Resources

Gestão de Dados

Gestão de Dados

Gestão de Dados

Compartilhamento de dados: como ajuda na gestão de fornecedores?

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

May 16, 2023

May 16, 2023

May 16, 2023

O compartilhamento de dados é um processo no qual os mesmos dados são disponibilizados entre diferentes fontes, as quais podem ser usuários de um sistema em comum, empresas diversas, softwares distintos, entre outras.

Um bom exemplo de compartilhamento desse tipo é o conceito Open Finance, sistema financeiro aberto criado pelo Banco Central que permite a disponibilização e o acesso a dados e históricos bancários, entre instituições financeiras diferentes, mediante prévia autorização do titular.

A ideia é dar mais visibilidade de informações a bancos, fintechs e demais empresas do mercado financeiro, a fim de fomentar a concorrência e, com isso, melhorar a experiência do usuário bancário.

Como você já deve estar imaginando, compartilhar dados traz benefícios tanto para os negócios quanto para os clientes. Contudo, ficam os questionamentos: de que maneira isso se aplica na gestão de fornecedores? Quais os benefícios da divisão de informações sobre empresas fornecedoras?

Neste artigo, daremos essas respostas e também falaremos qual ferramenta pode ser usada para essa finalidade. Siga a leitura e confira tudo agora mesmo!

O que é compartilhamento de dados?

Compartilhamento de dados é um processo no qual há a partilha de dados entre agentes distintos, pertencentes ou não a um mesmo ecossistema.

Por exemplo, ele pode acontecer entre setores de uma mesma empresa, suas filiais, ou entre companhias distintas com algum objetivo em comum.

Entretanto, para que essa dinâmica aconteça, é preciso que sejam incluídas e integradas diferentes tecnologias e estruturas legais, a fim de que esse processo seja o mais seguro possível e que não haja comprometimento da integridade dos dados durante o compartilhamento.

Para que serve o compartilhamento de dados? 

O compartilhamento de dados serve para melhorar a eficiência, a produtividade e o dia a dia de uma empresa. 

Por exemplo, esse processo pode ser usado para acesso e aquisição mais rápido de diferentes informações, condição que ajuda a tomar decisões em menos tempo.

A coparticipação em dados também pode ajudar a conhecer melhor o comportamento do mercado e dos clientes, enxergar tendências, e diversos outros aspectos que podem ser usados em favor do crescimento da companhia.

Somado a todos esses pontos, também pode contribuir para diminuir gastos operacionais e para tornar os times mais produtivos, visto que não precisarão buscar informações do zero para realizar suas atividades.

Trazendo isso para a gestão de fornecedores, podemos citar como exemplo o compartilhamento de dados de empresas fornecedoras, com a solução oferecida pela Linkana.

No caso, os perfis dos fornecedores são compartilhados entre todos os usuários do nosso sistema. Por já estarem devidamente preenchidos e validados, geram a redução do tempo necessário para a identificação de empresas fornecedoras qualificadas para atender o seu negócio.

Qual a relação entre compartilhamento de dados e LGPD?

Não existe uma lei específica sobre compartilhamento de dados. Todavia, o tema é tratado na LGPD, Lei Geral de Proteção de Dados — Lei n° 13.709 de 14 de agosto de 2018.

O inciso XVI do artigo 5° dita a definição do que são considerados dados pessoais, dados pessoais sensíveis, dados anonimizados, entre outras designações, bem como deixa clara a permissão de uso compartilhado de dados, por agentes públicos ou privados, para fins de:


  • comunicação;


  • difusão;


  • transferência internacional;


  • interconexão;


  • tratamento.


Vale destacar que a LGPD também deixa clara a necessidade de consentimento do titular dos dados para que esses possam ser acessados e usados, bem como as penalidades previstas em caso de descumprimento dessa ou de outras diretrizes.

Em suma, ao compartilhar dados, é fundamental que todos os envolvidos nesse processo atendam fielmente às bases legais da Lei Geral de Proteção de Dados

Do contrário, estarão passíveis do pagamento de multas — em torno de 2% do faturamento da empresa ou um montante máximo de R$ 50 milhões por infração — e até mesmo de terem suas atividades relacionadas ao tratamento de dados parcial ou totalmente proibidas.

Dica! Sobre esse tema, leia também o artigo: "LGPD de fornecedores: 4 maneiras de reduzir os riscos na sua empresa"

Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.

6 vantagens do compartilhamento de dados de fornecedores  

Logo no início deste artigo, deixamos um questionamento de quais seriam os benefícios de compartilhar informações sobre empresas fornecedoras, se lembra? 

Tendo como base o Perfil Universal do Fornecedor — ferramenta de perfis de fornecedores compartilhados da Linkana, na qual dados e documentos de empresas fornecedoras são reaproveitados em rede, por meio da partilha de informações atualizadas entre múltiplos compradores — as principais vantagens que podem ser obtidas são:


  • diminuição do tempo gasto para identificar fornecedores qualificados e aptos para compor a rede de abastecimento da sua empresa;


  • aprimoramento da gestão de riscos, que se torna uma tarefa mais otimizada, precisa, dinâmica e confiável;


  • aumento da produtividade dos profissionais de compras e procurement, que realizam buscas por fornecedores de forma muito mais rápida;


  • redução dos pontos de atrito que comumente surgem durante o início do relacionamento com os fornecedores, a exemplo dos decorrentes da solicitação de diferentes cadastros;


  • redução do tempo empregado no processo de onboarding de fornecedores, graças aos dados dos fornecedores já estarem preenchidos por eles ou por outra empresa;


  • geração de diversos insights e melhora do embasamento nas tomadas de decisão, por conta do reaproveitamento de dados e informações gerados por outras companhias.


Como a Linkana ajuda esse processo?

A Linkana pode te ajudar porque é a primeira fundação de dados de fornecedores compartilhada do Brasil. Nossa base de dados de perfis universais de fornecedores permite que compradores busquem, analisem e homologuem fornecedores em alguns cliques. 

Já são mais de mais de 90 mil perfis de fornecedores ativos e mais 1,5 milhão de informações coletadas e validadas, com insights comerciais, de risco, cadastro, qualidade e diversidade em nossa base!

Além disso, outros diferenciais da Linkana são:


  • MELHORES INSIGHTS → Nossos scores, ratings e certificações proprietários são construídos e compartilhados com a inteligência das maiores corporações do Brasil, garantindo aderência às melhores práticas e exigências de mercado.


  • PLUG N' PLAY →  Conecte seu sistema legado, ERP ou e-procurement com nossa fundação de dados de fornecedores, tornando-a sua fonte única de verdade, dinâmica e 100% integrada em questão de minutos.


Quer levar tudo isso, e muito mais, para sua empresa? Então preencha agora mesmo o formulário abaixo!

Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market