Governança corporativa e ética empresarial: compreenda a importância dessa relação para a sua organização

Um conjunto de processos e leis que orientam a administração de uma empresa, a governança corporativa é um assunto visto por muitos como complexo, mas essencial para o sucesso das organizações.

Apesar de girar em torno de quatro conceitos interligados, nenhum deles consegue existir sem o alicerce da ética empresarial. Portanto, para que uma empresa tenha sucesso reputacional e financeiro, é imprescindível que ela trabalhe a governança corporativa e a ética empresarial em conjunto. Continue a leitura para entender melhor essa relação.

Qual a relação entre governança corporativa e ética empresarial?

Antes de olharmos para a relação entre a governança corporativa e a ética empresarial, vamos entender os papéis isolados que elas têm dentro de uma empresa.

A ética empresarial é um grupo de princípios que está relacionado aos valores de uma empresa dentro de sua área de atuação. Por meio da ética empresarial, a organização consegue assegurar sua sobrevivência, reputação e, se todos os pontos forem seguidos corretamente, bons resultados.

As ações dos colaboradores, as decisões tomadas pela gestão, direção, acionistas e a relação da organização com públicos externos, tudo está ligado à ética empresarial.

De extrema importância dentro do ambiente de trabalho, o professor Robert Henry Srour, Doutor em Sociologia pela USP já até realizou uma palestra sobre os benefícios de uma conduta empresarial ética e os riscos de não inserir o tema na estratégia dos negócios, que você pode conferir abaixo:

Já a governança corporativa, pode ser resumida como um conjunto de ações que pretende implementar a cultura e os valores da organização na rotina dos colaboradores para melhorar a qualidade da gestão empresarial.

Como já citamos no início do artigo, a governança corporativa tem quatro princípios que asseguram que os direitos de todas as partes interessadas sejam preservados sem que a empresa seja atingida negativamente. São eles:

  • Transparência
  • Equidade
  • Prestação de Contas
  • Responsabilidade corporativa

Entretanto, empresas que não se esforçam para unir a ética às boas práticas de governança podem se envolver em grandes crises e colocar o próprio negócio em risco.

Suborno, coerção, negociação com informações privilegiadas, conflito de interesses, discriminação injusta, a lista de questões antiéticas é longa. Mas com uma forte governança corporativa, essas questões podem ser controladas.

De maneira resumida, podemos dizer que a ética empresarial, por meio de programas de governança corporativa e também de Compliance, busca motivar as empresas e todos os envolvidos nela a obedecer tanto ao conteúdo quanto ao espírito das leis e normas da prática empresarial e profissional.

Quais os benefícios para uma empresa que une a governança corporativa e a ética empresarial?

Apesar de ser moralmente sugerido, nem sempre a ética ou a governança são vistas como um bom investimento. Já que é mais comum que os gestores invistam o tempo e dinheiro da organização em ações com retornos mais “palpáveis”, reunimos alguns benefícios dessa prática.

Melhores investimentos e financiamentos

Uma empresa ética e socialmente responsável é uma empresa melhor vista perante os investidores, instituições financeiras, ONGs, sindicatos, fornecedores e até mesmo o governo estadual e federal. 

Essas pessoas e instituições são sempre afetadas com os passos dados pela empresa, sejam eles positivos ou negativos. Portanto, manter a empresa em uma linha ética, séria e responsável é essencial para a saúde desses relacionamentos e, por consequência, da organização.

Mas não se esqueça que também é essencial que os negócios em que a empresa se envolva sejam com parceiros que buscam a mesma ética e responsabilidade empresarial. Com os fornecedores, por exemplo, o engajamento em causas sustentáveis, sociais e de governança devem ser verificados logo no início do relacionamento para evitar riscos e sustos no futuro.

A homologação de fornecedores é um passo essencial para agregar mais segurança à sua gestão de compras. E com a ferramenta correta, também é possível adicionar eficiência a essa equação. 

A Linkana automatiza todo o processo de qualificação e gestão de riscos de fornecedores, permitindo que sua equipe mitigue riscos enquanto diminui o tempo gasto em processos repetitivos e, em consequência, o dinheiro desperdiçado nesse processo.

Ambiente de trabalho mais saudável

Na implementação de um sistema de governança corporativa, as mudanças no ambiente de trabalho costumam ser um dos primeiros impactos notados. Uma empresa que valoriza princípios éticos e morais se torna exemplo para os colaboradores, que começam a se identificar com os valores da empresa e se tornam mais comprometidos e leais com o seu trabalho.

Com essas boas práticas, também é possível melhorar a sensação de comunidade dentro do ambiente empresarial, onde o trabalho em equipe e o diálogo se tornam uma constante, possibilitando a criação de um espaço mais produtivo e com mais talentos.

Minimização de riscos

Com a governança corporativa e a ética empresarial dentro da empresa, também é possível que ela sofra menos multas e processos. 

Afinal de contas, problemas de furtos, sabotagens e discriminações serão minimizados com as novas práticas, diminuindo o risco de problemas financeiros e judiciais e, por consequência, menos escândalos que prejudicam a imagem da organização.

Consolidação da marca no mercado

Se a sua empresa já está fazendo algo de bom internamente, por que não levar isso para o mundo externo?

A participação em programas sociais e sustentáveis, que proporcionam saúde, conforto e segurança à sociedade e ao meio ambiente garante a consolidação da marca no mercado, por torná-la mais confiável e segura. Com uma reputação melhor, sua empresa será vista como uma melhor parceira de negócios e então, você notará benefícios como o abaixo.

Mais chances de crescimento

Todos os pontos que trouxemos culminam nesse benefício, o que todos os gestores esperam ter ao implementar um novo processo dentro da empresa. Se a sua empresa tem novos investimentos, colaboradores mais engajados e uma melhor reputação de marca, o caminho da sua empresa é de crescimento.

É natural que consumidores, investidores, parceiros e o mercado em geral escolham trabalhar com uma empresa que privilegia os aspectos éticos, tem uma boa reputação e está comprometida com os resultados do ponto de vista global, indo além do simples lucro. 

Governança corporativa e ética empresarial são o melhor caminho para a sua empresa

Por unir a governança corporativa e a ética empresarial, a empresa deixa de ter como único foco e valor a economia. Ao expandir a visão empresarial para o bem geral de todos os envolvidos no negócio, e não apenas para os acionistas, a organização pode se consolidar no mercado e crescer da maneira correta: a maneira ética.

Leo Cavalcanti

Leo Cavalcanti

Advogado, especialista em Planejamento Tributário e Finanças, soma mais de 05 anos de experiência com rotinas de auditoria empresarial e tributária, além de conhecimento em controladoria e práticas de departamento jurídico corporativo. Atualmente é CEO e um dos co-fundadores da Linkana.