Resources

Gestão de Fornecedores

Gestão de Fornecedores

Gestão de Fornecedores

Análise de crédito de pessoa jurídica: o que é, por que e como fazer?

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

September 29, 2020

September 29, 2020

September 29, 2020

A análise de crédito de pessoa jurídica é a verificação da capacidade financeira que uma empresa tem de honrar com os compromissos monetários assumidos

Esse tipo de avaliação é feita, por exemplo, quando uma negociação permite o pagamento a prazo, quando é feito um financiamento para uma transação comercial, entre outras movimentações semelhantes.

O processo de análise de crédito de pessoa jurídica precisa ser realizado com extrema cautela e minuciosidade — especialmente em momentos de crises financeiras ou políticas no país.

De acordo com dados do indicador Inadimplência das Empresas, da Serasa Experian, os quais foram citados em uma matéria do site CNN Brasil, a média de empresas negativadas no primeiro semestre de 2022 no nosso país era de seis milhões.

Comparando com o mesmo período do ano anterior, o índice em questão revelou um crescimento de 3,45% no total de companhias nessa condição.

Aqui, vale destacar que esse tipo de análise é uma maneira de elevar o nível de segurança nas transações comerciais e de proteger o seu negócio do não recebimento de valores provenientes de uma venda B2B (de empresa para empresa).

Porém, há diversas outras vantagens que podem ser obtidas com essa avaliação de capacidade financeira. Para saber quais são e como fazer uma análise de crédito de pessoa jurídica, basta seguir a leitura deste artigo!

O que é a análise de crédito de pessoa jurídica?

A análise de crédito de pessoa jurídica é uma avaliação que determina se uma companhia tem condições de honrar com os compromissos financeiros assumidos

Em outras palavras, é feita para clientes e fornecedores que desejam efetuar um pagamento a prazo, um financiamento ou um empréstimo, entre outras situações.

Cada instituição pode ter seu próprio padrão de avaliação e métricas que devem ser alcançadas para decidir se a parceria é segura, além das próprias condições e taxas de juros.

Como funciona a análise de crédito de pessoa jurídica?

A análise de crédito para PJ funciona com base na avaliação de diversos documentos que comprovam a saúde financeira do negócio com o qual se estabelecerá uma relação comercial.

Neste momento, você deve estar se perguntando quais são os documentos necessários para análise de crédito pessoa jurídica, certo? Em linhas gerais, são todos os que mostrem a situação monetária de um negócio, tais como:


  • balanços financeiros;


  • relatórios de faturamento;


  • relatórios contábeis e de compromisso fiscal;


  • declaração de Imposto de Renda de Pessoa Jurídica;


  • índices de liquidez e de endividamento;


  • taxa de retorno sobre investimento (ROI)



Quais são os elementos da análise de crédito da pessoa jurídica?

Os elementos da análise de crédito PJ são aqueles que permitem identificar o perfil econômico de uma empresa.

Assim, além dos exemplos de documentos que citamos, também costumam entrar nesse levantamento questões como:


  • verificação de comprometimento de renda do negócio ao assumir a dívida;


  • pesquisa sobre o score de crédito da companhia que obterá o crédito;


  • análise do atual cenário econômico no qual o segmento da companhia está inserido, visto que isso pode afetar seu volume de vendas e, consequentemente, na obtenção de receita.


Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.

Quais as vantagens de realizar a análise de crédito pessoa jurídica?

Se você ainda não adicionou esse processo na rotina da sua empresa, saiba que está perdendo benefícios como:

Fluxo de caixa estável

É pelo fluxo de caixa que se sabe a saúde financeira de uma empresa e quais são os resultados esperados para os próximos meses. 

Com a análise de crédito, é possível ter maior garantia de que as quantias esperadas serão registradas e que sua instituição não será afetada financeiramente por falta de pagamentos.

No vídeo abaixo, do Sebrae Minas Gerais, é abordado em detalhes a importância do fluxo de caixa no seu planejamento:

https://www.youtube.com/watch?v=U8sJI8feaQ4

Menos possibilidade de inadimplência

Ao saber a posição financeira atual da empresa, você também poderá ter uma ideia do risco que o seu negócio está assumindo de não receber pagamentos nas datas corretas

Essa análise também exclui os bons pagadores que quitaram alguma conta com dias de atraso por esquecimento ou algum imprevisto momentâneo.

Mais segurança em acordos

Com a análise de crédito você conhece os fornecedores e clientes a fundo, tendo mais confiança nas suas decisões de vendas a prazo. Esse processo fortalece o relacionamento com parceiros, fideliza clientes e facilita novas oportunidades de negociações.

Eficiência no fluxo de trabalho

Para realizar uma boa gestão, é importante saber a situação financeira do negócio para os próximos meses. Com a análise de crédito de pessoa jurídica, você garante parcerias que darão mais garantia e precisão no cálculo de valores a serem recebidos.

Estabilidade no faturamento do negócio

Com a análise, sua empresa trabalhará com pessoas jurídicas conhecidas e confiáveis e poderá aproveitar oportunidades de crescimento sem colocar em risco o caixa da sua empresa.


Como realizar uma análise de crédito de pessoa jurídica?

Para realizar uma análise de crédito de pessoa jurídica, alguns dos passos mais importantes a serem seguidos são:


  • entenda quais informações são necessárias para uma análise de crédito;


  • defina os indicadores que serão utilizados;


  • determine uma política de crédito;


  • avalie o perfil e o histórico dos parceiros;


  • use boas soluções de análise de dados e de documentos


Entenda quais informações são necessárias para uma análise de crédito

Quando falamos de uma pessoa jurídica, as informações importantes são da empresa, e não dos seus proprietários. Portanto, devem ser analisados pontos como:


  • balancetes;


  • plano de negócios;


  • faturamento dos últimos meses;


  • questionário de avaliação;


  • apresentação com missão, visão e valores da companhia.


Com esses dados em mãos, sua empresa deve realizar três processos, que são:


  • ANÁLISE RETROSPECTIVA: como o nome já diz, é aqui que você olhará o histórico da instituição e avaliará se os riscos passados do setor foram superados ou amenizados.


  • ANÁLISE DE TENDÊNCIAS: olhando para como a pessoa jurídica se encontra financeiramente no momento, quais as tendências de honra de compromissos em cenários de instabilidade orçamentária?


  • CAPACIDADE DE CRÉDITO: é aqui que as informações são avaliadas em conjunto para decidir qual a quantia de crédito que pode ser concedida com um pequeno risco para sua instituição.


Caso você não tenha feito uma análise de crédito dos seus fornecedores e clientes atuais, também é válido solicitar informações adicionais para enriquecer essa base de dados, o que contribuirá nas tomadas de decisões mais assertivas.

Defina os indicadores que serão utilizados 

E claro que cada cenário é específico, então, é importante que você tenha indicadores próprios para as diferentes situações que pode se deparar

Quando falamos de análise de crédito de fornecedores, por exemplo, é válido também observar:


  • LIQUIDEZ: com esse indicador será possível levantar a capacidade do fornecedor de pagar suas dívidas. 


  • RENTABILIDADE: aqui falamos da margem de lucro da empresa comparada com outros indicadores. É possível projetar saving com o lucro direto sobre as vendas.


  • ENDIVIDAMENTO: muita atenção neste ponto! Olhando para os passivos (contas para pagar) e para o patrimônio líquido é possível calcular o endividamento total da pessoa jurídica e o endividamento bancário, como as linhas de empréstimos.


Leia também: O que é Compliance tributário? Qual a sua importância? Saiba tudo sobre esse assunto!

Determine uma política de crédito

Você determinou quais os dados que devem ser colhidos, como as análises devem ser feitas e como determinar o limite de crédito para cada parceria, que é única por ter características específicas.

Para se sentir mais seguro ao negociar o limite de crédito, é válido criar uma política de crédito alinhada às suas expectativas e necessidades.

Com esse alinhamento básico é possível personalizar as avaliações e entender como flexibilizar concessões e prazos para cada cenário. Mas nunca se esqueça que um crédito afeta diretamente a entrada de dinheiro no caixa. Por isso, busque ao máximo minimizar os prejuízos.

Avalie o perfil e o histórico dos parceiros

O perfil de cada parceiro também deve influenciar na análise de crédito. Além das informações fornecidas pela pessoa jurídica, busque dados em outras fontes, como scoring de crédito, dados financeiros e documentos em bancos de dados públicos e privados.

Lembre-se que ter o nome limpo, ou uma renda determinada, nem sempre é um indicador de que o parceiro arcará com o pagamento das parcelas. Portanto, estabeleça uma avaliação mais ampla para ter mais confiança na transação.

Use boas soluções de análise de dados e de documentos

O uso de soluções tecnológicas para análise de dados e de documentos otimiza esse processo, reduz falhas, permite uma avaliação mais aprofundada, e em menos tempo.

Com a Linkana, por exemplo, você pode deixar o trabalho para os robôs do software, que realizarão consultas e análises públicas de compliance para você, simplificando e integrando a análise e controle de documentos privados de suas rotinas de cadastro e qualificação.

Reduza a burocracia e mitigue riscos em processos de homologação e cadastro de novos fornecedores em uma solução simples e eficiente, se utilizando das melhores tecnologias em RPA, automação e Machine Learning.

A Linkana é o primeiro e maior software de gestão de fornecedores em rede, que otimiza o sourcing, onboarding e análise de spend com uma base de dados unificada de perfis de fornecedores certificados para cadastro, risco, qualidade e diversidade.

Somos o #SRMDoFuturo, feito para o #CompradorDoFuturo

Preencha agora mesmo o formulário abaixo e confira como ter a solução da Linkana na sua empresa!



Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market