Fidelização de fornecedores: 3 dicas para aplicar e quais os benefícios dessa política

Você já parou para pensar sobre a importância dos fornecedores parceiros da sua empresa, para a gestão eficiente do seu negócio? Sem a fidelização de fornecedores você corre muitos riscos, entre eles, ficar sem o produto ou matéria prima para produzir as mercadorias que comercializa. 

Mesmo com tamanha importância para as empresas é comum a dúvida sobre como fidelizar fornecedores

Principalmente, é comum o erro de achar que o fornecedor não vai “deixar” a sua empresa, porque, afinal, “você é o cliente dele” e ele “precisa de você para pagar as próprias contas”.

Bom, esse pensamento é muito antiquado e nenhum empreendedor atual deve cultivá-lo, porque não é exatamente assim que funciona. 

A seguir, listamos algumas vantagens de investir na fidelização de fornecedores, assim como você faz com a fidelização de clientes. Confira!

Benefícios de fidelizar fornecedores

Fidelizar os fornecedores diz respeito a mantê-los atendendo à sua empresa, mas também a mantê-los como parceiros da sua empresa.

Um fornecedor quando é um parceiro do seu negócio contribui, ativamente, para o seu crescimento. 

Por exemplo, um fornecedor que tem bom relacionamento com a sua empresa pode informar você de uma promoção que vai ocorrer nos próximos dias e que pode te ajudar a ampliar sua margem de lucro, também pode contribuir com prazos de entrega reduzidos e auxiliar oferecendo uma forma de pagamento mais vantajosa em um período de baixa receita, e mais.  

Aumento da competitividade

Imagine que o seu fornecedor possui várias mercadorias, quando uma novidade chega, e está alinhada ao seu tipo de negócio, um fornecedor parceiro pode avisar você antes do restante do mercado. Isso faz com que você seja um dos primeiros a receber a novidade no estoque e possa ampliar a competitividade no mercado. 

Esse é apenas um exemplo de como a fidelização de fornecedores pode contribuir para o aumento da competitividade de mercado. 

Fornecedores que oferecem prazos mais reduzidos também ajudam empresas que trabalham por encomenda (por exemplo, empresas de uniformes personalizados) , afinal, elas podem repassar esse prazo mais interessante aos clientes, saindo na frente de empresas que possuem um prazo maior.

As vantagens vão depender do tipo de empresa que você gerencia, mas, com certeza, são muitas.

Redução de prazos para entrega 

Já citamos acima, mas vale a pena reforçar que uma das principais vantagens de investir na fidelização de fornecedores é a potencial redução de prazos de entrega de mercadoria

Esse benefício é especialmente relevante em alguns momentos, como o estouro de venda de um produto ou o recebimento de um grande pedido de um cliente. 

Poder negociar prazos com seus fornecedores oferece mais flexibilidade para seu negócio e isso torna sua gestão mais dinâmica, uma característica muito importante para quem deseja ganhar mais e mais mercado. 

Valores diferenciados

Se você fosse um vendedor e pudesse dar um desconto especial a um cliente, daria para aquele cliente mala ou para um cliente com o qual tem uma excelente relação? A resposta é óbvia e é a mesma que o seu fornecedor daria. 

O cliente que cria uma boa relação com o fornecedor, geralmente, sai na frente na conquista de descontos e participação de promoções. Fique atento!

Fornecedor também é promotor

Assim como seus clientes, os fornecedores também conhecem outras pessoas e podem se tornar promotores da sua empresa, levando seu nome, de maneira positiva, para outras empresas e parceiros, que podem vir a fazer negócios com a sua marca. 

Isso não acontece se você não tem uma boa relação com esses parceiros.

Dicas de atendimento para a fidelização de fornecedores 

1. Respeite o preço e a qualidade do fornecedor

Todo negócio deseja encontrar produtos a um preço mais baixo, para assim poder diminuir os custos da empresa e ampliar a margem de lucro. Entretanto, é importante respeitar o fornecedor, o preço e a qualidade do produto que ele oferece. 

Comparar o preço e o produto de um fornecedor com outro, quando há uma diferença clara de qualidade, pode ser um tiro no pé.

Para fidelizar fornecedores você deve respeitar seus produtos e entender os limites de negociação de preço.

Coloque na balança o que é mais importante para você e para o tipo de negócio que você tem. Encontre um fornecedor que atenda a isso e negocie dentro dessas margens. 

Um fornecedor que sente seu preço e seu produto respeitados, pode gerar outros benefícios como: exclusividade, prioridade e prazo. 

2. Alinhe os processos e expectativas

Quando os processos dos seus fornecedores são alinhados aos seus processos e as expectativas são definidas e compartilhadas, a chance de atritos é muito reduzida. 

Menos atritos representam, quase sempre, uma boa relação profissional.

Organize a gestão do seu estoque de acordo com os processos do fornecedor. Se não for possível, converse com antecedência sobre potenciais adaptações. 

O fornecedor quer vender e você quer comprar, se tudo for combinado com antecedência é possível que todos saiam felizes. 

Quando você faz um bom controle de estoque e tem um bom relacionamento com seus fornecedores, é mais fácil gerenciar os momentos em que as coisas “saem um pouco do controle”, por exemplo, quando você precisa fazer um pedido maior para ser entregue em menos tempo. 

Todo mundo tem imprevistos, o problema é quando a sua gestão é só imprevistos e afeta a gestão do fornecedor, que está constantemente se ajustando para atender você. 

Com isso, você pode se tornar um problema para o fornecedor e acabar com seus planos de fidelização. 

3. Crie uma boa comunicação e um bom atendimento

A comunicação é o ponto chave de todo relacionamento, inclusive entre fornecedores e empresas. 

Assim como você sabe o nome dos seus clientes, saber o nome dos fornecedores e criar uma conversa personalizada e um atendimento humanizado a cada contato vai fazer sua empresa ganhar pontos com ele. 

Também fica mais fácil “pedir favores” quando você tem uma relação mais próxima com esses profissionais. 

Preocupe-se em  melhorar a experiência do fornecedor assim como você faz com a experiência do cliente. Organize todos os dados de seus fornecedores, tenha uma central com essas informações, complete com informações sobre histórico da sua empresa com eles e preencha tudo o que for interessante para futuros contatos.

Este artigo foi escrito pela Movidesk, empresa especializada em soluções para o atendimento ao cliente com mais de 1.700 empresas no Brasil.

Leo Cavalcanti

Leo Cavalcanti

Advogado, especialista em Planejamento Tributário e Finanças, soma mais de 05 anos de experiência com rotinas de auditoria empresarial e tributária, além de conhecimento em controladoria e práticas de departamento jurídico corporativo. Atualmente é CEO e um dos co-fundadores da Linkana.