Quais são os indicadores de sustentabilidade social de uma empresa?

Os indicadores de sustentabilidade social são uma parte importante dos três pilares de um negócio sustentável e responsável que também inclui os aspectos social e econômico.

Uma empresa sustentável é aquela que exerce suas atividades de forma orientada para geração de valor econômico-financeiro, ético, social e ambiental, cujos resultados são compartilhados com os públicos envolvidos. 

Para isso, as organizações gerenciam seus processos de produção e comercialização de modo a reduzir continuamente o consumo de recursos naturais e serviços ecossistêmicos.

O objetivo, então, é ganhar competitividade, manter a continuidade da própria atividade e promover o desenvolvimento sustentável da sociedade.

No aspecto social, existem várias ações significativas que vão envolver todos os públicos que a empresa afeta direta ou indiretamente.

Para acompanhar o avanço dessas iniciativas existem os indicadores de sustentabilidade social. Continue a leitura do artigo e entenda como eles são utilizados no contexto empresarial.

O que são indicadores de sustentabilidade social?

Os indicadores de sustentabilidade social são elementos que avaliam quantitativa ou qualitativamente o desempenho de uma empresa em relação à eficiência ou não de suas iniciativas sociais.

Para isso, as empresas não só escolhem quais são os indicadores que serão analisados, como também criam um banco de dados para registrar o histórico de resultados.

Assim, a cada ano esses dados podem ser estudados e as ações renovadas e/ou melhoradas, de acordo com os feedbacks gerados pelos indicadores.

A frequência de análise de cada indicador varia de acordo com o tipo de ação que ele avalia. Um programa de estágio para jovens aprendizes, por exemplo, pode ser avaliado anualmente. Já o número de postos de trabalho criados pode ser monitorado mensalmente.

Leia mais >>> Sustentabilidade nas corporações: o que é + indicadores.

Quais são os principais indicadores de sustentabilidade social?

O cálculo ou avaliação dos indicadores de sustentabilidade social podem variar de acordo com as atividades da empresa e o que a gestão acha pertinente analisar nesse aspecto.

A lista abaixo inclui alguns exemplos de indicadores em categorias criadas pela Global Reporting Initiative (GRI), uma organização não governamental que orienta empresas na criação de relatórios de sustentabilidade, entre outras iniciativas.

Entre os projetos da GRI está justamente a criação de um relatório padrão para que as empresas possam acompanhar a evolução de seus resultados de sustentabilidade econômica, social e ambiental.

Confira os principais indicadores de indicadores de sustentabilidade social que devem ser avaliados segundos os padrões do GRI:

Emprego

  • Número de contratações de novos funcionários
  • Rotatividade de funcionários (admissões – demissões)
  • Número de benefícios corporativos oferecidos
  • Quantidade de licenças parentais (ano)
  • Prazo mínimo em que mudanças no sistemas de trabalho são notificadas

Saúde e segurança

  • Qualidade do programa de saúde e segurança no trabalho
  • Eficiência das avaliações de análise de risco
  • Participação dos funcionários nas decisões de saúde e segurança
  • Treinamentos de segurança para equipe
  • Número de acidentes de trabalho
  • Quantidade de problemas de saúde gerados pelos trabalho

Treinamento e educação

  • Média de horas de treinamento por ano por funcionário
  • Qualidade dos programas de treinamento e onboarding de funcionários
  • Porcentagem de funcionários que recebem feedbacks de desenvolvimento

Comunidades locais

  • Número de ações voltadas para a comunidade local
  • Avaliação do grau de impacto das atividades da empresa na comunidade
  • Práticas de voluntariado

Avaliação social de fornecedores

  • Número de novos fornecedores selecionados com base em critérios sociais
  • Impactos sociais negativos na cadeia de suprimentos e ações tomadas

Leia também >>> Sustentabilidade na cadeia de suprimentos: 5 boas práticas.

Qual a importância do índice de sustentabilidade social?

Organizar os indicadores de sustentabilidade social permite fazer uma análise mais assertiva sobre os impactos das atividades empresariais nos diversos públicos da empresa.

Com essa noção, uma organização pode avaliar suas iniciativas seguindo critérios claros e verificar se estão sendo suficientes e gerando resultados positivos ou não.

Dessa forma, é possível manter uma evolução constante, ouvindo cada parte envolvida para criar relações fortes tanto dentro quanto fora da empresa.

Outro ponto importante que reforça a relevância do monitoramento dos indicadores é conseguir comunicar publicamente os avanços de sustentabilidade social da empresa.

Seja seguindo os padrões do GRI, como mencionamos acima, ou seguindo uma política de divulgação de resultados própria, a transparência é uma forma de fortalecer a imagem da empresa no mercado. 

Os negócios listados na B3, a bolsa de valores brasileira, também têm um índice de sustentabilidade social que leva em consideração diversos subíndices na avaliação. Ou seja, ser um negócio sustentável conta para a competitividade na bolsa.

Ter seus resultados analisados e organizados em bancos de dados seguros e com o máximo de sigilo, é essencial para o crescimento das empresas e isso contribui para a criação de uma rede de empresas mais conscientes do seu papel na sociedade.

Conheça ‘9 exemplos de sustentabilidade corporativa’ neste outro artigo do blog.

Invista em uma rede de fornecedores sustentáveis

Saber os indicadores de sustentabilidade social do seu negócio é uma tarefa viável, mas e na hora de avaliar a contratação de parceiros para manter a sustentabilidade na cadeia de fornecedores? Como você pesquisa e analisa esse aspecto?

A Linkana pode ajudar a garantir a segurança dessa parceria. O nosso software de homologação de fornecedores e Compliance realiza um monitoramento constante dos fornecedores com certidões, consultas e documentos renovados automaticamente por robôs RPA e Machine Learning.

Quando o sistema encontra inconsistências e irregularidades, a equipe de Procurement da sua empresa recebe uma notificação para garantir uma mitigação ágil dos riscos.

Quer saber como funciona? Preencha os dados do formulário abaixo e receba uma análise de risco gratuita de um fornecedor feita pela nossa equipe:

Leo Cavalcanti

Leo Cavalcanti

Advogado, especialista em Planejamento Tributário e Finanças, soma mais de 05 anos de experiência com rotinas de auditoria empresarial e tributária, além de conhecimento em controladoria e práticas de departamento jurídico corporativo. Atualmente é CEO e um dos co-fundadores da Linkana.
logo linkana

Ferramenta

Consulta de CNPJ

Encontre o CNPJ e mais 10 outros dados de fornecedores em segundos.

logo linkana

Podcast

Procurement Hero

Líderes e referências do mercado de procurement batem um papo sobre tecnologia, dados e tendências.

logo linkana

Ebook

Gestão de Fornecedores

Descubra como fazer um gestão de fornecedores inteligente e guiada por dados na sua empresa!