregulares e ilegais, que vão contra as leis e normas pertinentes ao setor de atuação da companhia,  bem como às suas políticas internas.

Na prática, a investigação interna em compliance apura práticas proibidas, ilícitas e fora do contexto de legalidade. Por meio do levantamento e da apuração de dados e informações, é possível chegar até os envolvidos, avaliar suas participações nos atos e aplicar as medidas punitivas cabíveis.

O processo também  busca evitar que condutas similares voltem a acontecer, por meio da adoção de medidas de remediação contra os atos.

Aproveite e leia também este artigo: "Lei Anticorrupção: o que é e como impacta a gestão de fornecedores?"

Quais eventos podem iniciar investigações internas?

São muitos os eventos que podem dar início a uma investigação interna em compliance. Entre as ocorrências, alguns exemplos são:

  • informações recebidas pelos canais de denúncia de empresa;

  • entrevista de desligamento do profissional, momento em que o RH pode aproveitar para apurar possíveis condutas irregulares de gestores ou outros colaboradores;

  • processos trabalhistas, a exemplo dos movidos por conta de assédio moral, sexual, entre outros similares;

  • irregularidades constatadas em processos de due diligence de terceiros, tais como de fornecedores ou de operações de fusão e aquisição;

  • identificação de pontos de não conformidade durante auditorias internas, a exemplo de erros fiscais ou financeiros.



Como conduzir uma investigação interna em compliance?

A investigação interna é um processo particular de cada empresa. Em cada iniciativa, devem ser considerados o perfil do negócio e seu modo de atuação, as leis e normas vigentes, quais setores ou processos serão investigados, entre outras particularidades.

Entretanto, há alguns passos comuns a todas as companhias que você também pode seguir na sua. São eles:

  • criar um canal de apuração independente, que pode ser formado por representantes de vários departamentos, como jurídico, financeiro e recursos humanos, ou por profissionais externos contratados;

  • definir o objetivo da investigação interna e as datas de início e fim, se possível;

  • adotar medidas que garantam a preservação dos documentos que serão apurados, estejam eles em meios digitais ou físicos;

  • revisar, minuciosamente, cada documento, dado ou informação pertinente ao que está sendo apurado;

  • realizar as entrevistas, a fim de ouvir os relatos de cada um dos envolvidos;

  • conduzir a análise financeira para apurar potenciais prejuízos;

  • definir e adotar medidas de remediação;

  • emitir relatórios de apuração com tudo o que for constatado e quais condutas foram aplicadas perante o período.

Confira também este artigo: "Corrupção de fornecedores: quais impactos gera para o seu negócio?"


Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.


Por que manter sua empresa em compliance?

Manter sua empresa em compliance é a melhor maneira de evitar problemas jurídicos, autuações por parte de órgão fiscalizadores, e de manter a transparência de todos os processos.

Ao garantir os fatores acima, você eleva o nível de confiabilidade e de credibilidade de clientes e parceiros de negócio, bem como torna sua companhia mais interessante para potenciais investidores.

A soma de todos os pontos tende a ser o aumento do volume de vendas e, consequentemente, de faturamento. 

Contudo, não basta sua empresa garantir que os processos internos estejam em compliance. Para que a prática dê certo, é fundamental que os demais agentes envolvidos sigam o mesmo princípio.

Seus fornecedores, por exemplo, precisam atuar de acordo com as leis e normas pertinentes ao setor ao qual pertencem. Do contrário, elevarão os riscos para a sua empresa, a exemplo dos fiscais, financeiros, reputacionais, entre outros.

A maneira mais indicada de verificar a conformidade de fornecedores é submetendo-os a um processo minucioso de análise documental. 

Mas como fazer isso de maneira simples e precisa, especialmente em empresas que têm uma cadeia de suprimentos robusta? A resposta é: com ajuda da tecnologia!

Como a Linkana pode ajudar a sua empresa?

Entre os melhores softwares de gestão de fornecedores disponíveis no mercado, a Linkana se destaca nos seguintes pontos:

  • PERFIL UNIVERSAL DO FORNECEDOR → Com os perfis de fornecedores compartilhados da Linkana, dados e documentos de fornecedores são reaproveitados em rede, compartilhando informações atualizadas entre múltiplos compradores e acelerando processos de forma automatizada e sem burocracia.

  • MELHORES INSIGHTS → Nossos scores, ratings e certificações proprietários são construídos e compartilhados com a inteligência das maiores corporações do Brasil, garantindo aderência às melhores práticas e exigências de mercado.

  • PLUG N' PLAY →  Conecte seu sistema legado, ERP ou e-procurement com nossa fundação de dados de fornecedores, tornando-a sua fonte única de verdade, dinâmica e 100% integrada em questão de minutos.

A Linkana é a primeira fundação de dados de fornecedores compartilhada do Brasil. Nossa base de dados de perfis universais de fornecedores permite que compradores analisem e homologuem fornecedores em alguns cliques. 

Com isso, aceleramos radicalmente os processos de onboarding, de análise e de monitoramento de fornecedores — graças aos dados dos fornecedores já preenchidos por eles ou por outra empresa —, permitindo o uso de dados e insights compartilhados entre as maiores corporações do nosso país.

No vídeo abaixo, com Leo Cavalcanti, CEO e cofundador da Linkana, você entende mais sobre como funciona nossa solução. Confira!

https://youtu.be/T4CMXDrgswQ

Interessante, não? Então, que tal levar todas essas funcionalidades para a sua empresa? Preencha agora mesmo o formulário abaixo, converse com um dos nossos especialistas e confira como.


Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market