5 técnicas de qualificação de fornecedores para não errar

Toda empresa trabalha, em algum momento, com algum parceiro. E para poder entregar o melhor produto final possível, é válido afirmar que a maioria dos negócios escolherá os parceiros mais confiáveis e que apresentem o melhor trabalho possível, não é mesmo?

Se você concordou com o questionamento acima, temos outra pergunta para lhe fazer: você tem essa mesma preocupação e cuidado quando está buscando bons fornecedores?

Os fornecedores são uma importante etapa do seu trabalho, então é imprescindível que sua equipe de Procurement realize uma boa qualificação de fornecedores para selecionar quem contribuirá positivamente com a sua instituição.

Se você não sabe o que olhar nos fornecedores, este artigo é para você. Acompanhe a leitura para descobrir 5 técnicas de qualificação de fornecedores. 

A importância de ter técnicas de qualificação de fornecedores nas empresas

A qualificação de fornecedores é de grande relevância para o processo de homologação, já que com ela é possível filtrar as opções disponíveis no mercado. 

Nos dias de hoje é fácil encontrar uma variedade de empresas que realiza o serviço que você busca, então é necessário ter um processo que lhe ajudem a identificar as opções mais adequadas no menor tempo possível.

O E-Commerce na Prática inclusive gravou o vídeo abaixo, que fala sobre como encontrar bons fornecedores:

Descobrir, catalogar e avaliar individualmente cada informação seria extremamente trabalhoso com um consumo muito alto de tempo.

É por isso que um processo de qualificação de fornecedores é útil: o objetivo do processo é reunir a maior quantidade possível de informações sobre um potencial fornecedor, para identificar pendências, mitigar riscos e aumentar a eficiência do processo.

Com ele, é possível implantar agilidade e eficiência nas rotinas, evitando o desperdício de tempo com terceiros que não estão à altura das suas necessidades.

Importante destacar que com as técnicas de qualificação de fornecedores será possível encontrar qualquer tipo de pendências, seja ela fiscal, tributária, trabalhista ou mesmo ambiental, no histórico do fornecedor.

Já que essas pendências podem acabar afetando os parceiros desse parceiro, é válido considerar descartá-lo do processo para reduzir os riscos de irregularidades e prejuízos a empresa contratante, sejam eles financeiros, operacionais ou reputacionais.

Quais técnicas de qualificação de fornecedores implantar na minha empresa?

A relação entre a sua empresa e os seus fornecedores deve estar baseada em confiança, cooperatividade e transparência.

Para que vocês possam começar essa parceria com o pé direito, confira abaixo algumas técnicas de qualificação de fornecedores para implementar nos seus processos de Procurement.

1. Compromisso com a legislação 

Um fornecedor com irregularidades pode resultar em prejuízos para seu negócio, sejam eles financeiros, tributários ou de imagem.

Pagamentos de todos os encargos trabalhistas, regularidade com a destinação de resíduos e atendimento à legislação ambiental e sanitária, e o recolhimento de tributos são alguns dos pontos que você checar para garantir que seu possível parceiro atende a todos os requisitos legais pertinentes ao segmento de atuação dele.

2. Entenda o quão competente o fornecedor é

Antes de definir qual das possíveis empresas entrará na sua cadeia de suprimentos, olhe para fora da sua empresa: como outros clientes dos fornecedores avaliam esse parceiro? Acreditam que ele faz um bom trabalho? Quais foram as dificuldades que eles já passaram com esse fornecedor? E se você conhecer ex-clientes, por que eles encerraram a parceria?

Não se esqueça que as empresas são diferentes, então o que pode funcionar para uma pode não funcionar para outra.

Se a sua preocupação é com a eficiência dele, uma solução viável são as auditorias operacionais. Por meio delas, você descobrirá se o fornecedor oferece boas condições de trabalho, se capacita os colaboradores – enfim, se a empresa está sempre em busca de melhorias.

Leia também: Quais são os critérios para qualificação de fornecedores essenciais para seu negócio?

3. Descubra se há uma preocupação com o meio ambiente

A sustentabilidade e os cuidados com descarte de resíduos ou de efluentes são um assunto que ganham cada vez mais atenção e importância dentro e fora das empresas. Consequentemente, se sua empresa quer melhorar seu Compliance reputacional, por que não se atentar se esse fornecedor possui as mesmas prioridades que você?

Ele usa recursos naturais de forma consciente? Ele busca alternativas sustentáveis? Qual a origem dos insumos que ele usa em seus processos de produção? Quais práticas sustentáveis fazem parte de seus processos?

Lembre-se de que esses são fatores que devem ser constantemente avaliados para manter a boa imagem do seu negócio.

4. Há espaço para flexibilidade?

Neste tópico, podemos falar de dois tipos diferentes de flexibilidade: financeira e produtiva.

Como afirmamos ao longo do artigo, quando duas partes embarcam em uma parceria é importante que haja confiança e vantagens para ambas partes.

Portanto, o fornecedor que você está avaliando está aberto a negociar valores de produtos adquiridos em grandes quantidades? Há possibilidade de alterar prazos de entrega? E se você tiver um pedido maior em um respectivo mês, ele conseguirá atender a demanda?

A flexibilidade é um fator que deve ser analisado minuciosamente, pois é com ela que uma parceria pode ser de muito sucesso (ou muita dor de cabeça).

5. O que vale mais: o custo ou o benefício

A maioria – se não todos – os departamentos de Procurement de grandes empresas estão sempre em busca de maneiras de diminuir os custos e, por consequência, aumentar os lucros. Porém, nem sempre a matéria-prima mais barata é a melhor para seu negócio.

Solicite amostras dos produtos e os avalie profundamente, olhando para o seu bolso mas também para o produto final e a satisfação que seus consumidores receberão ao utilizá-los.

Também é válido buscar opiniões de colaboradores de outros setores, como a equipe de vendas, para entender se é válido colocar esse produto como a imagem de sua empresa.

Produtos baratos podem ser bons no curto prazo, mas são os produtos de qualidade que conquistam e fidelizam os clientes.

Em conclusão…

Esperamos que neste artigo você tenha entendido algumas das principais técnicas de qualificação de fornecedores que você pode aplicar nos seus processos de homologação e cadastro de novos fornecedores.

Leo Cavalcanti

Leo Cavalcanti

Advogado, especialista em Planejamento Tributário e Finanças, soma mais de 05 anos de experiência com rotinas de auditoria empresarial e tributária, além de conhecimento em controladoria e práticas de departamento jurídico corporativo. Atualmente é CEO e um dos co-fundadores da Linkana.