Resources

ESG

ESG

ESG

Moody's ESG: como funciona e por que fazer esse tipo de consulta?

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

September 6, 2023

September 6, 2023

September 6, 2023

A Moody's ESG é uma ferramenta que mensura e aponta riscos relacionados aos pilares ESG (ambiental, social e de governança) de um negócio. Essa solução é oferecida pela Moody's, companhia internacional especializada em avaliação de risco de crédito.

O principal foco dessa agência é avaliar e classificar ameaças relacionadas a produtos financeiros de diferentes países, empresas e governos, considerando os potenciais perigos apresentados por cada uma dessas instituições, a fim de contribuir para tomadas de decisão.

Em outras palavras, a análise dessa empresa ajuda a verificar a saúde financeira de negócios de variados segmentos, por meio da verificação de nível de endividamento, histórico financeiro e outros ratings ESG.

Na gestão de fornecedores, um processo desse tipo é primordial para evitar problemas legais, jurídicos, financeiros, de abastecimento e afins.

Mas além da Moody's ESG, qual outra ferramenta você pode usar para mitigar riscos socioambientais e de governança que podem ser gerados pelos fornecedores da sua supply chain? Siga a leitura deste artigo para ter essa resposta e entender um pouco mais sobre essa agência.

Quem é a Moody's?

A Moody's é uma agência tradicional de crédito que oferece levantamentos e análises que ajudam os gestores a tomar decisões mais precisas e embasadas. Com foco na avaliação de riscos financeiros, essa agência foi fundada em 1900 e, hoje, tem atuação global, oferecendo seus serviços para mais de 40 países.

Por meio de dados e soluções analíticas, a Moody's gera insights que favorecem não apenas a mensuração de riscos, mas também a identificação de boas oportunidades de negócio.

O que é o Moody's ESG?

O Moody's ESG é o recurso de análise dessa empresa que levanta e mensura ameaças relacionadas a questões ambientais, sociais e de governança e quanto elas afetam as classificações de crédito das companhias.

Os resultados apontados pelo Moody's ESG podem ser usados como base em deliberações voltadas para empréstimos, investimentos, estruturação de crédito sustentável, formação e aprimoramento da gestão da cadeia de suprimentos.

Nessa última aplicação, a avaliação de riscos ESG de fornecedores contribui para:

  • monitorar a atuação de empresas fornecedoras já contratadas;

  • mensurar potenciais ameaças gerar por fornecedores que pretender trazer para a rede de abastecimento;

  • verificar os objetivos de sustentabilidade corporativa da empresa fornecedora;

  • comprovar se o fornecedor está em compliance com os requisitos regulatórios voltados para o atendimento desses pilares.

Aproveite e leia também este artigo: "ESG de fornecedores: quais impactos causam na sua supply chain?


Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.


Como funciona o rating ESG da Moody's?

O rating ESG da Moody's funciona a partir de níveis de riscos financeiros, indo do menor para o maior. A divisão é feita em escala de rating global de longo prazo e escala de rating global de curto prazo. Veja:

  • escala de rating global de longo prazo:

  • Aaa: obrigações da mais alta qualidade e com baixo risco de crédito;

  • Aa: obrigações de alta qualidade e com risco de crédito muito baixo;

  • A: obrigações de grau superior médio e com baixo risco de crédito;

  • Baa: obrigações de médio grau de qualidade e com risco de crédito moderado;

  • Ba: obrigações consideradas especulativas e com risco de crédito substancial;

  • B: obrigações consideradas especulativas e com risco de crédito elevado;

  • Caa: obrigações consideradas especulativas com baixo posicionamento e com risco de crédito muito elevado;

  • Ca: obrigações consideradas altamente especulativas, próximas de default e com alguma perspectiva de recuperação;

  • C: obrigações consideradas de baixa classificação, comumente em default e com poucas perspectivas de recuperação.

  •  escala de rating global de curto prazo:

  • P-1: emissores ou instituições de suporte com capacidade considerada de nível superior para cumprir obrigações em curto prazo;

  • P-2: emissores ou instituições de suporte com capacidade considerada de alta para cumprir obrigações em curto prazo;

  • P-3: emissores ou instituições de suporte com capacidade considerada de aceitável para cumprir obrigações em curto prazo;

  • NP: emissores ou instituições de suporte que não se encaixam nos requisitos necessários.



Como consultar ratings ESG de fornecedores?

Apesar de o Moody's ESG ser bastante interessante e útil para análises de riscos, o foco dessa solução é a verificação da parte financeira da empresa. 

Com isso, outras questões de governança deixam de ser verificadas, a exemplo da compliance com leis e normas trabalhistas, e o atendimento de outras legislações específicas de cada setor econômico. 

Outra desvantagem é que os pilares ambiental e social do conceito ESG deixam de ser devidamente explorados e verificados. Além disso, a ferramenta não é específica para a realização de gestão de fornecedores. 

Por isso, o ideal é consultar o rating ESG por meio de um software que ofereça esse recurso, mas também outras funcionalidades que colaboram com o aprimoramento do gerenciamento da cadeia de suprimentos da sua empresa.

O sistema da Linkana, por exemplo, conta com essa e várias outras funções.

Como a Linkana ajuda a consultar ratings ESG de fornecedores?

A Linkana é a primeira fundação de dados de fornecedores compartilhada do Brasil. Nossa base de dados de perfis universais de fornecedores possibilita que compradores busquem, analisem e homologuem fornecedores em alguns cliques. 

Com isso, aceleramos radicalmente os processos de onboarding, análise e monitoramento de fornecedores, permitindo o uso de dados e insights compartilhados entre as maiores corporações do nosso país.

Entre as funcionalidades oferecidas está o Linkana ESG Rating, ferramenta que analisa riscos relacionados a questões socioambientais e de governança.

Considerando dados dos próprios fornecedores, o Linkana ESG Rating atribui pontuações e mensura automaticamente os riscos ESG, embasando suas tomadas de decisão.

Assista a este vídeo com Leo Cavalcanti, CEO e cofundador da Linkana, e confira mais detalhes sobre o funcionamento dessa solução.

https://www.youtube.com/watch?v=T1DmQi-JmKQ&t=1s

Quer ter essa e outras funcionalidades da Linkana na sua empresa? Então, preencha agora mesmo o formulário abaixo!


Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market