Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: efeitos na empresa

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável são apelos globais à adoção de boas práticas que contribuem para melhorar o planeta e a vida das pessoas. 

Definidos em 2015 pela ONU, Organização das Nações Unidas, os ODS, como também podem ser chamados, compõem uma agenda mundial voltada para a construção e a implementação de políticas públicas que objetivam guiar a humanidade até 2030.

A agenda contempla um plano de ação internacional para alcançar 17 objetivos ambiciosos e interconectados. As metas englobam os principais desafios enfrentados no Brasil e no mundo no que se refere ao desenvolvimento humano.

As empresas que adotam os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável em seus processos, comprovam para os stakeholders que estão comprometidas com o bem-estar, o crescimento e a qualidade de vida das pessoas. Também reforçam seu compromisso com a preservação da natureza e com o desenvolvimento mundial de maneira geral.

Entretanto, não basta que somente as ações e as operações da companhia sigam a premissa. Para bons resultados, é fundamental que todos os agentes que contribuem com suas atividades tenham a mesma postura — isso se refere, por exemplo, à atuação dos fornecedores.

Neste artigo, falaremos sobre o que são os ODS, quais são os objetivos, como avaliar seu cumprimento e os impactos para sua empresa. Por isso, continue a leitura e confira!

O que são os ODS, Objetivos de Desenvolvimento Sustentável?

Os ODS, Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, são propósitos definidos pela ONU e assumidos por 193 estados membros da entidade (incluindo o Brasil), visando mudar o planeta até 2030. A agenda contempla 17 objetivos que abrangem temáticas fundamentais para o desenvolvimento humano sob cinco perspectivas: planeta, pessoas, prosperidade, parceria e paz.

A principal intenção com a definição e a adoção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável é cumprir o plano universal que foi traçado durante a Cúpula das Nações Unidas, em 2015, a fim de conquistar um futuro melhor para as pessoas e para o planeta.

Quais são os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU?

Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU são:

  1. Erradicação da pobreza: acabar com todas as formas de pobreza, em todos os lugares do mundo;
  1. Fome zero e cultura sustentável: erradicar a fome, melhorar a nutrição, atingir a segurança alimentar e promover a agricultura sustentável;
  1. Saúde e bem-estar: assegurar o acesso à saúde de qualidade e promover o bem-estar de pessoas de todas as idades;
  1. Educação de qualidade: garantir o acesso à educação de qualidade, equitativa e inclusiva, bem como promover oportunidades de aprendizado em diferentes etapas da vida das pessoas;
  1. Igualdade de gênero: empoderar as mulheres e as meninas e atingir a igualdade de gênero;
  1. Água potável e saneamento: assegurar a gestão sustentável e a disponibilidade de água potável e saneamento a todos;
  1. Energia limpa e acessível: garantir a todos o acesso a fontes de energia sustentáveis, modernas e fiáveis;
  1. Trabalho decente e crescimento econômico: promover fontes de renda e empregos produtivos e dignos a todos, e crescimento econômico sustentável e inclusivo;
  1. Indústria, inovação e infraestrutura: promover uma industrialização inclusiva, sustentável, fomentar a inovação e construir infraestruturas resilientes;
  1. Redução das desigualdades: diminuir as desigualdades em cada país e entre as nações;
  1. Cidades e comunidades sustentáveis: tornar as comunidades e as cidades lugares mais seguros, sustentáveis, resilientes e inclusivos;
  1. Consumo e produção responsáveis: assegurar padrões de produção e consumo sustentáveis;
  1. Ação contra a mudança global do clima: combater alterações climáticas e seus impactos por meio de definição e adoção de medidas urgentes;
  1. Vida na água: usar e conservar, de forma sustentável, mares, oceanos e recursos marinhos em prol do desenvolvimento das espécies;
  1. Vida terrestre: utilizar, restaurar e proteger os ecossistemas de maneira sustentável. Gerir da mesma forma florestas e também combater e reverter a desertificação e a degradação do solo e a perda da biodiversidade;
  1. Paz, justiça e instituições eficazes: fomentar a construção de sociedades pacíficas, inclusivas e sustentáveis, assim como garantir o acesso de todos à justiça, por meio da construção de instituições responsáveis e inclusivas;
  1. Parcerias e meios de implementação: revitalizar parcerias globais e reforçar meios de implementação de colaborações sustentáveis.

eBook
Programa de Diversidade de Fornecedores no Brasil
Tenha acesso a um guia completo de como estruturar o seu programa de diversidade de fornecedores. Veja erros, acertos, cases de sucesso e boas práticas do mercado!

Qual a relação entre as empresas e os ODS?

Em linhas gerais, as empresas são as que causam mais impacto ao meio ambiente, à vida humana e animal. Por esse motivo, sua participação para alcançar os ODS é primordial.

As companhias que incorporam os objetivos aos seus planejamentos, atividades e estratégias contribuem com a agenda, ao mesmo tempo em que melhoram suas atuações e relacionamentos com stakeholders.

Entre os motivos está o fato de que adotar práticas sustentáveis é uma forma de atrair e fidelizar consumidores mais conscientes e engajados com a proteção ao meio ambiente. Este reflexo junto aos clientes, por sua vez, melhora a imagem da marca e tende a chamar a atenção de potenciais investidores.

Somado a isso, o relacionamento com outros parceiros de negócio também costuma melhorar, a exemplo dos fornecedores que compõem a cadeia de suprimentos da companhia. E o contrário também é válido.

Quando se contrata empresas fornecedoras que seguem as premissas dos ODS, é muito mais fácil mitigar os riscos inerentes a essa contratação, a exemplo dos riscos ambientais, sociais, financeiros e reputacionais.

Em resumo, é possível dizer que todos ganham, começando pela empresa, passando pelos clientes, investidores, fornecedores e chegando até a sociedade ao redor.

Dica! Não deixe de ler este artigo: “Riscos ESG de fornecedores: quais os principais e como mitigá-los?

Como avaliar o cumprimento dos ODS na sua cadeia de suprimentos?

Em julho de 2022, foi lançado o “Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades – Brasil (IDSC-BR)”, ferramenta que avalia os avanços e os retrocessos da Agenda 2030 da ONU no nosso país.

Trata-se de uma solução inovadora, que torna o Brasil o primeiro país do mundo a fazer esse tipo de mensuração.

O IDSC-BR é um sistema gratuito, que apresenta dados da evolução das 5.570 cidades brasileiras frente aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Entretanto, se seu objetivo é verificar a atuação pontual de fornecedores quanto aos ODS, é necessário avaliar a dinâmica de trabalho de cada um, bem como os documentos e os relatórios que ajudem a comprovar seu comprometimento.

Por exemplo, você pode verificar se a empresa que pretende contratar para abastecer o seu negócio faz parte, ou não, do grupo de fornecedores diversos — dinâmica que está alinhada ao objetivo 5, igualdade de gênero.

Como fazer isso de maneira rápida, simples, precisa e eficiente? O sistema da Linkana pode ajudar você!

Como funciona o sistema da Linkana?

A Linkana é a primeira fundação de dados de fornecedores compartilhada do Brasil. Nossa base de dados de perfis universais de fornecedores permite que compradores analisem e homologuem fornecedores em alguns cliques. 

Com isso, aceleramos radicalmente os processos de onboarding, de análise e de monitoramento de fornecedores — graças aos dados dos fornecedores já preenchidos por eles ou por outra empresa —, permitindo o uso de dados e insights compartilhados entre as maiores corporações do nosso país.

Nossa solução contribui para você analisar e homologar fornecedores com agilidade, e não mais em semanas! 

Tome decisões de fornecimento do mesmo modo que as maiores corporações do Brasil fazem: usando nossos Perfis Universais de Fornecedores e o Linkana Supplier Rating, com informações padronizadas de cadastro, risco, ESG e D&I.

Confira no vídeo abaixo, com Leo Cavalcanti, CEO e cofundador da Linkana, como nosso sistema pode ajudar sua empresa!

Quer ter essa solução no seu negócio? Então preencha agora mesmo o formulário abaixo e converse com um dos nossos especialistas!

Leo Cavalcanti

Leo Cavalcanti

Advogado, especialista em Planejamento Tributário e Finanças, soma mais de 05 anos de experiência com rotinas de auditoria empresarial e tributária, além de conhecimento em controladoria e práticas de departamento jurídico corporativo. Atualmente é CEO e um dos co-fundadores da Linkana.

Artigos Populares

Ebook

Diversidade de Fornecedores

Tenha acesso a um guia completo de como estruturar o seu programa de diversidade de fornecedores. Veja erros, acertos, cases de sucesso e boas práticas do mercado!

logo linkana

Podcast

Procurement Hero

Líderes e referências do mercado de procurement batem um papo sobre tecnologia, dados e tendências.

Teste
Descubra se você é um comprador do futuro!

Tenha acesso a um guia completo de como estruturar o seu programa de diversidade de fornecedores.Veja erros, acertos, cases de sucesso e boas práticas do mercado!

logo linkana

Ferramenta

Consulta de CNPJ

Encontre o CNPJ e mais 10 outros dados de fornecedores em segundos.

logo linkana

Ebook

Gestão de Fornecedores

Descubra como fazer um gestão de fornecedores inteligente e guiada por dados na sua empresa!