Resources

Gestão de Dados

Gestão de Dados

Gestão de Dados

Era dos dados em procurement: qual a importância e como se preparar?

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

June 30, 2022

June 30, 2022

June 30, 2022

A era dos dados em procurement está cada vez mais forte e importante, visto que as informações geradas por esse setor se tornaram essenciais para que os gestores e profissionais da área consigam tomar decisões mais assertivas, as quais ajudam a mitigar os potenciais riscos presentes nessa atividade.

Mas para falarmos sobre um cenário mais digital procurement é preciso, primeiro, conceituarmos sobre a tão comentada era dos dados.

O início dessa era se deu nos anos 2000, quando se tornou perceptível que a quantidade de informações geradas pelos diversos sistemas utilizados pelas empresas poderiam se transformar em uma valiosa fonte de insights que serviriam como base para a definição de estratégias.

Apenas para você ter uma ideia desse volume, segundo a IT Chronicles, aproximadamente 2.000.000.000.000.000.000 bytes de dados são gerados diariamente em todos os setores. 

Com relação à relevância dessas informações, um relatório da MicroStrategy destacou que 94% das companhias consideram o uso de dados fundamental para crescer.

Apesar de tudo isso, no que se refere ao procurement, especificamente, 91% dos líderes dessa área não confiam na qualidade de dados de fornecedores para basear suas decisões. Exatamente por isso entra a necessidade de fazer uma boa análise e interpretação de dados, buscando, entre outras tarefas, higienizá-los adequadamente.

Mas isso não diminui o peso da era dos dados em procurement. Por isso, neste artigo, falaremos os motivos pelos quais é importante para a sua empresa se basear em dados para direcionar suas estratégias de supply chain. 

Então, continue a leitura e confira mais sobre esse tema.

O que é a era dos dados?

A era dos dados pode ser definida como o período no qual se notou que a quantidade quase incontável de dados gerados pelos softwares utilizados pelas empresas seriam uma fonte significativa de informações para basear a construção de estratégias.

Conforme a transformação digital avança, mais e mais sistemas são utilizados para automatizar diferentes tarefas de um negócio. Cada um deles gera um volume imenso de referências e informações reais que podem ser usados das mais diferentes formas.

Por conta disso, os dados passaram a ser utilizados pelas companhias para aprimoramento de diversos setores. Por exemplo, em marketing e vendas a captação de informações sobre os clientes ajuda a identificar seus padrões de comportamento. A partir dessa percepção se tem a chance de desenvolver produtos e serviços que atendam pontualmente suas necessidades, e até mesmo se antecipar a elas. 

No que se refere ao procurement, pontualmente falando, a era dos dados faz parte da evolução natural desse setor, o qual, como diversos outros, começou com processos manuais e conforme a transformação digital na cadeia de suprimentos foi avançando, ele abriu espaço para a utilização de novas tecnologias.

Essas, por sua vez, deram início a um ciclo extremamente benéfico de geração de dados e uso desses para definir estratégias, que segue mais ou menos este trajeto:

  • sistemas são utilizados;

  • geram e armazenam dados;

  • esses dados são analisados e interpretados;

  • se transformam em base para criação de estratégias;

  • essas estratégias geram novos dados, iniciando novamente o ciclo.

Qual a importância dos dados em procurement?

Trazendo tudo isso para o procurement, os dados passaram a ser vistos como importantes ferramentas para respaldar ações. Aqui, vale destacar que essas definições não devem ter apenas o foco de suprir a necessidade de suprimentos de uma companhia, mas também fomentar o seu crescimento.

Dessa forma, é válido afirmar que uma tomada de decisão baseada em dados contribui para o negócio alcançar mais e melhores resultados. Um dos principais motivos é que os gestores deixam os "achismos" de lado e definem suas abordagens amparados em informações concretas, as quais são provenientes de cenários passados.

Assim é possível, por exemplo, identificar se determinada abordagem já adotada gerou ou não os números esperados. Caso essa resposta seja negativa, é possível corrigi-la, evitando que o erro se repita e que o negócio tenha mais perdas, inclusive financeiras.

Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.

E as vantagens dos dados em procurement?

Considerando tudo isso que acabamos de mencionar, é possível fazer uma lista com as principais vantagens do uso correto de dados em procurement, sendo que as que mais se destacam são:

  • possibilidade de se antecipar a possíveis cenários;

  • conseguir tomar decisões de fornecimento em menos tempo;

  • ter a chance de reduzir custos operacionais e de aquisição;

  • identificar mais rapidamente pontos de melhoria no setor;

  • mitigar riscos;

  • reduzir perdas financeiras;

  • evitar paradas no fluxo dos processos da empresa;

  • aprimorar o gerenciamento da rede de fornecedores;

  • promover a escalabilidade do negócio.


Dica de leitura: "Gestão de riscos de fornecedores: como mitigar as principais ameaças ao seu negócio?"

Como se preparar para a era dos dados em procurement?

Não existe outra forma de se preparar para a era dos dados em procurement do que utilizando as soluções tecnológicas certas

Quanto a isso, sistemas que contemplam Inteligência Artificial (IA), Robotic Process Automation (RPA) e Machine Learning, por exemplo, são primordiais para a coleta, armazenamento, higienização e enriquecimento dos dados.

O software de gestão de fornecedores da Linkana é um ótimo exemplo de ferramenta a ser utilizada para esse fim. Plataforma SaaS 100% em nuvem, essa solução é desenvolvida com as melhores e mais modernas tecnologias. 

Uma das grandes vantagens do software da Linkana é que ele centraliza, em um único ambiente, todo o processo de gestão de fornecedores. E no que se refere aos dados, eles são gerados e atualizados em tempo real.

Entre as funcionalidades que você encontra nesse sistema estão:

  • coleta e validação automática de informações;

  • solicitação de informações ao fornecedor e ao comprador;

  • análise de dados;

  • gestão de base ativa;

  • avaliação de performance;

  • portal de homologação e cadastro;

  • análise de dados públicos e risco.


Quer ter uma gestão de fornecedores baseada em dados? Então faça como grandes empresas a exemplo da Nívea, Mitre, Cyrela, CPFL Energia, Unimed, Cervejaria Ambev, entre muitas outras. 

Preencha agora mesmo o formulário abaixo, converse com um especialista da Linkana e confira como!

Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market