Supplier Open Profile: conheça o sistema que ajuda a identificar bons fornecedores

A tendência de integrar os dados de fornecedores em uma única plataforma aumenta a possibilidade das empresas de contratar parceiros com mais agilidade. O Supplier Open Profile, ou Perfil Aberto de Fornecedores, mostra que a tecnologia otimizada não se resume apenas aos bancos, mas também à cadeia de suprimentos.

A pergunta que fica é: por que você, como gestor, deveria procurar dados antigos dos fornecedores em 5,10 ou 20 portais? Ou, por que essa atividade não é compactada na sua empresa?

A resposta está em considerar um perfil de fornecedores integrado, tirando o fardo dos parceiros em integrar suas informações em diferentes plataformas.

Quer entender como fazer Supplier Open Profile? Então continue com a gente!

O que é Supplier Open Profile? 

O Supplier Open Profile, ou Perfil Aberto de Fornecedores, é um sistema da Linkana que integrar todas as informações dos parceiros, tornando a troca de dados mais fluida e direta.

A plataforma é inspirada no Open Finance do sistema bancário e financeiro brasileiro. Por meio do compartilhamento de dados, os fornecedores são capazes de disponibilizar produtos e serviços mais personalizados, de acordo com o seu perfil e a necessidade do comprador.

Assim como acontece nos principais bancos brasileiros, em que um cliente abre uma conta em uma agência qualquer levando seu histórico, na cadeia de suprimentos o funcionamento é semelhante.

O Supplier Open Profile ajuda a reduzir a burocracia e o retrabalho que fornecedores e compradores enfrentam a cada nova homologação.

Para que serve o Supplier Open Profile?

O Supplier Open Profile dá ao fornecedor o controle de suas informações, disponibilizando funções coletivas de coleta de dados sobre a empresa e suas relações de fornecimento.

Ou seja, as informações podem ser integradas entre vários compradores, além da padronização de dados, automação da coleta e validação em fontes públicas e privadas por meio de robôs, big data e inteligência artificial.

Quer saber como ter um perfil unificado? Acesse a nossa página Perfil de Certificado de Fornecedores e saiba como os parceiros podem se conectar com várias empresas ao mesmo tempo sem enviar documentos repetidos.

Vantagens do Supplier Open Profile 

O onboarding de um novo fornecedor é um processo demorado que requer horas para requisição e preenchimento de informações, além de que todo procedimento é geralmente feito em portais com usabilidade inferior.

Ao adotar um sistema como o Supplier Open Profile, um Perfil Certificado de Fornecedores age para aumentar a produtividade da sua equipe de compradores, uma vez que ela deixa de exercer tarefas burocráticas. Além disso, o sistema reduz o tempo de confirmação de novos parceiros.

Por que centralizar os dados dos fornecedores?

Entre os motivos que vale centralizar os dados de fornecedores, podemos citar:

  • adquirir uma visão mais ampla da rede: uma das grandes vantagens é otimizar buscas, uma vez que a integração dos dados proporciona maiores chances de encontrar fornecedores qualificados, principalmente em situações emergenciais;
  • fazer melhores negociações: com fornecedores que oferecem produtos e serviços em um só lugar, fica mais fácil comparar preços e prazos;
  • fortalecer a comunicação entre os setores: os “silos de dados”, ou isolamento de informações, é uma prática que compromete a relação entre os departamentos. Logo, a diversificação do modelo de compartilhamento de dados facilita que outras empresas encontrem bons fornecedores;
  • criar uma fonte de supplier data confiável: o Supplier Open Profile gera maior credibilidade aos fornecedores, uma vez que só serão inseridos na plataforma empresa qualificadas, cujos documentos foram certificados e aprovados;
  • atualizar automaticamente o cadastro de fornecedores: os dados são registrados em um único sistema, mas se você necessita inserir informações, é possível operar rapidamente sem comprometer o que já está cadastrado;
  • aumentar a produtividade das equipes: como tudo está disponível em um único sistema, diminui-se o tempo para a procura de dados, o que dá mais ênfase para realizar outras tarefas.

eBook
Gestão de Fornecedores

Aprenda como fazer uma gestão de fornecedores inteligente e guiada por dados na sua empresa.

Como centralizar os dados de fornecedores?

A verdade é uma só: muitas vezes é impossível inserir uma grande quantidade de dados de forma manual. Sendo assim, para armazenar e gerenciar as informações de terceiros, é fundamental digitalizá-los.

Esse processo só pode ser realizado com a ajuda de ferramentas que ajudem a centralizar todos os dados em um único banco.

Este é o caso da plataforma da Linkana, que, por meio da automação, centraliza todos os dados. Um processo econômico e rápido.

Mas unificar os dados de fornecedores exige trabalho e ferramentas. Ao utilizar tecnologias de armazenamento em nuvem, inteligência artificial e machine learning, o sistema da Linkana atua desde a etapa de homologação até a finalização do processo junto ao fornecedor.

Quanto às funcionalidades, você encontra:

Ou seja, um processo eficaz e proveitoso tanto para os compradores quanto para os fornecedores.

Para entender melhor esse conceito, o vídeo abaixo, do canal Tamo Junto traz bons insights para o relacionamento com os fornecedores da sua empresa:

Quais são os benefícios de automatizar a gestão de fornecedores?

Assim como o Supplier Open Profile, os sistemas, em geral, têm como finalidade agilizar o gerenciamento de fornecedores e torná-lo mais seguro, uma vez que grandes empresas possuem uma alta cadeia de parceiros. 

Felizmente, a automação traz uma visão mais estratégica e mensurável aos negócios, como também ganhos com a compra de melhores produtos, prazos confortáveis e redução de custos. 

Se sua empresa não acha necessário se empenhar em aprimorar a gestão de fornecedores, talvez seja importante conhecer esses benefícios da automação. 

1. Agilidade 

As informações centralizadas, como acontece em uma ferramenta de Supplier Open Profile, garantem a organização de dados, o que agiliza o trabalho do setor. 

Com tudo em um único lugar, o trabalho é otimizado, passando pela identificação, captação, análise, consultoria de relatórios em tempo real, entre outras funções. Esse movimento também reduz a chance de erros e retrabalho. 

2. Integração

Imagine todo o processo de análise de fornecedores ser realizado de forma manual. A digitalização se torna importante não somente para a diminuição do uso de papel, como também possibilita que tudo seja consultado de forma integrada. 

3. Capacidade de governança

Um sistema automatizado possibilita que os fornecedores honrem seus compromissos, além de identificar se atendem aos padrões exigidos para a prestação de serviços, e se correspondem às leis locais. 

4. Certificação D&I e ESG Rating

Classificar os fornecedores conforme suas práticas internacionais e modelos proprietários, em temas como diversidade, inclusão, sustentabilidade, entre outros. Isso permite maior controle e resultados esperados das metas relacionados aos indicadores na cadeia de fornecimento.

5. Adequação fortalecida 

Sua empresa consegue fazer com que o seu parceiro atualize o próprio cadastro sempre que possível. Além do mais, é possível orientar o modelo da organização aos objetivos e diretrizes. 

6. Otimização da gestão de riscos

Todas essas funcionalidades impactam positivamente, o que leva a uma melhor gestão de riscos. Nesse sentido, a otimização gera um maior controle das ações da organização. 

Como fazer uma boa gestão de fornecedores?

Além de pensar em centralizar todos os dados em um único ambiente, é também importante buscar outras formas de fortalecer sua gestão de fornecedores. Sendo assim, listamos algumas dicas essenciais para colocar essa ideia em prática:

1. Pondere a qualidade do atendimento

A qualidade do atendimento é a porta de entrada para qualquer relação contratual. Por isso, é importante contratar uma empresa especializada no ramo e com boa reputação no mercado.

2. Avalie as certificações de cada fornecedor 

Busque por fornecedores com boas certificações, como a ISO 9001. Também vale avaliar se eles já receberam prêmios e conversar com concorrentes que já utilizaram os serviços dos parceiros que você deseja contratar.

3. Faça um monitoramento constante

A gestão de relacionamento com os fornecedores precisa se avaliada frequentemente para preservar as entregas com qualidade. 

Portanto, observe se o desempenho está de acordo com as metas esperadas, confira o retorno sobre investimentos (ROI) e o que precisa ser melhorado.

O monitoramento constante pode ser uma ação desgastante, porém contribui para uma performance de sucesso do negócio. 

Saiba mais em: Como fazer homologação de fornecedores

A importância de uma gestão de base ativa 

Não tenha dúvidas de que uma gestão de fornecedores só tem valor quando a organização prima pela disciplina e organização. Ao tratar a contratação ou manutenção de parceiros, é importante que os responsáveis tenham olhar clínico sobre o sistema trabalhista, uma vez que essa é uma estratégia fundamental para construir uma boa gestão de base ativa.

Mas, afinal, o que é gestão de base ativa?

Podemos compreender o conceito como uma lista de categorias de fornecedores que tenham relacionamento ativo com uma companhia ao longo de um período. 

Nesse documento constam dados de identificação, categoria, informações de risco, avaliações de desempenho, se é considerada uma empresa ESG, entre outros indicadores. 

Nesse sentido, o responsável pela organização deve compreender os tipos de fornecedores aos quais estão aliados. 

No mundo dos negócios, é muito comum priorizar o processo de onboarding e contratação de fornecedores. Contudo, a empresa se esquece de monitorar os dados, atualizá-los quando necessário e, principalmente, cuidar do relacionamento com os fornecedores. 

Essa falta de fiscalização acontece pelas seguintes situações:

  • alto volume de fornecedores;
  • despesas para manter a base atualizada;
  • ruídos de comunicação que prejudicam a comunicação com os fornecedores, uma vez que eles serão obrigados a atualizar os dados desnecessariamente;
  • receio de gerar problemas em relações estratégias de fornecimento.

Sendo assim, será que vale a pena conhecer os tipos de fornecedores, um a um?

Sim. Identificar as categorias de parceiros fortalece o processo de classificação e ajuda a criar negociações mais sólidas. Logo, compreender quem são os reais parceiros:

  • valoriza o produto fornecido;
  • ajuda a acompanhar novidades e inovações dos fornecedores;
  • otimiza o processo de fornecimento, já que o relacionamento eleva compras com mais facilidade;
  • fortalece a gestão da cadeia de suprimentos;
  • propicia negociações de preços mais em conta.

Percebeu a relevância de uma base ativa de fornecedores no seu sistema? Saiba que isso pode ser feito com a ajuda da Linkana. Nosso sistema simplifica o processo não somente no saneamento da base de fornecedores, como também automatiza o monitoramento contínuo por meio de alertas. 

Com isso, diminui os riscos de controle dos fornecedores, como cumpre todos os requisitos de auditorias existentes. 

Supplier Open Profile: por que utilizá-lo?

A rede de Perfis Certificados da Linkana é o instrumento mais apropriado para resolver a ineficiência de utilizar e-mails, planilhas e portais internos. Essa ferramenta controla os sistemas de gestão em uma única fonte 100% integrada.

Entre as principais vantagens, a novidade digital tanto otimiza a experiência dos fornecedores, como possibilita que compradores sobrecarregados se foquem em ações estratégicas alinhadas às exigências do futuro do procurement.

O Supplier Open Profile abre esse leque de vantagens, pois é um conceito único e inovador que moderniza o sistema de fornecedores no Brasil, fazendo com que os próprios parceiros tenham o controle da sua própria carteira digital. Além do mais, torna o nosso País mais qualificado para transações nacionais e internacionais.

Por fim, a plataforma da Linkana realiza processos de onboarding mais eficientes, que demandem informações específicas e aprovações exigidas pela corporação, já que grande parte dos dados compartilháveis sempre estará disponível automaticamente.

Sobre a Linkana

A Linkana é o primeiro e maior software de gestão de fornecedores em rede. Nossa base de dados de perfis compartilhados permite que compradores analisem fornecedores ativos e novos em alguns cliques. 

Com isso, criamos e geramos valor com insights de informações comerciais, de risco, qualidade e diversidade, utilizados em processos de cadastro, onboarding, sourcing e análise de spend.

Somos o #SRMDoFuturo, feito para o #CompradorDoFuturo

Leo Cavalcanti

Leo Cavalcanti

Advogado, especialista em Planejamento Tributário e Finanças, soma mais de 05 anos de experiência com rotinas de auditoria empresarial e tributária, além de conhecimento em controladoria e práticas de departamento jurídico corporativo. Atualmente é CEO e um dos co-fundadores da Linkana.

Ebook

Diversidade de Fornecedores

Tenha acesso a um guia completo de como estruturar o seu programa de diversidade de fornecedores. Veja erros, acertos, cases de sucesso e boas práticas do mercado!

logo linkana

Podcast

Procurement Hero

Líderes e referências do mercado de procurement batem um papo sobre tecnologia, dados e tendências.

Teste
Descubra se você é um comprador do futuro!

Tenha acesso a um guia completo de como estruturar o seu programa de diversidade de fornecedores.Veja erros, acertos, cases de sucesso e boas práticas do mercado!

logo linkana

Ferramenta

Consulta de CNPJ

Encontre o CNPJ e mais 10 outros dados de fornecedores em segundos.

logo linkana

Ebook

Gestão de Fornecedores

Descubra como fazer um gestão de fornecedores inteligente e guiada por dados na sua empresa!