Resources

Economia Inclusiva

Economia Inclusiva

Economia Inclusiva

Conheça o Black Economic Empowerment, movimento de economia inclusiva da raça negra

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

August 21, 2022

August 21, 2022

August 21, 2022

O Black Economic Empowerment (BEE), ou empoderamento econômico negro, é uma política da África do Sul que visa transformar a economia e aumentar a participação dos negros no mercado de trabalho.

Esse tipo de movimento se faz necessário também em outros países, como no Brasil. 

Afinal, a situação econômica da raça negra em terras tupiniquins também é bastante preocupante. Para se ter uma ideia, a Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF), divulgada pelo IBGE, mostrou que 77,8% da pobreza se concentra na população de família preta ou parda brasileira.

Pensando nisso, será que sua empresa investe na diversidade de funcionários, fornecedores e outros stakeholders?

Outra questão é: até que ponto um movimento internacional pode impactar a diversidade no Brasil e no mundo? 

Neste artigo, entenda o que é o Black Economic Empowerment, qual sua importância no planeta e que proveitos você deve tirar para melhorar o processo de inclusão no seu negócio. Confira!

O que é Black Economic Empowerment? 

Black Economic Empowerment (BEE) é um movimento de empoderamento econômico que surgiu com o objetivo de aumentar a participação dos negros na economia sul-africana.

Basicamente, o BEE funciona como um sistema de cotas no qual os negros adquirem o direito de ter uma vaga de emprego.

Isso mostra a importância de conceder às pessoas da África do Sul o direito à igualdade.


Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.

O que rege o BEE? 

O BEE é regido por três fatores:

  • o Broad-Based Black Economic Empowerment (B-BEE), isto é, o programa de empoderamento econômico de base ampla;

  • os códigos genéricos de boas práticas sobre o empoderamento econômico dos negros de base ampla e os códigos de boas práticas setoriais (Códigos Setoriais);

  • alguns códigos setoriais baseados nos códigos originais.


B-BEE: qual o objetivo? 

O Broad-Based Black Economic Empowerment é um programa de 2003 que administra o Black Economic Empowerment. Ele foi criado pelo governo sul-africano para enfrentar as desigualdades do apartheid, uma época em que os negros eram excluídos do comércio, do emprego e da liberdade geral. 

O B-BEE funciona com a intenção de reverter essa situação antiga, pois anos de racismo contribuíram para o crescimento dos problemas econômicos atuais. Para compensar esse tempo “perdido”, a interferência governamental pode reverter esse quadro societário.

Logo, o B-BEE tem três objetivos:

  • integrar os negros no mercado de trabalho;

  • fortalecer a evolução dos empreendimentos do povo negro sul-africano;

  • retribuir às comunidades negras afetadas pela pobreza com a reintegração de posse.


Para incentivar o programa, as empresas adquiram pontos que as classificam para receber a certificação B-BBEE, dando às organizações mais chances de obter contratos governamentais.

Leia também: Veja a importância da diversidade em compras para sua empresa

Então, qual a relação entre BEE e B-BEE? 

A Black Economic Empowered é o movimento de empoderamento negro, enquanto o B-BEE, ou Broad-Based Black Economic Empowerment , é a implementação desse movimento. 

De todo modo, os dois termos se referem à ideia de implantar transformações no setor privado da África do Sul, promovendo maior igualdade entre os povos, portanto, os dois termos têm o mesmo significado.


Quais são os critérios para ter a certificação B-BBEE? 

Desde 2015, o Black Economic Empowerment é medido conforme os 5 elementos:

  • Propriedade - 25 pontos;

  • Controle de gestão - 19 pontos;

  • Desenvolvimento de habilidades - 25 pontos;

  • Desenvolvimento de empresas e fornecedores - 40 pontos;

  • Desenvolvimento socioeconômico - 5 pontos


Vale frisar que não é obrigatório fazer com que uma agência de verificação promova a auditoria de um BEE Scorecard.

No entanto, é um requisito ter a documentação que ateste a pontuação. 

Nesse contexto, o SANAS (Sistema Nacional de Acreditação da África do Sul) e o IRBA (Órgão Regulador Independente para Auditores) são responsáveis por averiguar a acreditação dos pontos. Logo, o documento só pode ser concedido após uma análise completa.

Já o site Empowered Logic mostra como verificar se uma empresa possui a certificação B-BBEE, além de dar dicas e treinamentos para possuir o registro, além de apresentar o score das instituições.

O impacto do BEE no sistema trabalhista 

O Black Economic Empowerment (BEE) tem buscado forças para resolver um problema, porém outro segue estagnado. Isso porque a política tem sido relevante para o fortalecimento dos negros ricos ou em situações melhores de vida, no entanto, não tem impactado positivamente os que vivem na pobreza.

Em 2018, um argumento sugeriu que o B-BEE acrescentasse em sua política os problemas enfrentados pela pobreza mundial, independentemente da cor da pele. No entanto, a sugestão ficou somente no papel. 

Saiba também: Gestão da diversidade: por que e como aplicar?

Como promover a diversidade na sua empresa?

O movimento Black Economic Empowerment ecoa como uma base importante para levar a reflexão ao mundo empresarial. 

Nesse sentido, é importante que você avalie se sua organização é inclusiva, isto é, se dá oportunidades para profissionais diversos que correspondem a grupos minoritários como negros, mulheres, LGBTQIA+, e inovadores, porém pouco conhecidos no mercado.

Afinal de contas, a sua empresa aposta na diversidade de fornecedores?

Este é um momento de reflexão que talvez seja importante para aprimorar a reputação do seu negócio.

Pensando nisso, a Linkana pode ajudá-lo a desmistificar essa dúvida.

A plataforma de Análise de Fornecedores Ativos traz um relatório completo cruzando os gastos de fornecimento com os dados de perfis de fornecedores. Assim, você poderá saber quem são seus parceiros diversos, inclusive os que podem apresentar riscos ou problemas.

Use o poder do banco de dados para cumprir os seus objetivos e implantar maior diversidade em seu time.

Confie na Linkana: o primeiro e maior software de gestão de fornecedores em rede.

Somos o #SRMDoFuturo, feito para o #CompradorDoFuturo.


.

Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market