Tendências para suprimentos em 2023: 6 dicas que você não pode perder

O fim de ano está chegando e para que você possa se programar para 2023 da melhor maneira possível, compilamos neste artigo 6 das principais tendências que vão mexer com o setor de suprimentos no próximo ano.

Além da área de suprimentos, recentemente publicamos aqui no blog da Linkana, 9 tendências que vão mexer com o mercado de Procurement em 2023

Te garanto que após ler este artigo e o que recomendamos acima, você estará 100% preparado para 2023. 

A volta do protecionismo e da divisão geopolítica

suprimentos 2023

“A globalização e o livre comércio estão quase mortos. Muitas pessoas ainda desejam que eles voltem, mas não acho que vão voltar.”

Os comentários de Morris Chang, conhecido como o “pai” da indústria do silício da República da China, foram feitos em evento recente em Phoenix no contexto das crescentes tensões da disputa entre Estados Unidos e China pelo controle da cadeia global de suprimentos de chips.

Para as principais potências ocidentais, a China já não é mais considerada um parceiro comercial confiável, e com isso países como os EUA têm investido cada vez mais em iniciativas para desacelerar o monopólio tecnológico e militar chinês.

A China, provavelmente, reagirá a essas medidas, e as barreiras do comércio mundial devem aumentar, criando um ceticismo geral no processo de cooperação entre nações.

Muitos apostam que veremos a transição de um mundo de “livre comércio”, para um mundo de blocos comerciais bilaterais divididos entre democracias de um lado, e governos autocráticos ou ditatoriais do outro. 

Empresas como Honda e Apple, por exemplo, já começaram a fazer “hedges” com novas estruturas de manufatura e produção, na tentativa de reduzir sua dependência da China.

Inflação nos EUA e na Europa

Nos Estados Unidos, os preços ao consumidor subiram 9,1% em junho de 2022. Esse pode ser um número até comum – infelizmente – para o Brasil, mas para os americanos é o maior aumento dos últimos 40 anos. A verdade é que não conhecemos ainda um mundo com os EUA de inflação de dois dígitos.

Na Europa, os sinais são ainda piores: 10,7% de inflação em outubro de 2022 na zona do euro, maior índice desde a formação do bloco.

Inflação neste nível alarmante torna clientes e consumidores bem mais sensíveis a preços. Gestores de Procurement precisarão de uma atenção ainda maior na composição de seus custos, principalmente os de maior impacto no produto ou serviço final prestado, tais como matérias-primas ou componentes eletrônicos.

A (inevitável) recessão global

Bancos centrais respondem à alta da inflação aumentando taxas de juros, reduzindo o crescimento econômico até que o descontrole dos preços volte a níveis aceitáveis. Nos EUA, um nível historicamente aceitável para inflação é de 3% ou menos, isto é, três vezes menos que o número deste ano.

Com inflação em níveis tão altos, as chances de ajuste sem recessão são muito pequenas. As incertezas são tão grandes e inéditas, que pela primeira vez em sua história, a Salesforce – que este ano superou a SAP e lidera o mercado de sistemas corporativos, não vai fazer seus tradicionais forecasts para o ano que vem, justificando tal decisão no “ambiente macroeconômico altamente imprevisível”.

O pessimismo econômico fará com que empresas tentem se prevenir de algumas maneiras, como por exemplo:

  • Desacelerando a produção;
  • Reduzindo investimentos e estoques de segurança;
  • Congelando contratações ou antecipando demissões;
  • Pressionando e renegociando contratos de fornecimento.
Resultados impressionantes através da automação de processos
Descubra como a Nivea, a Mitre e outras grandes empresas revolucionaram seus processos de gestão de fornecedores com a plataforma da Linkana.

Crimes cibernéticos

Episódios como o do Grupo Fleury, Renner, e Iochpe-Maxion dão o tom de insegurança da vida tecnológica das corporações para o ano que está chegando.

Criminosos digitais estão ainda mais sofisticados e bem equipados para se infiltrar nas cadeias de suprimentos, seja para roubar ou até para prejudicar a operação de determinadas empresas. Segurança e vulnerabilidades precisam ser combatidas não apenas internamente, mas também na gestão externa de fornecedores e parceiros de negócio.

E-S-G

Não é surpresa ver essas três letrinhas aqui, não é?

Governos no mundo todo vem acelerando exigências e punições para que empresas comprovem que operam com negócios sustentáveis, responsáveis e éticos do ponto de vista ambiental, social e de transparência corporativa.

Legislações cada vez mais rígidas, como a Lei de Cadeia de Fornecimento Alemã entrarão em vigor, exigindo que as empresas monitorem suas cadeias de suprimentos quanto a violações ambientais e de direitos humanos, garantindo o mesmo nível de compliance nos seus fornecedores diretos e indiretos.

Algumas corporações, inclusive, vem contemplando a ideia de mudar sua matriz principal de negócio da Alemanha para outros países da Europa. Mal sabem elas que a União Europeia já está preparando sua própria Lei de Cadeia de Fornecimento Europeia, provavelmente ainda mais rigorosa que sua irmã alemã.

Não espere 2023 para verificar se os seus fornecedores estão em conformidade com os critérios de ESG. Preencha o formulário abaixo.

A cadeia de fornecimento com “N” níveis

A pressão regulatória e a terceirização crescente das operações corporativas forçam a busca de iniciativas tecnológicas que apoiem na gestão e monitoramento de riscos da cadeia de fornecimento em todos níveis.

Pesquisa recente da McKinsey descobriu que menos da metade das empresas sabem onde seus fornecedores de primeiro nível estão, ou quais riscos se aplicam a eles. Ínfimos 2% tem algum controle de fornecedores do terceiro nível em diante.

Isso é importante, pois a grande maioria da falta ou escassez de insumos ou produtos de primeira necessidade nos últimos anos ocorreu em virtude de problemas com fornecedores nas camadas mais profundas da cadeia, e não no primeiro nível, onde a visibilidade é maior.

eBook
Avaliação de Desempenho de Fornecedores
Aprenda quais os tipos de análise, os principais indicadores que você deve acompanhar e como fazer a avaliação de desempenho dos seus fornecedores.

Esteja preparado para 2023

Essas tendências que mencionamos ao longo do artigo são para 2023, no entanto, com a Linkana, você pode começar a se preparar desde já para o próximo ano.

A Linkana é o primeiro e maior software de gestão de fornecedores em rede. Nossa base de dados de perfis compartilhados permite que compradores analisem fornecedores ativos e novos em alguns cliques. 

Além disso, com a nossa plataforma, você tem acesso a:

  • Verificações automáticas: A Linkana realiza uma busca automática em centenas de bases de dados públicas, monitorando e atualizando todos esses dados frequentemente, alertando caso algum fornecedor tenha algum problema ou nova pendência.
  • Portal de fornecedores: Com o Portal de Fornecedores da Linkana, além de diminuir o tempo de homologação de seus fornecedores, você terá uma visão estratégica da sua base de fornecedores.
  • Monitoramento e alertas: O Monitoramento e alertas são primordiais para minimizar/eliminar o risco de imagem que a sua empresa possa ter em caso de infrações cometidas após a homologação da empresa fornecedora.
  • Avaliação de performance: A avaliação de performance mostra todos os indicadores do seu fornecedor, tais como prazo de entrega e qualidade dos serviços ou preços.
  • Análise de fornecedores ativos: A nossa plataforma entrega relatórios inteligentes cruzando seus gastos de fornecimento com o banco de dados de perfis abertos de fornecedores, construído com big data e inteligência artificial.
  • Enterprise-ready: O sistema Enterprise Ready da Linkana atende aos requisitos que grandes empresas buscam. Nossos pilares de segurança, integração e key account foram feitos para tornar o seu processo mais seguro e fluido.
  • Perfis certificados de fornecedores: A Linkana possui mais de 90 mil perfis de fornecedores ativos e mais 1,5 milhão de informações coletadas e validadas, com insights comerciais, de risco, cadastro, qualidade e diversidade.

Acelere radicalmente o onboarding  de seus fornecedores, com dados compartilhados utilizados pelas melhores corporações para analisar riscos e controlar indicadores ESG na maior rede B2B do país.

Preencha o formulário abaixo e esteja preparado para 2023!

Leo Cavalcanti

Leo Cavalcanti

Advogado, especialista em Planejamento Tributário e Finanças, soma mais de 05 anos de experiência com rotinas de auditoria empresarial e tributária, além de conhecimento em controladoria e práticas de departamento jurídico corporativo. Atualmente é CEO e um dos co-fundadores da Linkana.

Ebook

Diversidade de Fornecedores

Tenha acesso a um guia completo de como estruturar o seu programa de diversidade de fornecedores. Veja erros, acertos, cases de sucesso e boas práticas do mercado!

logo linkana

Podcast

Procurement Hero

Líderes e referências do mercado de procurement batem um papo sobre tecnologia, dados e tendências.

Teste
Descubra se você é um comprador do futuro!

Tenha acesso a um guia completo de como estruturar o seu programa de diversidade de fornecedores.Veja erros, acertos, cases de sucesso e boas práticas do mercado!

logo linkana

Ferramenta

Consulta de CNPJ

Encontre o CNPJ e mais 10 outros dados de fornecedores em segundos.

logo linkana

Ebook

Gestão de Fornecedores

Descubra como fazer um gestão de fornecedores inteligente e guiada por dados na sua empresa!