Procurement Analytics: saiba o que é, a importância e como fazer uma análise completa do setor de compras

Uma função relevante dentro das empresas é a análise de dados, mas esse conceito ganha maior peso quando é possível fazer Procurement Analytics, ou Análise de Compras, recurso indispensável para o equilíbrio financeiro de qualquer companhia.

O fato é que Procurement Analytics é um elemento preponderante para manter a economia das empresas e decisões de compras mais equilibradas. Por outro lado, as estratégias mal planejadas, partindo dessa análise, podem gerar grande prejuízo.

Ao longo deste artigo vamos explicar o que é Procurement Analytics, os tipos de análise e como aplicar no dia a dia. Acompanhe a gente!

O que é Procurement Analytics?

Procurement Analytics, ou Análise de Compras, é um procedimento de coleta e avaliação de dados de aquisições que ajuda a definir os rumos financeiros e mercadológicos de uma empresa.

A análise de compras envolve um conjunto de dados de sistemas diferentes, desde ERPs (em tradução para o português, Planejamento dos Recursos da Empresa) à exibição de informações em painel de visualização ou de ferramentas tecnológicas.

O uso do Procurement Analytics se deu devido à necessidade de as empresas em obter uma visão mais apurada sobre os gastos com compras. Com o passar do tempo, avaliar a aquisição de produtos e serviços deixou de ser um ato simples de visualizar os dados, atualmente também serve como um filtro de elementos essenciais para criar um planejamento estratégico.

Ou seja, o Procurement Analytics coleta, limpa e apresenta vários dados enriquecedores de sistemas diferentes, visando criar um valor comercial.

A partir disso, é possível perceber que a análise de compras contribui para criar insights poderosos, precisos e que possibilitam medir a importância das compras para a companhia.

Logo, quando utilizada de forma eficiente, a análise de compras ajuda a tomar decisões mais sólidas, onde as decisões de compra se tornam mais fáceis e o relacionamento com os fornecedores mais duradouros.

Quais são os tipos de Procurement Analytics?

Podemos perceber que o Procurement Analytics surgiu a partir da necessidade compreender o desempenho de compras passadas para facilitar às aquisições futuras.

Para chegar a um resultado lógico, as empresas passam por tipos comuns de análise de compras. São elas:

  • Análise Descritiva: onde os dados de compras são verificados para assimilar o que aconteceu nas aquisições passadas;
  • Diagnostic Analytics: onde os dados são interpretados para entender por que algo aconteceu no passado;
  • Análise preditiva: onde os padrões nos dados são utilizados para prever o desempenho futuro de compras;
  • Prescriptive Analytics: onde modelos preditivos baseados em dados de compras ajudam na tomada de decisões.

Qual a importância do Procurement Analytics?

Tenha em mente que a análise de compras não significa apenas avaliar gastos. Esse recurso é muito poderoso, pois abrange diversas etapas do setor de compras, desde o planejamento estratégico da empresa, passando pelo gerenciamento de categorias até o pós-compra.

Veja como a análise de compras pode ser fundamental em diferentes etapas:

Gestão de categorias

Utilizada de forma consciente, a análise de compras possibilita que os gestores identifiquem oportunidades econômicas, construam uma relação acessível com fornecedores e consigam driblar situações de risco.

Strategic sourcing

A análise de compras utilizada na metologia strategic sourcing consiste em identificar os horários apropriados para realizar eventos de sourcing e solicitar propostas para o abastecimento de compras. Essa pesquisa também é viável para descobrir as posições de risco dos fornecedores.

Gestão de contratos

A análise de compras é imprescindível em todo o tempo de vida de um contrato, pois alerta quando a documentação deve ser renegociada ou rescindida, e ajuda a fornecer informações importantes para a negociação com fornecedores.

Pedidos de compras

Com a análise, é possível mensurar os ciclos de pedidos de compras e melhorar os formatos de pagamento. O Procurement Analytics também serve para avaliar a precisão do pagamento e suas inconsistências, e encontrar novas oportunidades de desconto.

Como fazer a análise do histórico de compras?

1. Crie um planejamento

Para ter uma análise qualitativa do histórico de compras, é importante fazer um planejamento, considerando os tipos de produtos e mercadorias, e suas respectivas funcionalidades e qualidades que atraem o consumidor final.

A propósito, a visão do cliente mede o poder de decisão dos gestores, uma vez que caso ele não aprove os produtos, deve-se criar uma nova análise de compras e realizar alterações no fornecimento.

2. Reúna informações

Sistemas específicos são importantes para a coleta de informações, pois eles trazem automaticamente dados que constam nas notas fiscais eletrônicas de compras, de modo que facilite a entrega de relatórios aos gestores.

A partir dos dados reunidos sobre o que cada cliente adquire, é possível saber quais são os fornecedores mais apropriados para o seu negócio, isto é, aqueles que estão realizando o trabalho mais vantajoso. Isso flexibiliza a tomada de decisão e o planejamento de compras futuras.

3. Mapeie os dados

Ter acesso ao histórico de vendas é imprescindível para criar soluções, pois por meio dos dados disponibilizados pelo departamento de vendas pode-se identificar se algum produto foi mais vendido ou não em determinada época do ano, por exemplo.

Quer acompanhar todas as novidades do mercado de procurement?

Vem ouvir o Procurement Hero, podcast da Linkana, onde líderes do mercado batem papo sobre as últimas tendências, tecnologia e inovação.

Procurement Analytics: conte com a Linkana

Percebeu a importância do Procurement Analytics no dia a dia das organizações? Pois saiba que a Linkana pode ajudá-lo a ter os dados desejados em tempo real. 

Conte com a nossa plataforma SaaS, 100% em nuvem, segura para a captação de informações de fornecedores, por exemplo. 

Todo o sistema é centralizado em um único lugar, facilitando o seu processo de gestão de fornecedores.

Não perca tempo, faça como nossos cases de sucesso, e deixa a análise de dados manual de lado. 

Leo Cavalcanti

Leo Cavalcanti

Advogado, especialista em Planejamento Tributário e Finanças, soma mais de 05 anos de experiência com rotinas de auditoria empresarial e tributária, além de conhecimento em controladoria e práticas de departamento jurídico corporativo. Atualmente é CEO e um dos co-fundadores da Linkana.
logo linkana

Ferramenta

Consulta de CNPJ

Encontre o CNPJ e mais 10 outros dados de fornecedores em segundos.

logo linkana

Podcast

Procurement Hero

Líderes e referências do mercado de procurement batem um papo sobre tecnologia, dados e tendências.

logo linkana

Ebook

Gestão de Fornecedores

Descubra como fazer um gestão de fornecedores inteligente e guiada por dados na sua empresa!