Resources

Fornecedores

Fornecedores

Fornecedores

Prazo médio de vendas do fornecedor: por que é importante?

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

Written byLeo Cavalcanti

January 19, 2024

January 19, 2024

January 19, 2024

O prazo médio de vendas do fornecedor (PMV), também chamado de prazo médio de recebimento de vendas (PMRV), é um indicador que aponta a média de tempo necessário para uma empresa receber em seu caixa os valores provenientes da comercialização dos seus produtos e/ou serviços.

Dependendo do ticket médio do que é vendido, é comum que os valores demore alguns dias para serem liberados, já que a tendência é os clientes optarem pelo parcelamento das compras.

Quanto a isso, não há nenhum problema. Na verdade, permitir o parcelamento dos valores é uma ótima estratégia para atrair e fidelizar consumidores. 

A questão que precisa ser observada é quando a empresa não consegue equilibrar as contas e ter saldo suficiente para se manter até que o dinheiro das vendas seja totalmente liberado.

Olhando esse cenário a partir da gestão de fornecedores, ter na sua rede de abastecimento parceiros que não conseguem arcar com os compromissos monetários que têm pode afetar diretamente o seu negócio.

Um exemplo que podemos dar sobre isso é quando a empresa fornecedora não consegue pagar impostos. Órgãos fiscalizadores podem autuar a companhia, aplicar multas e, dependendo do caso, até mesmo determinar a interrupção das atividades até que o débito seja quitado.

Como você deve estar imaginando, se esse fornecedor estiver na sua rede de abastecimento, as chances de você ficar sem os produtos/serviços contratados são bem altas.

Por motivos como esses, é tão importante analisar o prazo médio de vendas do fornecedor durante o processo de homologação e qualificação. Veja, agora, como fazer essa verificação!

O que é prazo médio de vendas de fornecedor?

O prazo médio de vendas (PMV) é um indicador financeiro utilizado para identificar quanto tempo demora, em média, para uma empresa receber os valores provenientes das transações comerciais realizadas. Ele é essencial para mensurar a relação entre ganho e venda, bem como para equilibrar as contas do negócio.

Como comentamos logo na abertura deste artigo, permitir o parcelamento das compras é fundamental para estabelecer um bom relacionamento com os clientes e fidelizá-los. Entretanto, é preciso fazer o acompanhamento pontual das quantias que ainda entrarão no caixa e na conta bancária da empresa.

Quando essa parte da gestão financeira não é realizada corretamente, abre-se caminho para dívidas desnecessárias, levando ao comprometimento da saúde financeira e da lucratividade do negócio.

Imagine o seguinte cenário: um gestor não sabe quanto e quando terá liberado o valor das vendas feitas a prazo. Contudo, ele precisa arcar com as despesas da empresa, tais como o pagamento de funcionários, aluguel de espaço, água, luz e outras relacionadas.

Por não ter a certeza de quanto receberá nos próximos dias, ele opta por fazer um empréstimo bancário, a fim de garantir que terá dinheiro suficiente para pagar as contas.

Concorda que essa dinâmica pode afetar outras frentes desse negócio? Dependendo da situação, pode virar uma verdadeira "bola de neve" e comprometer o relacionamento que tem com outros parceiros de negócio.

Dica de leitura: "Qual a importância do fluxo de caixa na gestão de fornecedores?"

Modernize your supplier management today

Fill out the form below and discover the most complete and integrated SRM platform in Brazil.

Como calcular o prazo médio de vendas do fornecedor?

Uma das maneiras de calcular o prazo médio de vendas é aplicando a seguinte fórmula:

PMV = (valor médio de contas a receber/receita líquida) x 365

Neste caso, o cálculo apontará o PMV referente a um ano (365 dias). Porém, é possível adaptar a fórmula para outros períodos, conforme as informações que precisam ser levantadas.

Existem outras formas de chegar ao prazo médio de recebimento de vendas, tais como:

  • cálculo de prazo médio de uma única venda:

    • PMV = (prazo para pagamento X valor do produto) / valor do produto


  • cálculo de prazo médio de venda no geral:

    • PMV = (soma dos prazos de recebimento de todos os produtos X valor de todos os produtos) / soma dos valores de todos os produtos.

Vale destacarmos que o prazo médio de vendas do fornecedor, especificamente, pode ser analisado no DRE, Demonstrativo de Resultado do Exercício.

O Demonstrativo de Resultado do Exercício é um documento contábil que relaciona todas as receitas e despesas de uma empresa, resultando em diversos dados que ajudam a verificar como está sua saúde financeira.

Quais as vantagens do PMV na gestão de fornecedores?

O PMV gera diversas vantagens, e uma que se destaca é a possibilidade de negociar condições comerciais melhores, tais como as que surgem quando o prazo médio de vendas é maior que o prazo negociado pelo fornecedor.

Nessas situações, é possível ficar com um excedente de capital giro. Esse montante, por sua vez, pode ser usado para outras finalidades que também ajudam no crescimento do negócio.

Outras possibilidades vantajosas são buscar por:

  • desconto em pagamentos feitos à vista ou antecipados;

  • prazo de pagamento mais longo que o praticado geralmente.

Por que fazer a avaliação de PMV de fornecedores?

Fazer a avaliação do prazo médio de vendas do fornecedor é mais uma forma de proteger sua empresa de riscos reputacionais, de imagem, de desabastecimento, entre outros.

Empresas fornecedoras que estão em dia com os compromissos financeiros, e que realizam uma boa gestão monetária, transmitem muito mais credibilidade e confiança aos parceiros comerciais e ao público, de maneira geral.

Com a saúde financeira estável, os fornecedores geram menos riscos para os contratantes. Nesse caso, alguns exemplos de ameaças que podem ser mitigada são:

  • operacional: decorrente de problemas com abastecimento, indo de atrasos na entrega à perda de qualidade de produtos/serviços;

  • trabalhista: quando o não pagamento de salários de funcionários pode gerar responsabilidade subsidiária aos contratantes;

  • financeiro: que podem acontecer tanto devido a problemas no abastecimento (que levam a atrasos na entrega das soluções para os clientes finais) quanto decorrentes de questões jurídicas (como multas trabalhistas e fiscais).

Não deixe de ler este artigo: "Análise de estabilidade financeira de fornecedores: como realizar?"

Como verificar a saúde financeira de um fornecedor?

Além do prazo médio de vendas do fornecedor, há diversos outros índices que devem ser avaliados antes de efetivar a contratação desse parceiro comercial.

Considerando o volume de documentos e de dados que precisam ser verificados, conferidos e comparados, contar com a tecnologia certa faz toda a diferença.

Preencha agora mesmo o formulário abaixo e confira como funciona a solução de homologação de fornecedores das Linkana!

Radically optimize your supplier management

Sign up below and discover how to reduce supplier registration and approval time by up to 80%.

OTHER CONTENTS

Discover more news and trends in the procurement market