Resources

Compras

Compras

Compras

Como montar um time de procurement e gerar melhores resultados?

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

September 12, 2022

September 12, 2022

September 12, 2022

A aquisição de produtos e serviços é a engrenagem de uma empresa. Somente por essa razão, a área de Compras precisa saber montar um time de procurement eficiente, estratégico e, acima de tudo, confiável para garantir a execução e a entrega do produto ao consumidor final. 

O departamento de compras, por sinal, deve ser ágil para lidar com as demandas e com prováveis insatisfações do consumidor. Afinal, é um desafio entregar o serviço com velocidade e ao mesmo tempo ter o compromisso de atender à legislação.

Mas, de fato, o que se deve buscar em profissionais de procurement? Quais são os requisitos e características para ser um funcionário ou líder de compras?

Neste material você vai saber o que é preciso para montar um time de procurement organizado, ou seja, um verdadeiro exemplo para o seu negócio. 

Quer saber como as mulheres se destacam na área de procurement? Ouça agora o nosso podcast. Imperdível!

https://open.spotify.com/episode/0uDx8NOSKgbtWADL2PGaKv?si=55e9ff6e20d14202

7 habilidades de um profissional de procurement

1. Pensar em gerenciamento sustentável 

Hoje os profissionais de procurement estão de olho em criar uma cadeia de suprimentos sustentável, não focada somente no gerenciamento de custos e prazos, como era de praxe.

O uso e a reutilização de produtos se tornaram palavras poderosas para quem trabalha neste meio, uma vez que elas representam não somente a economia dos custos, como também, o benefício comercial e reputacional da empresa.

Essa economia mais circular possibilita um crescimento da corporação e traz um padrão sustentável de compras para as novas gerações. Fornecimento de ovos de galinha livre ou ações “plastic free”, por exemplo, são termos populares no ramo da sustentabilidade. 

2. Aperfeiçoar o relacionamento com fornecedores 

Os profissionais de compras estão empenhados em fortalecer suas relações com fornecedores, pois eles perceberam que essa integração é fundamental para o fluxo da cadeia de suprimentos. Nesse sentido, é importante que os gestores vejam os fornecedores como parceiros de negócios.

Além do mais, bons relacionamentos com fornecedores aumentam as chances de firmar contratos poderosos e, por outro lado, diminuir os riscos da cadeia de suprimentos.

3. Saber gerenciar riscos 

O objetivo de minimizar riscos deve se espalhar por toda a organização, com aplicação da governança para garantir a integração total dos departamentos e a realização de uma produção eficiente.

A LGPD, Lei Geral de Proteção de Dados, por exemplo, é uma norma que mantém os bons hábitos em uma organização. Ela se tornou fundamental por exigir a revisão de contratos, e, assim, evitar problemas na transação de produtos. 

4. Ter ciência sobre a tecnologia 

As inovações tecnológicas fazem parte do estudo de um bom profissional de procurement. O comprador não precisa ser formado em engenharia ou design, mas conhecer basicamente os softwares e ferramentas que otimizam processos.

Essa iniciativa é importante porque os clientes sempre buscam saber quais são os melhores produtos do mercado.

5. Participar do mercado global 

Como as negociações fora do Brasil são recorrentes e podem tornar a sua empresa mais relevante internacionalmente, vale a pena contratar profissionais que participem do mercado global e conheçam o funcionamento do mercado fora do território brasileiro. Lembre-se de que a economia digital incentiva o crescimento das empresas ao redor do mundo.

6. Entender sobre finanças 

Ao montar um time de procurement, é fundamental que os profissionais envolvidos dominem os princípios financeiros da empresa onde trabalham.

Importação financeira, benefícios fiscais, ganho de oportunidade e leasing operacional são habilidades que o ajudarão a realizar negociações sólidas com diferentes tipos de empresas.

7. Analisar indicadores de desempenho (KPIS)

Os KPIs indicam o nível de desempenho de uma companhia. Portanto, uma equipe de procurement que tenha noções sobre ticket médio, Saving e Churn já está um passo à frente da concorrência.

Não é preciso  ter um conhecimento aprofundado sobre os KPIs, mas compreender como funcionam os mais utilizados pela sua empresa e de outras áreas cria empatia e oportunidades de melhoria.


Leia também: Procurement: o que é + 10 etapas de sucesso


Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.

Como criar um time de procurement de alta eficiência?

No esforço para entregar o produto ou serviço com velocidade, o time de procurement geralmente se preocupa em resolver o sintoma do que a causa do problema. Como assim?

Imagine que um cliente ligue para sua empresa reclamando com o setor de compras sobre o atraso de um mês da entrega de um produto o qual ele necessita para realizar seu serviço.  

Ele está correto em reclamar, não é verdade? Pois se o material não foi entregue dentro do prazo, a empresa é responsável pelo erro, portanto, deve se redimir.

Nesse caso, o gestor de compras deve pensar em duas possibilidades:

  • Basear-se no sintoma: cobrar mais agilidade da equipe de procurement;

  • Basear-se na causa: fazer a equipe de procurement investigar o problema. Talvez seja o momento de saber se o fornecedor costuma entregar os materiais no prazo,  quanto tempo o setor de projetos demora para aprovar as compras e quando os itens são encaminhados para o setor de aquisição.


Percebeu que existe uma diferença entre resolver um problema baseado na causa e outro no sintoma?

O tratamento a partir do sintoma é mais superficial, enquanto solucionar pelo ponto de vista da causa traz uma investigação mais lenta e até desgastante, no entanto, com informações mais relevantes.

Pois bem, chegamos ao ponto de entender que, ao montar um time de procurement, é importante considerar que sua equipe esteja preparada para enfrentar situações diversas e utilizar recursos para resolvê-los.

Sendo assim, para ter uma equipe de alta eficiência, cada profissional deve construir análises enriquecedoras de:

  • tempo de execução de um processo de compras;

  • quantidade de compras por categoria;

  • volume de recursos comprados por gestor;

  • porcentagem de compras em cada período do projeto


Isso implica aumento de produtividade e a velocidade no processo de compras, o que comprova que se espera de uma empresa contar com profissionais altamente capazes de buscar dados suficientes para resolver os problemas. Pense nisso!


Ferramentas inteligentes para o time de procurement 

Seguindo as dicas de como montar um time de procurement, sua empresa estará capacitada para tomar decisões firmes, além de cuidar da matéria-prima e da saída de produtos.

Para facilitar esse processo, é relevante contar com ferramentas inteligentes para otimizar a execução de tarefas.

Com a Linkana, todo o processo de cadastro, Compliance, análise de riscos e ESG é automatizado por meio de tecnologias como RPA (Automação Robótica de Processos) e Machine Learning, que realiza consultas públicas e emissão de certidões corporativas e realiza uma análise inteligente das informações e documentos privados compartilhados.

Essas funcionalidades ajudarão você e sua equipe de procurement a fazer um processo de compras muito mais prático.

Entre em contato conosco para saber como funciona!

Sobre a Linkana

A Linkana é o primeiro e maior software de gestão de fornecedores em rede. Nossa base de dados de perfis compartilhados permite que compradores analisem fornecedores ativos e novos em alguns cliques. Com isso, criamos e geramos valor com insights de informações comerciais, de risco, qualidade e diversidade, utilizados em processos de cadastro, onboarding, sourcing e análise de spend.

Somos o #SRMDoFuturo, feito para o #CompradorDoFuturo.


Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market