Ruídos de comunicação: 3 maneiras de evitá-los

Um dos grandes problemas das organizações são os ruídos na comunicação, uma vez que eles podem afetar bastante a produtividade das equipes e, assim, prejudicar as relações com os parceiros. 

Isso porque esse tipo de interferência no relacionamento entre as partes envolvidas tende a diminuir as vendas, criar metas confusas e resultados aquém do esperado.

De acordo com uma pesquisa da Harvard Business Review, 57% dos colaboradores dizem que não recebem orientações claras sobre suas funções. Enquanto 69% dos gerentes afirmam que não se sentem confortáveis em repartir informações com suas equipes.

Diante disso, não há dúvidas de que uma comunicação mais transparente é a solução ideal para evitar problemas de ruídos.

Mas como reverter esse quadro?

Se o seu negócio está passando por problemas de relacionamento com fornecedores em função de ruídos de comunicação, por exemplo, podemos ajudá-lo a achar o melhor caminho. 

Ao longo deste artigo vamos explicar o que são ruídos nas organizações, mostrar os tipos e saber como evitá-los. Continue com a gente e boa leitura!

O que são ruídos na comunicação?

Ruídos na comunicação são perturbações e interferências que dificultam a entrega de uma mensagem clara ao destinatário, impedindo que a empresa tenha seus objetivos alcançados.

Os ruídos podem ser percebidos de três formas:

  • no caso em que o portador da mensagem utiliza palavras desconhecidas ou complicadas com outras pessoas sem perceber que elas não estão sendo compreendidas;
  • quando o portador mostra suas ideias de forma confusa, sem fundamentos ou incompletas, prejudicando o entendimento do outro lado;
  • quando o tom de voz exagerado ou revoltado, e atitudes gestuais também podem criar o bloqueio criativo que impede a absorção das mensagens.

5 tipos de ruídos na comunicação

Diversos fatores contribuem para os ruídos na comunicação que, por sinal, podem ser avaliados sob diferentes perspectivas.

Com isso, listamos os principais tipos de ruídos na comunicação:

  • Estrutura física: aqui são representados objetivos que podem dificultar a comunicação entre as pessoas, como equipamentos disfuncionais, móveis barulhentos e música alta, por exemplo;
  • Fatores psicológicos: este tipo está ligado às questões emocionais, comprometendo o desempenho de cada colaborador. Para reduzir esse problema, é interessante fazer uma avaliação usando a gestão de pessoas como foco e trabalhar a saúde mental e inteligência emocional de todos;
  • Desvios técnicos: aqui o problema surge por conta do canal de comunicação ou da técnica de transmissão de informação;
  • Dificuldades linguísticas: neste caso o obstáculo de se comunicar é o ponto focal, seja de forma verbal ou escrita;
  • Impactos fisiológicos: as condições dos colaboradores impedem a absorção das informações. As doenças fazem parte dos exemplos de ruídos na comunicação.

 

Como os ruídos de comunicação com fornecedores impactam a parceria?

É normal o cliente priorizar a homologação de fornecedores e a manutenção de cadastro. O grande problema é que o cliente evita acompanhar, monitorar e retroagir com uma nova base de fornecedores ativos.

Essa interação fria se deve a diversos fatores, como as reclamações e os ruídos de comunicação com fornecedores, que se sentem obrigados a passar novamente por um processo de atualização de dados.

Se esse contato fosse claro desde o processo de negociação com os fornecedores, a transação do trabalho seria mais fácil, evitando dúvidas sobre a conduta dos parceiros.

Isso mostra que se a empresa monitora somente os novos fornecedores durante o processo de onboarding e ignora os antigos, provavelmente essa atitude será compreendida como uma aplicação parcial.

De modo geral, os ruídos na comunicação interferem no dia a dia das empresas do seguinte modo:

  • dificuldade na gestão dos fornecedores;
  • insatisfação dos clientes;
  • redução da produtividade das equipes;
  • treinamentos incompletos e inadequados;
  • distorção nas mensagens;
  • aumento do risco de acidentes

Por isso, buscar formas para evitar os ruídos na comunicação, entregando mensagens transparentes e diretas, irão melhorar o desempenho de toda a empresa.

Como evitar os ruídos na comunicação?

1. Conheça os problemas dos dispositivos de comunicação

Certifique-se de que os principais dispositivos de transmissão de informação estejam em pleno funcionamento. E-mails, computadores, celulares, telefones, plataformas informatizadas e murais são recursos utilizados pelas companhias.

2. Invista em pesquisas internas

Faça uma pesquisa interna para diagnosticar os problemas de transmissão de informação. Somente o fato de ouvir os seus colaboradores e os fornecedores poderá trazer boas ideias para mudar atitudes consideradas inviáveis dentro da organização.

3. Analise indicadores de desempenho

Contar com uma plataforma que gere informações sobre a gestão de fornecedores pode diminuir os ruídos. Esse tipo de recurso é automatizado, contribuindo para um processo de apuração mais detalhada que aponte os erros e corrija-os antes da crise.

eBook
Gestão de Fornecedores

Aprenda como fazer uma gestão de fornecedores inteligente e guiada por dados na sua empresa.

Como a Linkana pode ajudar a diminuir os ruídos de comunicação com seus fornecedores? 

Como vimos ao longo deste artigo, os ruídos na comunicação podem trazer agravantes para dentro de uma organização, e, em muitas ocasiões, eles acontecem por displicência da gestão.

Em relação à rede de fornecedores, quando um cliente opta por tratar sua base ativa de parceiros como um todo e não somente dos mais novos, os riscos de ruídos de comunicação tendem a diminuir.  

Mas como fazer isso? Para um resultado mais assertivo, a Linkana pode contribuir nessa empreitada.

A plataforma tem em sua feature de subida de backlog de base ativa um meio que ajuda o cliente a limpar e sanear a base antes de trazê-la para a Linkana. 

Esse recurso permite a combinação do seu processo de análise de risco com todo o processo de gestão da informação de dados e documentos de fornecedores, com a criação de categorias de fornecimento, perfis de risco, checklists de onboarding, workflows de aprovação, dentre outras funcionalidades.

Tenha na Linkana uma plataforma favorável para evitar ruídos de comunicação e construir uma estratégia de gestão de fornecedores muito mais qualificada.

Leo Cavalcanti

Leo Cavalcanti

Advogado, especialista em Planejamento Tributário e Finanças, soma mais de 05 anos de experiência com rotinas de auditoria empresarial e tributária, além de conhecimento em controladoria e práticas de departamento jurídico corporativo. Atualmente é CEO e um dos co-fundadores da Linkana.
logo linkana

Ferramenta

Consulta de CNPJ

Encontre o CNPJ e mais 10 outros dados de fornecedores em segundos.

logo linkana

Podcast

Procurement Hero

Líderes e referências do mercado de procurement batem um papo sobre tecnologia, dados e tendências.

logo linkana

Ebook

Gestão de Fornecedores

Descubra como fazer um gestão de fornecedores inteligente e guiada por dados na sua empresa!