Linkana é escolhida para ranking 100 startups to watch

A Linkana, plataforma que mitiga riscos e diminui custos com um software de automação dos processos de gestão de fornecedores, foi anunciada como uma das 100 startups to watch. A lista é organizada no Brasil pela revista “Pequenas Empresas & Grandes Negócios”.

A Linkana se destacou entre as mais de 2.000 inscrições por fazer parte de um ecossistema brasileiro de inovação. De acordo com o Inside Venture Capital Report, produzido pelo Distrito Dataminer, apenas entre janeiro e maio deste ano foram US$ 3,2 bilhões em aportes captados – 90% do que foi investido em todo 2020. 

Na quarta edição desse ranking foram 200 finalistas que passaram por uma análise criteriosa de 27 consultores, investidores e representantes de comunidades de startups. “O momento de crise pede agilidade, flexibilidade e inovação. E esse é o modelo mental seguido por todas as startups”, diz Felipe Matos, presidente da Associação Brasileira de Startups (ABStartups). 

A Linkana se encaixa nesse contexto, já que durante a pandemia ela cresceu em 700% seu faturamento – sendo que a maioria dos novos clientes vieram de indicações de clientes atuais.

De acordo com Leo Cavalcanti, CEO da Linkana, a auto-sustentabilidade do crescimento é um dos motivos pelos quais a plataforma conquistou seu espaço no ranking. 

“Nós crescemos mantendo nosso time o mais enxuto possível e sem uma nova rodada de investimento. O ranking nos dá ainda mais energia para continuarmos crescendo neste mesmo ritmo, agregando cada vez novas propostas de valor e continuando encantando nossos clientes com nossa solução, time e atendimento ao cliente”, relata.

Para o CEO, o 100 startups to watch sempre foi uma meta, mas nunca uma linha de chegada. 

“Sempre tivemos ele como referência em excelência e estarmos nele mostra que estamos indo na direção certa com o trabalho que estamos fazendo na Linkana. Ao mesmo tempo, sair nesse ranking só ajuda a aumentar nosso foco não só de fazer jus a aparecer nessa lista como também trabalharmos duro para permanecermos na lista nos anos que seguem, sempre focando em uma entrega de altíssimo nível”.

Quais foram as 100 startups to watch?

Dentro da quarta edição do ranking 100 startups to watch 2021, de muito peso no mundo das startups, existem empresas de diversas áreas de atuação. Confira abaixo as áreas e o número de empresas citadas.

  • Agronegócio: 9 startups selecionadas;
  • Educação: 3 startups selecionadas;
  • Finanças: 14 startups selecionadas;
  • Impacto: 8 startups selecionadas;
  • Marketing e Vendas: 6 startups selecionadas;
  • Recursos Humanos: 9 startups selecionadas;
  • Saúde e bem-estar: 11 startups selecionadas;
  • Serviços: 9 startups selecionadas, incluindo a Linkana;
  • Tecnologia da Informação: 17 startups selecionadas;
  • Transporte e Logística: 14 startups selecionadas.

Outros prêmios e reconhecimentos da Linkana

O 100 startups to watch, por sinal, é mais um importante destaque que a empresa conquistou no mercado desde 2019. Nos últimos 2 anos, a Linkana já conquistou seu espaço no portfólio da aceleradora americana Y Combinator e da Unimed Fesp, conquistou investimentos da Oxigênio e Liga Ventures, além de ser selecionada pelo Google for Startups para programa de residência.

E todas essas conquistas estão atreladas ao trabalho do software da startup, que usa as melhores tecnologias em RPA, automação e Machine Learning para se diferenciar dos concorrentes oferecendo simplicidade e eficiência com um custo reduzido e menor burocracia na homologação e cadastro de novos fornecedores.

Com o uso de robôs para rotinas de consultas e análises públicas de Compliance, os processos de análise e controle de documentos privados são simplificados e integrados. Com eles também é possível monitorar dados, inconsistências e irregularidades nas operações.

Leia também: Linkana: saiba tudo sobre essa solução para a qualificação e homologação de fornecedores

Case de sucesso da Nivea

Uma das empresas que possui uma parceria de sucesso com a Linkana é a Nivea. Antes de utilizar a nossa ferramenta de e-procurement, essa gigante do segmento de cuidados da pele tinha um processo de homologação de fornecedores que levava 15 dias, no qual informações se perdiam ou se tornavam inconsistentes por conta do processo burocrático, o que gerava um retrabalho.

Com o uso da Linkana o processo foi simplificado e houve uma redução de mais de 65% no tempo de homologação dos fornecedores. Além disso, o processo de revisão foi centralizado e agora o único trabalho que o comprador precisa fazer para adicionar um novo fornecedor é através de 1 clique.

Também foi possível otimizar o número de informações coletadas para a tomada de decisão e mitigação de vários riscos com um aumento de 70% na volumetria de informações coletadas automaticamente sobre cada fornecedor.

E a sua empresa, ela se beneficiaria com uma tecnologia prática e simples para desburocratizar e tornar mais eficiente o processo de qualificação e homologação dos seus fornecedores? 

Fonte: https://revistapegn.globo.com/Startups-to-Watch/noticia/2021/06/conheca-100-startups-watch-2021.html

Faça uma demonstração gratuita do software agora mesmo, basta preencher o formulário para agendarmos uma reunião.

Leo Cavalcanti

Leo Cavalcanti

Advogado, especialista em Planejamento Tributário e Finanças, soma mais de 05 anos de experiência com rotinas de auditoria empresarial e tributária, além de conhecimento em controladoria e práticas de departamento jurídico corporativo. Atualmente é CEO e um dos co-fundadores da Linkana.