Resources

Gestão de Fornecedores

Gestão de Fornecedores

Gestão de Fornecedores

Serasa Fornecedor: por que não deu certo e quais são as alternativas?

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

October 2, 2023

October 2, 2023

October 2, 2023

O Serasa Fornecedor era um portal voltado para compradores e fornecedores, que tinha, por objetivo, disponibilizar informações que contribuíram para as tomadas de decisão, no que se referia à formação de parcerias entre tais agentes.

Em outras palavras, tratava-se de uma ferramenta por meio da qual era possível fazer avaliações de risco e verificar a saúde financeira da empresa fornecedora, entre outros pontos similares que poderiam afetar a dinâmica e o fluxo de abastecimento do negócio contratante.

Estamos nos referindo a essa solução com verbos no tempo passado, porque ela foi descontinuada em 2021. Isso porque, apesar de muito promissora, a ferramenta se deparou com algumas falhas no processo, que levaram o Serasa Experian, entidade idealizadora, a retirá-la do ar.

Considerando que essa solução não pode mais ser usada, qual recurso você e seu time de compras e procurement podem implementar para levantar e avaliar potenciais riscos gerados por fornecedores?

Uma fundação de dados compartilhados de empresas fornecedoras, como a entregue pela Linkana, pode ser a melhor opção do mercado neste momento.

Quer entender melhor como ela funciona? Então, siga a leitura deste artigo. Explicaremos por quais motivos o Serasa Fornecedor não deu certo e como usar a fundação de dados compartilhados em prol da sua avaliação de fornecedores.

O que era o Serasa Fornecedor?

O Serasa Fornecedor era um portal empresarial, voltado especificamente para ajudar compradores e fornecedores a fechar parcerias mais seguras.

O objetivo por trás da solução criada pelo Serasa Experian era disponibilizar acesso a informações que poderiam embasar as tomadas de decisão de contratação de empresas fornecedoras, sendo as principais:

  • mapeamento da saúde financeira do fornecedor;

  • classificação de risco e porte;

  • comparação de indicadores financeiros entre fornecedores do mesmo segmento e região;

  • gestão de portfólio pelos fornecedores, ajudando a elevar a competitividade.

A solução se mostrou tão interessante que, entre 2020 e 2021, o Serasa Fornecedor já contava com, aproximadamente, 17 mil fornecedores cadastrados.

Todavia, como comentamos logo no início deste artigo, algumas falhas na dinâmica da ferramenta levaram à sua suspensão de uso algum tempo depois.

Dica! Aproveite e leia este artigo: "Análise financeira de fornecedores: qual a importância e como fazer?"

Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.

Por que o Serasa Fornecedor não deu certo?

Entre os motivos pelos quais o Serasa Fornecedor não deu certo, os três que mais se destacaram foram:

  • falta de automação e escalabilidade;

  • experiência ruim para o fornecedor;

  • expectativas dos usuários frustradas.

1- Falta de automação e escalabilidade

A ferramenta criada pelo Serasa Experian, com o propósito de melhorar a gestão de fornecedores, não era automatizada. Por isso, acabava gerando mais trabalho para o time de compras e procurement.

Apenas para você ter uma ideia, as análises voltadas para o mapeamento da saúde financeira da empresa fornecedora eram feitas manualmente, o que demorava dias ou até semanas.

Era necessário que analistas ou contadores verificassem cada uma das linhas dos balanços financeiros enviados pelos fornecedores.

Somado a isso, informações importantes, tais como existência ou não de certificações, licenças e históricos de fornecimento não eram padronizadas, nem mesmo validadas automaticamente pela solução.

2- Experiência ruim para o fornecedor

A plataforma em questão era cobrada dos fornecedores, que, basicamente, pagavam ao Serasa Experian para que seus dados fossem monitorados e revelassem seu nível de risco.

Todavia, essa dinâmica não deu muito certo. Tanto que históricos no site Reclame Aqui mostram fornecedores extremamente descontentes, reclamando de questões relacionadas a: 

  • assinatura do serviço;

  • falta de suporte;

  • necessidade constante de trocar a senha de acesso;

  • entre outros.

Considerando a expertise, credibilidade e reputação do Serasa Experian, esse era um problema que os usuários, definitivamente, não esperavam. Entretanto, o fato contribuiu para a solução ser descontinuada.

3- Expectativas dos usuários frustradas

Outro erro cometido foi o Serasa Experian apresentar o portal como um verdadeiro marketing de fornecedores, afirmando que eles estariam em uma espécie de "vitrine", visíveis para compradores de todo o país.

Porém, outros registros no Reclame Aqui comprovaram que, na prática, não era isso que acontecia. Entre as diversas reclamações, as empresas fornecedoras citavam que nunca haviam sido contatadas por potenciais contratantes. 

Essa foi uma prova de que entregar uma ferramenta com foco apenas nos riscos financeiros dos fornecedores não era suficiente para gerar bons negócios para as cadeias de abastecimento.

Quais são as alternativas ao Serasa Fornecedor?

Partindo do que acabamos de comentar, fica claro que, para uma solução realmente ajudar compradores e fornecedores a se encontrarem, ela precisa ser completa, com recursos que vão além do mapeamento financeiro.

Como comentamos logo na abertura deste artigo, uma fundação de dados de fornecedores compartilhada, como a oferecida pela Linkana, é a mais indicada no mercado neste momento.

O que é uma fundação de dados de fornecedores?

A Linkana é a primeira fundação de dados de fornecedores compartilhada do Brasil. Nossa base de dados de perfis universais de fornecedores permite que compradores analisem e homologuem potenciais parceiros comerciais em alguns cliques. 

Com isso, aceleramos radicalmente os processos de onboarding, análise e monitoramento de fornecedores, viabilizando o uso de dados e insights compartilhados entre as maiores corporações do nosso país.

Entenda melhor como tudo isso funciona assistindo a este vídeo com Leo Cavalcanti, CEO e cofundador da Linkana.

https://youtu.be/T4CMXDrgswQ

Para levar essa e outras funcionalidades da Linkana para sua empresa, preencha agora o formulário abaixo e converse com um dos nossos especialistas!

Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market