Resources

Gestão de Fornecedores

Gestão de Fornecedores

Gestão de Fornecedores

Análise de estabilidade financeira de fornecedores: como realizar?

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

July 24, 2023

July 24, 2023

July 24, 2023

A análise de estabilidade financeira de uma empresa é uma atividade que tem por objetivo verificar a capacidade de geração de lucro de um negócio

Também é possível dizer que é uma maneira de mensurar a saúde financeira de uma companhia, a fim de constatar se há riscos decorrentes de uma má gestão monetária ou baixo volume de valores circulantes, os quais podem levar a endividamentos.

Quando o foco é realizar uma boa gestão de fornecedores, essa análise é uma forma de proteger seu negócio de ameaças relacionadas a esse conceito — por exemplo, evitar sofrer desabastecimento porque o fornecedor faliu por problemas financeiros.

Sobre essa possibilidade, saiba que o número de empresas passando por crises financeiras que resultaram em falência subiu 80% entre janeiro de 2021 e janeiro de 2023.

Os dados são de um levantamento do Serasa Experian, citados em uma reportagem do portal O Globo. O estudo também mostrou que, apenas em janeiro deste ano, 72 pedidos de falência foram registrados.

Considerando que esse cenário pode acontecer com os agentes que compõem sua rede de abastecimento, fica evidente por que  é tão importante saber se um fornecedor é financeiramente estável, concorda?

Neste artigo, explicaremos, em detalhes, o que é análise de estabilidade financeira, a importância dessa verificação e como realizá-la com as empresas fornecedoras que pretende contratar, ou que já fazem parte da sua supply chain. 

Por isso, siga a leitura e confira tudo agora mesmo!

O que é análise de estabilidade financeira de uma empresa?

Análise de estabilidade financeira é um processo realizado para verificar a capacidade de lucratividade de uma empresa e como está sua saúde financeira, a fim de identificar se há problemas que podem afetar seu crescimento ou impactar o relacionamento com os stakeholders.

Por meio de indicadores específicos para esse tipo de mensuração, é possível examinar o real desempenho financeiro de uma companhia e constatar se sua parte financeira está operando no positivo ou no negativo.

Para os gestores do negócio, essa análise é fundamental para embasar tomadas de decisão. Afinal, verificar o poder lucrativo e o que está sendo feito com os valores levantados, é um dos pilares que definem se uma companhia tem ou não condições de continuar operando. Caso não, você pode  ajustar o que não está dando certo.

Uma forma de chegar a essa resposta é verificando indicadores econômicos, como:

  • índice de rentabilidade e lucratividade: aponta a relação entre o lucro operacional e as vendas realizadas;

  • índice de liquidez: revela a capacidade do negócio de assumir compromissos financeiros;

  • índice de endividamento: avalia e há e qual é o volume de dívidas da empresa;

  • índice de prazo médio de pagamento: mostra a quantidade média de dias que a companhia precisa para arcar com suas obrigações monetárias;

  • índice de prazo médio de recebimento: mostra o número médio de dias que a companhia espera para receber valores provenientes de suas vendas.

Dica! Temos outro artigo que também é interessante para você. Não deixe de ler: "Validação automática de dados bancários: por que usar esse recurso?"

Qual a importância da estabilidade financeira de um fornecedor?

Trazendo o conceito de análise de estabilidade financeira para a gestão de fornecedores, é possível dizer que essa é uma maneira de mitigar os riscos que seu negócio pode enfrentar caso se relacione com uma empresa financeiramente instável.

Isso porque, quando uma companhia está com problemas de dinheiro, a tendência é que ela não consiga arcar com seus compromissos financeiros, Por exemplo, ela pode deixar de pagar impostos, salário de funcionários, prestação de empréstimos, parceiros de negócio, entre outros custos similares.

Essa situação torna a empresa inadimplente e, dependendo do que não foi pago, ela pode passar a atuar na ilegalidade, condição que afeta seriamente sua compliance.

Nesse cenário, ter na sua cadeia de abastecimento um fornecedor em dívida junto a órgãos como prefeitura, Receita Federal e outros, impacta diretamente a dinâmica do seu negócio. 

No caso, isso abre caminho para riscos reputacionais, financeiros e judiciais apenas por vincular o nome da sua companhia e uma que trabalha dessa maneira.

Somado a isso, é preciso ter em mente que essa conduta pode, inclusive, interromper as operações da empresa fornecedora, gerando o desabastecimento da sua e uma série de outros problemas relacionados a isso.

Não deixe de ler este artigo: "Análise financeira de fornecedores: qual a importância e como fazer?"

Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.

Como fazer análise de estabilidade financeira de fornecedores?

A análise de estabilidade financeira de fornecedores pode ser inserida no processo de due diligence, que é uma investigação realizada para identificar e avaliar possíveis riscos decorrentes dessa contratação.

A fim de gerar um relatório de estabilidade financeira do fornecedor que pretende contratar, há uma série de certidões e consultas públicas que podem ser feitas. Alguns exemplos são:

  • consulta a cadastros de inadimplentes, como o Serasa;

  • verificação da existência de processos judiciais, como trabalhistas e tributários, junto a cartórios;

  • emissão de certidões negativas de débito nos âmbitos municipal, estadual e federal.

É certo que realizar essas tarefas manualmente demanda muito tempo, especialmente se a sua empresa tiver uma rede de abastecimento robusta e lidar com vários fornecedores simultaneamente. Além disso, consultas manuais elevam as chances de erros e de alguma informação importante passar despercebida.

Por isso, o ideal é usar a tecnologia a favor desse processo, como o sistema da Linkana, que contempla diversas soluções criadas especialmente para melhorar a gestão de fornecedores do seu negócio, em especial o Linkana Financial Rating, pontuação exclusiva criada pela Linkana para classificar a saúde financeira de fornecedores no Brasil.

O que mais a Linkana oferece para aprimorar sua gestão de fornecedores?

A Linkana é a primeira fundação de dados de fornecedores compartilhada do Brasil. Nossa base de dados de perfis universais de fornecedores permite que compradores busquem, analisem e homologuem fornecedores em alguns cliques. 

Com isso, aceleramos radicalmente processos de onboarding, de análise e de monitoramento de fornecedores — graças aos dados dos fornecedores já preenchidos por eles ou por outra empresa —, permitindo o uso de dados e insights compartilhados entre as maiores corporações do nosso país.

Extra! Veja como funciona o Linkana ESG Rating, ferramenta de verificação automática de riscos socioambientais e de governança!

https://www.youtube.com/watch?v=T1DmQi-JmKQ

Achou interessante e quer mais detalhes? Então preencha agora mesmo o formulário abaixo e converse com um de nossos especialistas!

Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market