Resources

ESG

ESG

ESG

ESG na educação: Saiba como aplicá-lo na sua escola!

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

October 5, 2022

October 5, 2022

October 5, 2022

A preocupação ambiental, social e com governança cresceu tanto nas empresas quanto na sociedade. Em vista disso, o termo ESG na educação passou a ganhar os holofotes.

Embora seja muito usado no mundo corporativo, ele vem sendo adaptado ao ambiente escolar, uma vez que é preciso trazer esses conceitos para a escola.

Afinal, uma instituição de ensino lida com uma grande quantidade de dados, o que requer uma governança transparente e bem desenvolvida.

Nesse post vamos mostrar um pouco mais a fundo o que é o ESG, e qual o seu papel na educação básica, fundamental e superior. Boa leitura!

O que significa ESG?

O termo ESG corresponde às siglas Environmental, Social and Governance, que traduzido ao português significa Ambiental, Social e Governança.

Ele consiste em um conjunto de práticas que podem ser adotadas para contribuir com a sustentabilidade do planeta, com o desenvolvimento social e com uma governança mais transparente e ética.

O termo apareceu inicialmente no mercado financeiro em 2004, mas com o tempo se expandiu para outros setores da sociedade. Foi assim que surgiu o ESG na educação.

A partir de então ele foi incorporado no planejamento pedagógico das escolas, bem como no próprio processo de gestão escolar.

Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.

Como aplicar o ESG na educação?

Aplicar o ESG na educação é o desafio que as escolas estão enfrentando. Pois, não basta somente criar ações isoladas de sustentabilidade. É preciso ir além.

Dessa forma, é essencial ter políticas bem definidas sobre governança, preocupação social, assim como a própria preocupação com o meio ambiente.

Abaixo separamos algumas ações que sua escola pode adotar a fim de incorporar o ESG dentro do ambiente escolar. Dá só uma conferida!

1 - Diminua os impactos causados ao meio ambiente

Há muitas maneiras de contribuir com o meio ambiente. Uma delas é colocar o tema no currículo escolar, mostrando aos alunos a sua importância.

Esse assunto pode ser tratado na matéria de ciências, com temas sobre preservação, poluição e até mesmo com a introdução de ações práticas em conjunto com alunos e comunidade.

Além dos conteúdos, a escola pode promover a coleta seletiva, trabalhar com a reciclagem de material escolar, desenvolver um mutirão de coleta de lixo etc.

Também é possível calcular a sua emissão de carbono na atmosfera e criar medidas para diminuí-la, o que também contribui para o meio ambiente.

2 - Crie um ambiente escolar mais saudável

Um ambiente de trabalho saudável e acolhedor é um pilar social do ESG. Afinal, ao melhorar o ambiente de trabalho, há uma elevação no nível do ensino-aprendizagem oferecido aos alunos.

Vale dizer que um clima saudável entre os colaboradores diminui a rotatividade dos profissionais e impacta positivamente no ano letivo.

Por isso, a escola precisa fazer o levantamento das demandas dos colaboradores, incluindo todos, para o desenvolvimento das ações. Isso representa a valorização profissional, que é um importante pilar social que pode ser introduzido em uma instituição.

3 - Promova a inclusão e diversidade no ambiente escolar

Um dos pilares do ESG é a promoção de um ambiente diverso e inclusivo. Assim sendo, deve-se contratar os colaboradores das mais variadas etnias, raças e gêneros.

Essa é uma maneira de aumentar a multiculturalidade no ambiente escolar, criando uma escola acolhedora, com opiniões e experiências diversas.

Além disso, é preciso se certificar de contratar professores e outros profissionais com deficiência, pois isso demonstra bem mais empatia.

A própria diversidade no ambiente escolar contribui para a promoção de ideias inovadoras, uma vez que o encontro de diversos pontos de vista é extremamente benéfico.

4 - Proteja os dados dos estudantes

A governança, um dos pilares do ESG, consiste em ter uma administração limpa, transparente e de acordo com as leis vigentes.

E uma das maiores preocupações atuais é em relação ao tratamento de dados dos alunos. Até porque, é preciso seguir a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados).

Dessa forma, é preciso ter um extremo cuidado com o vazamento de dados sensíveis. Nesse ponto é fundamental contar com recursos tecnológicos para auxiliar.

Uma boa ferramenta que contribui para manter os dados protegidos é o Google for Education. Com ele fica mais fácil gerenciar os dados dos estudantes, bem como outras informações preciosas da instituição.

5 - Implante a economia circular na escola

A economia circular é um outro conceito que cresceu bastante nos últimos tempos. Ele consiste em um conjunto de práticas que visa o uso racional e consciente dos recursos, assim como dos meios produtivos.

O foco, nesse caso, é o desperdício zero. A ideia pode ser usada em modelos de negócios sustentáveis, bem como no reaproveitamento de resíduos sólidos.

Um bom exemplo sobre uma prática interessante da economia circular é a substituição das avaliações de papel por avaliações online. E nesse ponto, o Google Classroom pode ajudar. Essa é uma forma de reduzir drasticamente o descarte do lixo.

A escola pode também incentivar a carona solidária. Nesse caso, ela promove ações de conscientização por meio da criação de grupos para que os professores compartilhem as caronas até a escola.

Essa mesma ação pode ser estendida às famílias e aos próprios alunos, contribuindo para uma queda significativa na emissão dos gases do efeito estufa.

6 - Promova ações coletivas

Uma outra forma de incluir o ESG nas escolas é através do envolvimento das famílias dos alunos e outras pessoas que estejam próximas da instituição de ensino.

muitas ações que podem ser adotadas, como a promoção de palestras e debates abertos sobre temas de interesse da sociedade, o estímulo à participação da família na vida escolar do aluno etc.

A escola também pode promover reuniões periódicas para ouvir críticas e opiniões de alunos e familiares sobre as decisões tomadas pela gestão escolar.

Além disso, pode-se estimular projetos a fim de solucionar problemas que fazem parte do cotidiano da comunidade na qual a escola está inserida.

Em resumo, são muitas as ações que podem ser promovidas para implantar o ESG na educação, tornando o ambiente escolar mais inclusivo socialmente, com mais respeito ao meio ambiente, e que tenha uma administração transparente.

Este post é de autoria da Safetec Educação, uma empresa com mais de 10 anos de mercado, obcecada em criar experiências na área educacional, através de soluções simples e colaborativas, que gerem resultados.

Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market