Resources

ESG

ESG

ESG

Certificação Fair Trade: o que é e qual a importância desse documento?

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

August 22, 2023

August 22, 2023

August 22, 2023

A Certificação Fair Trade é um atestado atribuído a empresas, grupos de produtores e propriedades que prezam e atuam sob os parâmetros do chamado comércio justo, que é uma prática que visa promover atividades comerciais mais éticas.

Entre os objetivos desse certificado está justamente o fomento a esse comportamento — afinal, somente os negócios que cumprem critérios e normas que se alinhem a esses princípios são certificados.

Ao se deparar com esse certificado, os consumidores têm a certeza de que os produtos que estão adquirindo seguem diretrizes ESG (Environmental, Social and Corporate Governance)

e econômicas idôneas. Quanto a esse ponto, vale destacar que as pessoas apoiam o comércio justo

Segundo pesquisa feita pela Fairtrade International, associação responsável por essa certificação, clientes de todo o mundo consideram esse tipo de comércio muito mais ético e confiável.

De acordo com o levantamento, três a cada cinco compradores (56%), de 12 países participantes, afirmam ter disposição para pagar mais por itens fabricados dentro do conceito do comércio justo, mesmo que isso gere aumento em seus custos de vida.

Isto é, esse modelo comercial ajuda a elevar o faturamento das companhias, ao mesmo tempo em que vai ao encontro das atuais expectativas e exigências dos clientes.

Aqui, vale ter em mente que, para chegar a esse resultado, todos os processos da empresa precisam estar alinhados com questões voltadas ao aprimoramento humano, social e cuidado com o meio ambiente. Ou seja, a gestão de fornecedores deve seguir esses critérios. 

Por esse motivo, é tão importante saber o que é a Certificação Fair Trade, como ela impacta sua supply chain e o porquê se preocupar com ratings de sustentabilidade. E é justamente sobre isso que falaremos neste artigo. Confira!

O que é a Certificação Fair Trade?

A Certificação Fair Trade é um certificado concedido somente a empresas e produtores que seguem os princípios do chamado comércio justo.

Esse modelo comercial está condicionado à garantia de condições de trabalho dignas e justas, com pagamento de salários adequados aos trabalhadores e adoção de práticas sustentáveis em toda a cadeia de suprimentos, entre outras relacionadas.

Direcionada para processos agroeconômicos, a ideia por trás desse documento é reconhecer os esforços e a adoção de práticas pautadas no desenvolvimento humano, ambiental e social, que promovam a melhoria da qualidade de vida dos envolvidos na rede produtiva.

Para isso, as diretrizes desse certificado apontam para a necessidade de adotar estratégias que ajudem produtores e trabalhadores desse setor a alcançar autossuficiência econômica, por meio de capacitação adequada.

Entre os produtos passíveis de obter o selo da Fairtrade International estão:

  • chá;

  • café;

  • ervas;

  • cacau;

  • açúcar;

  • nozes;

  • óleos;

  • manteigas;

  • feijões;

  • grãos;

  • vegetais;

  • frutas frescas;

  • flores;

  • mel;

  • temperos;

  • vinho;

  • vestuário;

  • itens de higiene pessoal;

  • destilados com ingredientes certificados presentes em bebidas prontas para o consumo. 

Dica de leitura: "Como encontrar fornecedores para a indústria alimentícia?"



Como conseguir a Certificação Fair Trade?

Para conseguir a Certificação Fair Trade, é preciso cumprir uma série de normas internacionais estabelecidas pela Fairtrade International. Entre elas, está o atendimento a preços mínimos e bonificações. Por sinal, o objetivo com essa prática de comércio justo é garantir a cobertura dos custos médios gerados pelas produções. 

Ao entregar isso, consegue-se estruturar uma rede de segurança para os agricultores, principalmente quando os preços do mercado ficam abaixo do nível considerado sustentável.

No que se refere às bonificações, essas são derivadas de fundos adicionais estruturados sobre preços de compra, os quais são direcionados para uso em investimentos ambientais, sociais e econômicos.

Para cumprir essas e outras diretrizes, agentes locais da FLO, como também pode ser chamada essa organização, ajudam produtores, exportadores, importadores e demais empresas do segmento a desenvolver habilidades e implementar os processos necessários para a obtenção desse certificado.

A emissão da Certificação Fair Trade pode ser solicitada junto a certificadoras credenciadas e autorizadas a realizar esse processo, como é o caso do IBD Certificações.

Aproveite e leia também: "Certificação de fornecedores: por que é tão importante?"

Como consultar empresas que têm Certificação Fair Trade?

A consulta de empresas certificadas pela Fairtrade International pode ser feita junto às credenciadoras ou solicitando diretamente à companhia analisada. Aliás, um ponto interessante quanto a esse tipo de pesquisa é que a FLO oferece uma verificação gratuita do mapa de risco mundial do comércio justo.

A proposta dessa ferramenta é ajudar organizações de agricultores e empresas a avaliar os riscos ambientais e de direitos humanos gerados pelas cadeias de suprimentos.

A análise do Brasil, por exemplo, aponta questões sobre:

  • mudança climática;

  • direitos e condições de trabalho;

  • discriminação;

  • água e biodiversidade.

O comércio justo do nosso país inclui a produção de café, mel, frutas, nozes e seus óleos. Segundo dados da FLO, atualmente, o Brasil conta com 15.741 agricultores organizados em 47 organizações de agricultores certificadas por essa entidade. Isso contempla mais de 2.900 trabalhadores distribuídos entre 11 empresas e plantações com essa certificação.


Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.


Por que se preocupar com ratings de sustentabilidade como esse?

Como você pôde ver, esse é um certificado diretamente relacionado aos riscos que podem ser gerados em uma supply chain, os quais podem afetar a parte financeira, jurídica e reputacional do seu negócio.

Todavia, ao considerar os ratings de sustentabilidade dos fornecedores que pretende contratar ou que já estão na sua rede de abastecimento, essas ameaças podem ser consideravelmente mitigadas.

Uma forma de fazer isso é utilizando ferramentas que ajudam a verificar o nível de comprometimento das empresas fornecedoras com boas práticas ESG, como é o Linkana ESG Rating.

O Linkana ESG Rating é uma solução de análise automática de riscos socioambientais e de governança que um fornecedor pode trazer para seu negócio

Esse levantamento considera os dados apresentados pelos próprios fornecedores. Com o resultado em mãos, você tem uma base mais concreta para decidir entre prosseguir com a contratação ou não, de acordo com o grau de riscos que pretende assumir.

Neste vídeo com Leo Cavalcanti, CEO e cofundador da Linkana, você confere mais detalhes sobre o Linkana ESG Rating.

https://www.youtube.com/watch?v=T1DmQi-JmKQ

Quer saber como essa ferramenta pode contribuir para aprimorar a gestão de fornecedores da sua empresa? Então, preencha agora mesmo o formulário abaixo e converse com um dos nossos especialistas!


Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market