Linkana é selecionada pelo Google for Startups para programa de residência

A Linkana, software que reduz a burocracia e mitiga riscos em processos de homologação de fornecedores, é uma das dez empresas que foram selecionadas para participar da quinta turma do Programa de Residência do Google for Startups.

48 startups já participaram do programa oferecido pela Gigante das Buscas, que por seis meses oferece “suporte sob medida para startups em estágio de crescimento por meio de acesso único a recursos, especialistas e parceiros globais do Google, além de espaço de trabalho e integração com outros empreendedores e empreendedoras”.

Durante o programa, que se iniciou no dia 28 de abril e pela primeira vez é completamente digital, serão desenvolvidos os principais pilares da startup:

  • Produto
  • Vendas
  • Marketing digital
  • Gestão e Liderança

Além da Linkana, outras nove startups foram selecionadas: ChatClass, Convenia, Creators, Cuidas, Gove, Hrestart, Linker, Vittude e Yubb.

Conheça o Programa de Residência do Google for Startups

Com o objetivo de ajudar no crescimento estratégico e mensurável das startups, o projeto realiza um processo profundo de desenvolvimento de liderança para os fundadores se aprimorarem ainda mais nesses papeis e poderem criar os melhores negócios.

Entre os critérios usados pela multinacional para selecionar os participantes estão a inovação, o desenvolvimento de soluções de alto impacto e a resolução de problemas reais a partir do uso de tecnologia

Desde 2016, quando o Programa de Residência foi lançado pelo Google for Startups, as startups participantes tiveram um crescimento médio de receita de 124% durante o programa.

Outro número que chama a atenção é o crescimento médio do time das startups participantes no período do programa: 41%.

Para conquistar números tão significativos, empresas que conquistaram uma vaga no programa, como a Linkana, usufruíram de benefícios como:

Acesso à rede de Alumni, parceiros e experts do Google for Startups

Mentorias, encontros e workshops com especialistas de áreas como UX design, product management, vendas e marketing.

Apoio da equipe do Google for Startups

A equipe do Google for Startups realiza um acompanhamento único para cada empresa, com foco na implementação e mensuração de OKRs (sistema para definição e rastreamento de objetivos e resultados).

Melhores práticas do Google

Contato direto com os colaboradores da multinacional para poder se inspirar com as melhores práticas desenvolvidas pela empresa, além de ser aconselhado pelos times.

Desenvolvimento de liderança

O Programa de Residência também foca na liderança e gestão de times, com o desenvolvimento de habilidades dos fundadores e gestores de cada uma das startups.

Integração à rede de Alumni

Conexão e networking com todas as startups que já passaram pelos programas do Google for Startups.

Leia também: Compliance para startups: descubra os fatores essenciais para ter sucesso no Brasil

Como o Google vê as startups?

Liderança. Canais de aquisição. Captação de recursos financeiros.

Esses são os três grandes pilares que sustentam o conteúdo da quinta turma do Programa de Residência do Google for Startups de acordo com André Barrence, diretor do Google for Startups.

“Os empreendedores não podem deixar de cortar custos, mas também têm de ver que seus funcionários passam por medos como perder familiares e ficar sem emprego. Ter empatia com essas situações nunca foi tão fundamental”, afirmou em entrevista para Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

Segundo André, o primeiro trabalho é o fortalecimento das startups, especialmente em um momento como este, em que todas as pessoas foram afetadas de alguma maneira pela pandemia causada pelo novo coronavírus

“Os empreendedores não podem deixar de cortar custos, mas também têm de ver que seus funcionários passam por medos como perder familiares e ficar sem emprego. Ter empatia com essas situações nunca foi tão fundamental”.

E grande parte de uma empresa são as pessoas que a gerenciam, portanto o Google vê com extrema importância o(s) dono(s) do negócio. “Você será muito cobrado como líder e precisa estar fortalecido. É como se diz nos aviões: coloque a máscara de oxigênio antes em você mesmo para depois ajudar quem está ao seu lado. Estamos colocando coaches de liderança e especialistas do Google nesta edição para ajudar os emprrendedores a entender o cuidado com eles mesmos e com sua equipe”, explica André.

O segundo pilar é melhoria de performance. Nesse quesito são analisadas a efetividade de cada um dos canais de aquisição, focando em crescimento equilibrado e financeiramente sustentável. 

De acordo com o diretor do Google for Startups, muitas empresas iniciantes já passaram, passam ou passarão por despesas inesperadas, então o caixa deve ser olhado sempre com extrema atenção e cuidado.

“Em terceiro lugar, analisamos a estratégia do negócio para captar recursos financeiros. Os investidores ainda têm capital, mas serão ainda mais criteriosos. As startups que querem captar nos próximos meses precisam estar sólidas, com métricas e produtos robustos. Esse é um dos objetivos do programa”, conclui.

Neste vídeo é possível ver uma participação de André em um webinar sobre como preparar as startups financeiramente para o futuro pós-pandemia:

Quem são as empresas selecionadas pelo Google for Startups?

Linkana

Enquanto os concorrentes se dividem em desenvolver soluções manuais e fragmentadas que atacam a burocracia de rotinas de cadastro de fornecedores, e outros focam em soluções caras e complexas de gestão de riscos, a Linkana se diferencia

Com ela é possível embarcar o Compliance ao Procurement em uma solução simples e eficiente, se utilizando das melhores tecnologias em RPA, automação e Machine Learning para prover uma experiência unificada e completa para todas as áreas e responsáveis envolvidos.

O software reduz a burocracia e mitiga riscos em processos de homologação e cadastro de novos fornecedores, com o uso de robôs para rotinas de consultas e análises públicas de Compliance, simplificando e integrando a análise e controle de documentos privados de suas rotinas de cadastro e qualificação.

Ademais, a Linkana também realiza monitoramento de dados, armazenamento em nuvem e alertas de inconsistências e irregularidades na operação.

ChatClass

Aplicativo de aprendizagem de inglês online utilizando a tecnologia de Inteligência Artificial no WhatsApp.

Convenia

Software para gestão de Recursos Humanos online que automatiza rotinas de RH e Departamento pessoal e controle os dados de funcionários em um único lugar.

Creators

HR tech conecta freelancers a empresas em até 24 horas, utilizando algoritmos para fazer o match.

Cuidas

Startup que leva médicos e enfermeiros até as empresas e colaboradores através de um atendimento descomplicado e personalizado.

Gove

Empresa de impacto social que tem o objetivo de transformar o setor público por tecnologias que simplificam o dia a dia dos gestores permitindo o controle das finanças municipais e a tomada de melhores decisões. 

Hrestart

HR tech focada em transformar a experiência de onboarding de profissionais em uma jornada leve, fluida, encantadora, desburocratizada e totalmente digital.

Linker

Fintech focada na abertura de contas e cartões para PJ 100% digital e gratuito com abertura rápida e sem burocracia, como análise de crédito.

Vittude

Plataforma que conecta os usuários a psicólogos das mais diversas linhas de abordagem terapêutica, unindo tecnologia e saúde mental a seu favor.

Yubb

Buscador de investimentos totalmente gratuito, transparente e imparcial que encontra os melhores investimentos do Brasil sem cobrança de taxas ou qualquer comissão.

Você já conhecia alguma dessas startups? Como vê o futuro do mercado de aceleração e investimento no Brasil? Comente!

Fonte: https://revistapegn.globo.com/Startups/noticia/2020/05/google-escolhe-startups-que-podem-enfrentar-novo-coronavirus-e-alerta-que-momento-e-de-empatia.html

Leo Cavalcanti

Leo Cavalcanti

Advogado, especialista em Planejamento Tributário e Finanças, soma mais de 05 anos de experiência com rotinas de auditoria empresarial e tributária, além de conhecimento em controladoria e práticas de departamento jurídico corporativo. Atualmente é CEO e um dos co-fundadores da Linkana.