Resources

ESG

ESG

ESG

Auditoria de sustentabilidade de fornecedores: por que realizar?

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

December 20, 2023

December 20, 2023

December 20, 2023

A auditoria de sustentabilidade é um processo de análise minucioso que tem por objetivo verificar as práticas adotadas por uma empresa no que se refere aos pilares ESG. Isso inclui seu desempenho e transparência, bem como a consistência na execução das ações implementadas para esse conceito.

No que se refere à formação de uma cadeia de suprimentos segura e confiável, a ideia por trás dessa auditoria é garantir que os fornecedores não gerem para a sua empresa riscos socioambientais e de governança.

Como essa verificação pode ser feita em diferentes momentos ao longo da vigência do contrato, caso esse parceiro tenha deixado de realizar as atividades sustentáveis que informou no início da parceria, você descobrirá.

Em resumo, a auditoria de sustentabilidade de fornecedores é mais uma forma de proteger o seu negócio de diversos riscos. Que tal descobrir como realizá-la? Basta seguir a leitura deste artigo!

O que é auditoria de sustentabilidade?

A auditoria de sustentabilidade, também chamada de auditoria ESG, é uma verificação aprofundada e detalhada das atividades de uma empresa no que se refere a questões ambientais, sociais e de governança. A ideia é levantar e analisar como está a atuação do negócio frente a esses pilares.

Gestores que não abrem mão de trabalhar com fornecedores sustentáveis — que são aqueles que baseiam as atividades em pilares socioambientais — têm nesse tipo de auditoria a chance de acompanhar como está o desempenho de seus parceiros.

A ideia, no entanto, não se limita a ter acesso a relatórios e resultados, mas, principalmente, confirmar a consistência das práticas ESG adotadas pela empresa fornecedora.

Isso é importante porque, durante a validade do contrato de abastecimento, muita coisa pode acontecer. Pelos mais variados motivos, a forma de trabalhar da empresa fornecedora pode mudar e, dependendo do que é modificado, quem contrata nem toma conhecimento.

A auditoria de fornecedor é uma maneira de confirmar se o que foi dito no início desse relacionamento comercial continua sendo realizado. Nesse caso, o foco está nas boas práticas ESG.

Dica de leitura: "Comitê de auditoria: o que é, como funciona e como implantar"

Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.

Qual a importância da auditoria de sustentabilidade de fornecedores?

A auditoria de sustentabilidade de fornecedores é importante porque protege sua empresa de diversos riscos relacionados a esses pilares. Com isso, você consegue garantir a boa imagem da sua marca, o relacionamento com outros stakeholders e, consequentemente, seu crescimento comercial e faturamento.

Quando falamos sobre riscos ESG de fornecedores, esse tipo de auditoria ajuda a verificar, por exemplo, se as certidões ambientais ainda estão na validade. Caso não estejam, o fornecedor pode sofrer multas e outras penalidades aplicadas pelos órgãos fiscalizadores.

Dependendo da infração cometida, pode haver interrupção nas atividades da empresa. Com isso, todos os contratantes deixam de receber abastecimento. Se o seu negócio o mantiver na cadeia de suprimentos, também sentirá esse impacto.

É justamente por motivos como esses que as práticas ESG não devem ser verificadas apenas na primeira avaliação de fornecedores, mas também em outros momentos dessa parceria. E, como dissemos, a auditoria é uma ótima maneira de realizar essa análise.

Leia também: "Como fazer checklist de auditoria de fornecedores? Para que serve?"

Como fazer auditoria de sustentabilidade em fornecedores? 

Para realizar uma boa auditoria ESG nos fornecedores da sua empresa, o mais indicado é:

  1. definir o objetivo da auditoria;

  2. realizar a coleta de dados;

  3. analisar os dados e informações levantados;

  4. gerar relatório de análise.

1. Definir o objetivo da auditoria

Comece decidindo quais áreas dentro do conceito ESG serão examinadas. Por exemplo, gestão ambiental, risco social, governança corporativa, entre outros.

2. Realizar a coleta de dados

Após, realize a coleta das informações relacionadas às áreas escolhidas, as quais podem ser certidões ambientais, relatórios de sustentabilidade, como Relatório de Brundtland e o CSRD, Corporate Sustainability Reporting Directive.

3. Analisar os dados e informações levantados

O terceiro passo consiste em analisar tudo o que foi levantado anteriormente. Uma boa maneira de fazer isso é utilizando indicadores ESG, que darão os parâmetros necessários para você constatar se o fornecedor está dentro dos padrões esperados, ou não.

Também não deixe de considerar os valores e critérios socioambientais e de governança da sua empresa, como forma de conferir se esse parceiro comercial continua compatível com o que você acredita e preza. 

4. Gerar relatório de análise

Por fim, gere um relatório da sua análise, que pode ser dividido com os profissionais da área de compras e procurement, com a alta direção da empresa, e até mesmo com os fornecedores analisados.

Como o sistema da Linkana ajuda na auditoria ESG?

A Linkana é o SRM do futuro. Economize tempo na homologação de fornecedores utilizando nosso ESG Rating automático e integrando aprovações de maneira simples e rápida.

Portais e sistemas legados de fornecedores tornam as suas decisões em compras ineficientes e inseguras. Substitua cadastros e dados obsoletos e conheça a solução moderna de SRM que está definindo o novo padrão de qualidade para softwares de Procurement.

Entenda melhor como essa solução funciona! Preencha agora mesmo o formulário abaixo e converse com um de nossos especialistas!

Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market