O que é Cost Avoidance? Como usar este indicador no setor de Compras da sua empresa

Um dos maiores confrontos no setor de Compras é o aumento de custo dos produtos ou serviços. Essa alteração de valores é muito comum durante o momento de renegociação de contratos, no entanto, pode criar uma enorme de cabeça. Mas saiba que é possível reduzir o preço sem evitar desgaste na relação entre os responsáveis, é o que chamamos de cost avoidance.

Supomos que a formalização de um contrato dependa do reajuste, previsto em 10% após um ano. Em contrapartida, é possível reverter esse valor baseado em critérios de negociação, chegando a uma estimativa de aumento de, no máximo, 8%.

No atual contexto, como construir esse tipo de acordo envolvente e sólido, evitando prejuízos financeiros para evitar prejuízos financeiros? Explicaremos detalhadamente mostrando o que é cost avoidance. Continue a leitura e entenda mais sobre o assunto!

O que é Cost avoidance?

Cost avoidance, em português com tradução para “Custo Evitado”, é um indicador de desempenho que mostra as possibilidades de diminuir o valor máximo durante um acordo, ou seja, o processo está relacionado às ações que eliminam o aumento das despesas.

Podemos ver a aplicação do cost avoidance durante a contratação de uma plataforma que opere em SaaS, modelo em nuvem. 

Em suma, cost avoidance é praticamente uma medida de precaução de modo a evitar que as empresas tenham despesas adicionais sem necessidade, pelo menos em determinado momento. Quando as compras são inevitáveis, o objetivo é reduzir ao máximo o impacto.

Percebeu como o cost avoidance pode ser importante para a durabilidade de uma empresa? Veja outros exemplos de onde o termo pode ser aplicado:

  • redução de mão de obra adicional;
  • diminuição do valor do reajuste de um produto já aplicado pelo fornecedor;
  • alteração no planejamento de manutenção que reduz as paradas na produção.

O que é cost saving?

Cost saving é um indicador que avalia a economia financeira em certas negociações, fundamental para potencializar os lucros de uma empresa.

Na prática, o cost saving é da seguinte forma: supomos que um saco de arroz custa R$6, mas, durante a conversa com o fornecedor, a equipe de compras fecha o valor de R$4. Logo, a economia de R$2 refere-se ao cost saving, isso significa que a empresa pagou um valor abaixo do ofertado no orçamento inicial.

Cost avoidance x Cost saving: qual a diferença?

Embora sejam tratados como sinônimos, os dois termos têm conceitos diferentes. Cost avoidance não deve ser encarado como ganho financeiro, pois não representa impacto nos balanços financeiros de uma empresa a curto prazo. Isso podemos observar no primeiro exemplo citado, o qual a formação de um contrato diminuiu de 10% para 8%.

Já o cost saving opera com ganho imediato. O reajuste de R$2 no preço do arroz interfere no orçamento da empresa. Percebeu a diferença?

Custo evitado x ganho financeiro

É preciso ficar claro que custo evitado não é a mesma coisa que ganho financeiro. O cost avoidance significa eliminar custos no setor de compras.

Por exemplo, se um litro de leite custa R$5 e você consegue comprá-lo por R$3, esse é um cálculo de cost saving, mas se a ideia é reajustar o contrato em 5%, por exemplo, essa redução é um cost avoidance.

Em termos gerais, o cost avoidance é utilizado em altas negociações e não envolve os gastos diretos. Já o cost saving mexe no orçamento a curto prazo.

Como aplicar essas ações no dia a dia? 

Agora que você já sabe o que é cost avoidance e saving, saiba como usá-los na sua empresa para garantir bons contratos e preços justos.

1. Escolha os fornecedores cautelosamente

A negociação de fornecedores é um ponto crucial para o dia a dia da indústria. Na hora de escolher os parceiros, observe se eles estão abertos a receber propostas, caso não, talvez seja o momento de selecionar outros profissionais e ajustar o contrato com os escolhidos.

eBook
Gestão de Fornecedores

Aprenda como fazer uma gestão de fornecedores inteligente e guiada por dados na sua empresa.

2. Organize o planejamento de compras

O planejamento de compras é fundamental para que a seleção de produtos não interfira drasticamente no orçamento da empresa. A reposição de produtos deve ser realizados em texto e quantidade exatos.

3. Ajuste o orçamento de compras

É necessário acompanhar de perto o orçamento de compras e saber se está sendo cumprido à risca. As informações coletadas serão de grande utilidade para otimizar as negociações e conquistar resultados satisfatórios, diminuindo ou evitando gastos desnecessários.

Cost avoidance: como usar na prática?

Entendido o que é cost avoidance e saving, fica mais claro perceber como estes indicadores são relevantes para a área de compras, tornando a indústria mais competitiva e rentável.

Uma estratégia interessante visando acertar na aquisição de produtos é montar um fluxograma de compras para o seu negócio, isto é, construir um mapeamento para o processo de compras.

Assim, você terá uma visão macro do sistema e conseguirá verificar os preços e o que pode ser evitado durante as compras e a formação dos contratos.

Quer tomar melhores decisões para obter os melhores produtos e serviços e na gestão de seus fornecedores? Saiba mais preenchendo o formulário abaixo:


Leo Cavalcanti

Leo Cavalcanti

Advogado, especialista em Planejamento Tributário e Finanças, soma mais de 05 anos de experiência com rotinas de auditoria empresarial e tributária, além de conhecimento em controladoria e práticas de departamento jurídico corporativo. Atualmente é CEO e um dos co-fundadores da Linkana.
logo linkana

Ferramenta

Consulta de CNPJ

Encontre o CNPJ e mais 10 outros dados de fornecedores em segundos.

logo linkana

Podcast

Procurement Hero

Líderes e referências do mercado de procurement batem um papo sobre tecnologia, dados e tendências.

logo linkana

Ebook

Gestão de Fornecedores

Descubra como fazer um gestão de fornecedores inteligente e guiada por dados na sua empresa!