O que é e como gerenciar a cadeia de suprimentos?

O sucesso de uma empresa está baseado não somente nos lucros que a mesma possui, mas em um bom relacionamento com o mercado. Isso inclui, criar uma interação apropriada com clientes e fornecedores. Dito isso, a cadeia de suprimentos tem um papel importante nesse resultado de satisfação da empresa com o mercado. 

Isso porque, a cadeia de suprimentos retém a função de certificar que os produtos ou serviços comercializados pela empresa sejam disponibilizados para o cliente final. Dentro dessa rede de funcionamento existem diversos processos para que o resultado seja eficaz. 

Mas para que isso aconteça é necessário o conhecimento sobre como gerenciar a cadeia de suprimentos. E é nesse sentido que abordaremos o conteúdo, como gerir a rede de supply chain de maneira a otimizar processos e potencializar resultados.

O que é a cadeia de suprimentos?

A cadeia de suprimentos ou supply chain pode ser definida, brevemente, em um conjunto de atividades, organizações e recursos responsáveis por transportar produtos e serviços de fornecedores aos clientes finais.

É dentro do setor que é feito a gestão de logística de suprimentos, gestão de fornecedores, compras, vendas, marketing, estoque e até mesmo de tecnologia. A cadeia de suprimentos está ligada desde a aquisição de matéria-prima até a distribuição final ao cliente. 

E para que isso ocorra de maneira eficaz deve se haver processos e planejamentos que atendam todo o ciclo de suprimentos. Mas afinal, como gerenciar a cadeia de suprimentos e implementar estratégias eficientes?

Como gerenciar a cadeia de suprimentos?

Ao contrário do que muitos pensam, a cadeia de suprimentos não é apenas focada na gestão logística dos produtos ou serviços, apesar de ser o ponto-chave. Todo o gerenciamento da rede de fornecimentos precisa ser ágil, produtivo e com custo controlado a fim de potencializar os resultados da empresa. 

A administração por meio de estratégias de relacionamento, integração externa com fornecedores e clientes são pontos principais de como gerenciar a cadeia de suprimentos de maneira assertiva. Em linhas gerais um bom gerenciamento se resume em planejamento e controle. 

Planejamento de todo percurso dos recursos desde o início da aquisição de matéria-prima até o consumidor. Esse processo está altamente atrelado a gestão de fornecedores, negociação, transporte, qualidade e distribuição das mercadorias. O controle da rede de suprimentos é baseada no domínio da informação e obter contingência para imprevistos. 

Melhores práticas para gestão de supply chain 

Como visto, o efeito positivo de uma boa gestão de suprimentos é poder potencializar os resultados da empresa. Portanto, listamos algumas práticas que podem auxiliar o processo de como gerenciar a cadeia de suprimentos visando um bom planejamento e domínio sobre imprevistos.  

Mapear processos

A prática de mapear os procedimentos, ações, atividades e tarefas que são executadas na empresa deve fazer parte do dia-a-dia da cadeia de suprimentos. Mas, além disso, é de extrema importância o acompanhamento de seu desenvolvimento. 

A partir da assistência dos processos é possível avaliar o desempenho das atividades em todo fluxo da cadeia e assim realizar melhorias nas etapas que houver necessidade.

Controle de estoque

Dentro do gerenciamento eficiente da cadeia é preciso que o estoque esteja dentro do adequado. Isso porque, a eficiência não está somente em não deixar faltar, como também, não acumular estoque sem necessidade. 

Antes de tudo, é inevitável que um bom planejamento de estoque seja a base para a rede de fornecimento da empresa. Controlando os desperdícios e gastos desnecessários a fim de evitar prejuízos. 

Comunicação com fornecedores

Um dos pontos cruciais em um bom gerenciamento da cadeia de suprimentos é estabelecer uma boa comunicação com os fornecedores e torná-los parte do processo operacional. Isso porque, o trabalho da cadeia deve acontecer de maneira integrada, tendo em mente que os fornecedores são parte importante do processo é fundamental para as tomadas de decisão.

Ou seja, além de manter um bom relacionamento é indicado que tenha conhecimento da empresa que será fornecedora de produtos. Os processos de estabelecer diretrizes, prazos, políticas e níveis de qualidade não devem ser negligenciados.

Dicas para melhorar a gestão cadeia de suprimentos 

Saiba que, para obter uma boa estratégia de gestão é necessário adquirir processos que otimizem as atividades já realizadas, mas também, procurar por oportunidades de melhorias. Nesse sentido, apontaremos algumas dicas valiosas que podem ser encaixadas em ambos os objetivos.

Uso de ferramentas tecnológicas

Atualmente as ferramentas tecnológicas são mais que necessárias para otimizar processos complexos, por exemplo o de, como gerenciar a cadeia de suprimentos. A diversidade de atividades de alta importância dentro da rede de supply chain exige a utilização de ferramentas que auxiliam a gestão. 

Os avanços tecnológicos e a transformação digital já disponibiliza dispositivos, acessórios e ferramentas com inteligência artificial, algoritmos e eficiência necessária para executar tarefas automáticas.

Monte um setor especializado

O setor de suprimentos sozinho deve trazer resultados suficientes para a empresa, mas com uma integração entre setores parceiros isso pode ser impulsionado. O supply chain incorporado ao departamento de compras, por exemplo, pode garantir mais segurança e confiabilidade nas tomadas de decisões. 

É válido explorar as possibilidades dentro da empresa a fim de otimizar as atribuições setoriais. 

Qualifique sua rede de fornecedores

A rede de fornecedores da empresa é um ponto de partida extremamente importante para o melhor desempenho e aumento dos resultados. Contar com uma rede estratégica, confiável e com parcerias que partilham de uma cultura de compliance semelhante faz toda a diferença. 

E para ter acesso a fornecedores qualificados com altos níveis de ‘’fit cultural’’ e compliance com sua empresa, existem softwares que fazem todo o processo de procura e homologação de forma rápida e segura. É o caso da Linkana, uma ferramenta capaz de atribuir ao setor de suprimentos o melhor processo de administração de fornecedores. 

A importância da gestão de fornecedores na cadeia de suprimentos é notável, visto que seu mau gerenciamento pode impactar em todas as demais atividades do ciclo. E assim, consequentemente, afetar negativamente a empresa. 

Confira como pode ser fácil otimizar esse processo tornando automático e eficaz. Agende uma demonstração com um especialista e fortaleça a gestão de suprimentos da sua empresa.

Leo Cavalcanti

Leo Cavalcanti

Advogado, especialista em Planejamento Tributário e Finanças, soma mais de 05 anos de experiência com rotinas de auditoria empresarial e tributária, além de conhecimento em controladoria e práticas de departamento jurídico corporativo. Atualmente é CEO e um dos co-fundadores da Linkana.