Resources

Fornecedores

Fornecedores

Fornecedores

Dependência financeira do fornecedor: por que e como avaliar?

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

January 9, 2024

January 9, 2024

January 9, 2024

A dependência financeira do fornecedor é um indicador possível de ser verificado no DRE, Demonstração de Resultados do Exercício. Ele aponta quanto a contratação feita por um terceiro impacta no faturamento da empresa fornecedora, revelando também se ela tem capacidade para absorver novas demandas.

Para esse conceito ficar mais fácil de ser compreendido, imagine que o fornecedor que pretende trazer para sua rede de abastecimento é, até este momento, totalmente dependente financeiramente de um único contratante.

No caso, todo o faturamento da empresa fornecedora é proveniente de uma única fonte, certo? Porém, se ela tiver algum problema com esse cliente, ou mesmo sofrer o cancelamento do contrato, será que consegue se manter?

Por isso, o objetivo da análise da dependência financeira do fornecedor é verificar o grau de participação do capital de terceiros na sustentação e no crescimento desse parceiro, incluindo contratos com outros clientes e uma possível relação comercial com a sua empresa.

Como fazer isso, na prática? Continue a leitura e descubra!

O que caracteriza dependência financeira do fornecedor?

A dependência financeira do fornecedor é caracterizada pelo grau de participação do capital de terceiros na vida monetária dessa empresa. Isto é, quanto que o recebimento de valores externos define o crescimento, a sustentabilidade e a capacidade desse negócio de realizar as atividades comerciais.

Idealmente, quanto menos um fornecedor depender financeiramente do capital de terceiros, mais independente ele mostra ser.

Aqui, é importante você ter em mente que não estamos falando sobre volume de vendas, mas, sim, do potencial de geração de fluxo de caixa e de faturamento de um negócio. Isso porque um fornecedor pode ter uma quantidade de vendas significativa para um único contratante, mas não gerar lucros suficientes para ser financeiramente sustentável.

Considere o seguinte exemplo: a empresa fornecedora A atende a empresa B há alguns anos. Por conta do relacionamento comercial de longa data, a A não consegue aumentar os preços praticados. 

Apesar de depender financeiramente da B para se manter, ela está tendo prejuízos, os quais estão afetando o cumprimento de compromissos financeiros, bem como seu fluxo operacional e crescimento.

Neste caso, temos um grau elevado de dependência financeira, que impacta negativamente não apenas no contrato já firmado, mas em outros que poderiam ser celebrados.

Dica de leitura: "Análise de estabilidade financeira de fornecedores: como realizar?"

Como calcular a dependência financeira do fornecedor?

O grau de dependência financeira de uma empresa é um dos indicadores que pode ser avaliados a partir do DRE, Demonstrativo de Resultados do Exercício. Trata-se de um relatório contábil que relaciona todos os valores relativos a gastos, investimentos e faturamento de um negócio.

Basicamente, ele registra e compara receitas e despesas, permitindo avaliar a saúde financeira de um negócio e confirmar se está dando prejuízo ou lucro em um determinado período. 

Instituído pelas leis Lei n° 6.404, artigo 187 e Lei n° 11.638 de 28 de dezembro de 2007, o Demonstrativo de Resultados do Exercício deve ser divulgado anualmente pelas empresas. Porém, para fins administrativos e de gestão financeira, o mais indicado é que ele seja elaborado todos os meses.

Com o DRE nas mãos, é possível mensurar o grau de dependência financeira de um negócio aplicando a seguinte fórmula:

grau de dependência = (valor anualizado do contrato com o fornecedor) / (faturamento anual do fornecedor)

Idealmente, o resultado deve ficar abaixo de 30%. Isso indica que, apesar de haver certa dependência, ela não é tão significativa a ponto de impactar negativamente contratos de fornecimentos atuais e futuros.

Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.

Qual a importância de analisar a dependência financeira do fornecedor?

A análise da dependência, e da saúde financeira geral de um fornecedor, é primordial no processo de homologação. Um dos motivos é que essa verificação ajuda a identificar o comportamento da empresa fornecedora perante os compromissos financeiros que tem.

Ao realizar essa avaliação, é possível ter uma visão mais clara, ampla e realista sobre diversos índices, tais como:

  • rentabilidade;

  • lucratividade;

  • faturamento;

  • endividamento;

  • grau de dependência financeira.


A percepção da sustentabilidade monetária de um negócio revela ainda o seu nível de credibilidade e de confiabilidade. 

Afinal, se um fornecedor paga em dia suas contas e despesas, é bem provável que tenha um bom relacionamento com outros stakeholders, a exemplo de funcionários e demais parceiros de negócio.

Todos esses pontos que acabamos de mencionar são fundamentais para mitigar riscos para a sua empresa. 

Quanto a isso, lembre-se que fornecedores que estão com problemas financeiros têm grande chance de atrasar entregas, diminuir a qualidade dos produtos/serviços que comercializa, entre diversas outras situações que podem afetar seriamente o fluxo operacional do seu negócio.

Consequentemente, o relacionamento com seus clientes é impactado, assim como seu volume de vendas, faturamento e imagem da marca.

Como identificar fornecedores críticos financeiramente? 

Quanto mais robusta é a cadeia de abastecimento, mais complexa se torna a identificação de fornecedores críticos financeiramente. São vários os documentos que precisam ser verificados e diversas as análises que devem ser feitas.

Manualmente, esse processo é praticamente impossível. Além de demandar tempo e elevar as chances de erros, afeta a produtividade do time de compras e procurement, e até mesmo o relacionamento com os fornecedores, seja pela demora na aprovação do cadastro ou devido à solicitação repetida de dados.

Por isso, o mais indicado é contar com um sistema de gestão de fornecedores que resolva esse problema, como é o caso da solução da Linkana.

Preencha agora mesmo o formulário abaixo e confira, na prática, como nossa solução funciona!!

Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market