Resources

Gestão de Fornecedores

Gestão de Fornecedores

Gestão de Fornecedores

Gestão de fornecedores para o setor de energia: como resolver os 3 maiores desafios?

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

October 12, 2022

October 12, 2022

October 12, 2022

Para fazer uma gestão de fornecedores para o setor de energia realmente eficiente, os profissionais dessa área precisam solucionar três principais desafios, que são:

  • saber qual é a forma de geração de energia mais adequada para a empresa;

  • encontrar provedores que realmente tenham cuidado com o meio ambiente;

  • conseguir os melhores preços praticados nesse mercado.


Aqui, vale destacar que a escolha de fornecedores para o setor de distribuição de energia é permitida apenas para os denominados "consumidores livres" (empresas e indústrias com consumo de energia igual ou superior a 2.000kW/mês), e para os "consumidores especiais" (consumo de energia entre 500kW e 2.000kW por mês).

Essa regra faz parte do "Mercado Livre de Energia", também chamado de "Ambiente de Contratação Livre" (ACL).

O Mercado Livre de Energia é um meio pelo qual grandes consumidores têm a opção de contratar o fornecedor de energia elétrica que melhor atenda às suas necessidades.

Essa relação entre cliente e provedor de energia acontece de forma direta. Ou seja, comumente é estabelecido um contrato comercial entre as partes, no qual constam cláusulas que determinam questões, como formas de pagamentos, valores, e outros relacionados.

Uma das vantagens do Ambiente de Contratação Livre é que o contratante tem a opção de escolher a fonte de energia que prefere, por exemplo, a solar ou eólica, que são limpas e sustentáveis.

Mas, para chegar a esse fornecimento, é preciso encontrar o provedor certo, processo que só é possível com uma gestão de fornecedores para o setor de energia eficaz. 

Como isso pode ser feito? Descubra agora, lendo o artigo! 

TOP 3 desafios da gestão de fornecedores para o setor de energia

Com base no Ambiente de Contratação Livre (ACL) algumas empresas e indústrias podem contratar, de forma independente, provedores de energia elétrica. Mas, como dissemos logo na abertura deste artigo, para isso é preciso que a gestão de fornecedores para o setor de energia supere três significativos desafios.

Identificação da melhor fonte de energia

De acordo com as regras do ACL, os consumidores livres, que são empresas e indústrias com demanda de consumo energético igual ou superior a 2.000 kW/mês, podem contratar qualquer fonte de geração de energia.

Os que entram no grupo de consumidores especiais, cuja faixa de consumo mensal fica entre 500 kW e 2.000 kW/mês, só têm permissão para contratar energias eólicas, solares, de biomassa ou de PCHs, que são pequenas centrais hidrelétricas.

Esse é um dos parâmetros que deve ser considerado pela equipe de compras e procurement na hora de contratar fornecimento elétrico.

Outro critério que pode ser colocado para essa escolha é analisar o compromisso ambiental da empresa

Se a companhia tiver como um de seus propósitos mitigar os danos causados no meio ambiente, é bem importante optar por energias limpas e sustentáveis, que são aquelas vindas de fontes renováveis, a exemplo da energia solar fotovoltaica.

Relacionado a este tema, não deixe de ler o artigo: "ISO 50001: para que serve e qual a importância da norma para as empresas?"

Compromisso com a sustentabilidade

Contratar fornecedores sustentáveis de energia elétrica é uma das melhores maneiras de manter a empresa dentro das boas práticas de ESG

Ainda que essa não seja uma regra em nenhum mercado, é bem importante ter em mente que ir contra esse princípio ambiental, social e de governança pode gerar uma série de resultados negativos para o negócio, tais como:

  • perda de competitividade;

  • perda de certificações;

  • danos à reputação da marca;

  • sanções administrativas relacionadas a crimes ambientais.



Obtenção de bom custo-benefício

Graças à possibilidade de escolher o provedor energético, o time de gestão de fornecedores para o setor de energia tem a chance de identificar os melhores preços e, com isso, alinhar um bom custo-benefício para a empresa.

Em linhas gerais, é possível se deparar com duas formas de cobrança distintas: uma é a apresentação, por parte do provedor, de uma tabela tarifária praticada para todos os contratantes. A outra é um orçamento específico para cada empresa, considerando sua demanda energética e necessidades.

Nesse processo, estratégias de saving de compras podem ser uma boa maneira de chegar a um valor justo e confortável de contratação de energia elétrica. Desde que não se faça saving a qualquer custo, pois isso pode comprometer o relacionamento com os fornecedores, e até mesmo a qualidade do que é entregue.

 

Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.

Como melhorar a gestão de fornecedores para o setor de energia?

Para melhorar a gestão de fornecedores para o setor de energia elétrica, o primeiro passo é fazer uma pesquisa ampla e aprofundada sobre os potenciais provedores desse recurso.

Nessa jornada é sugerido considerar e analisar alguns pontos, entre eles quais são as fontes de energia fornecidas e como está a reputação desse terceiro no mercado.

Esses dois conceitos precisam estar alinhados com os propósitos e valores da companhia, a fim de evitar atritos após o fechamento do contrato e o risco de interrupção desse serviço.

A maneira mais adequada, otimizada e precisa de fazer levantamentos e constatações como essas é utilizando ferramentas adequadas, como o software de gestão de fornecedores da Linkana.

Conheça a solução da Linkana!

A Linkana é o primeiro e maior software de gestão de fornecedores em rede. Nossa base de dados de perfis compartilhados permite que compradores analisem fornecedores ativos e novos em alguns cliques. 

Com isso, criamos e geramos valor com insights de informações comerciais, de risco, qualidade e diversidade, utilizados em processos de cadastro, onboarding, sourcing e análise de spend.

Entre os maiores diferenciais dessa solução estão:

  • Perfis de fornecedores certificados → O Supplier Open Profile da Linkana padroniza a definição de dados relevantes de fornecedores de acordo com as melhores práticas de mercado, trazendo efeito de rede para o envio e análise de dados entre vários compradores, com informações ESG e de D&I.

  • Base de dados viva e unificada → Devolvemos o controle dos dados para os fornecedores de maneira inteligente, onde dados públicos são atualizados automaticamente ou enviados uma única vez, evitando informações incompletas, obsoletas ou duplicadas.

  • Fundação de dados integrada → Impulsionamos o retorno do investimento (ROI) de ferramentas de e-procurement, centralizando dados de fornecedores em uma fonte única de verdade, dinâmica e 100% integrada com todos os sistemas de gestão.


Companhias do setor de energia como a CPFL e CPFL Transmissão confiam nessa solução e fazem parte das histórias de sucesso da Linkana.

Para ter essa solução na sua empresa, preencha agora mesmo o formulário abaixo

Somos o #SRMDoFuturo, feito para o #CompradorDoFuturo


Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market