Conheça 4 vantagens do uso do big data em Compliance

Você já parou para pensar na quantidade de dados que uma indústria armazena diariamente? Uma multinacional? E então um escritório de advocacia? Imagine então como é realizada a organização, controle e busca de todos esses arquivos. Não consegue sequer imaginar?

Segundo um estudo da BSA | The Software Alliance, diariamente podem ser gerados até 2,5 quintilhões de bytes de dados. Até 2025, a expectativa da empresa de tecnologia Seagate é que o volume alcance 163 zettabytes, 10 vezes mais que em 2016.

Informações são necessárias para os negócios e grande parte delas devem ser armazenadas sempre que possível, mas para manter todos esses dados em ordem pode ser necessária uma ajudinha da tecnologia – nesse caso específico, de um sistema de Big Data. 

Mas o Big Data não serve apenas como uma “bibliotecária de arquivos digitais”, armazenando e encontrando arquivos aleatórios em momentos de necessidade. Unido com o Compliance, por exemplo, a análise de dados auxilia a tomada de decisões e a tornar a sua empresa mais eficaz e segura. 

Quer saber como? Continue a leitura para entender sobre big data em Compliance.

Qual o conceito de big data?

Talvez você esteja se perguntando se sua empresa já não trabalha com big data. Com ele, é possível analisar e entender uma quantidade excepcional de dados variados para ajudar empresários a terem insights que servirão de guias para as suas empresas a fim de reduzir custos, aumentar a eficiência e obviamente conseguir mais faturamento.

Para descobrir se sua empresa está lidando com big data ou não, vamos analisar os três Vs, usados para classificar esses dados?

Volume: refere-se à grande quantidade de dados que podem ser obtidos por fontes diversas, desde redes sociais e transações financeiras até transmissões entre máquinas dentro ou fora da empresa.

Velocidade: também vale citar a alta velocidade em que esses dados são recebidos e processados. Mesmo com maior complexidade e variedade, esses dados devem ser processados rapidamente para que as informações sejam utilizadas em tempo real e possam influenciar na tomada de decisão. Existem tecnologias usadas na cadeia de suprimentos, como etiquetas RFID, que também podem ajudar.

Variedade: nesse ponto é abordado a amplitude de dados e a forma que eles são recebidos, desde estruturados (como os numéricos, que estão bancos tradicionais) ou não estruturados (vídeos, textos, áudios, cotações da bolsa e outros).

No vídeo abaixo, os 3 Vs do Big Data são abordados com mais detalhes. Confira: 

Como posso aliar o big data em Compliance?

Você já entendeu o conceito do big data, mas e o Compliance? Quais são as vantagens de unir essa tecnologia com os processos de conformidade? Vamos conhecer logo abaixo.

Prevenção de comportamentos fraudulentos

Existem estudos que afirmam que, apenas no Brasil, 5% dos lucros de empresas são perdidos com fraudes. Com cibercriminosos cada vez mais sofisticados, como sua empresa pode mitigar riscos como a lavagem de dinheiro sem ter uma equipe especializada nesse assunto? Com o big data.

É a análise de dados que ajudará a sua empresa e a sua equipe de Compliance a detectar ameaças cibernéticas e agir de acordo para evitar essa situação. 

Quanto mais dados gerados, maior a possibilidade de se perder nessas informações e não identificar o que realmente interessa. Por isso o big data acelera o Compliance e aumenta a confiança de investidores e clientes no seu negócio.

Melhor tomada de decisão

Nós já abordamos o ponto acima, mas essa vantagem também vale ser abordada brevemente neste ponto do texto. Quando falamos de Compliance, falamos de conformidade e a tomada de decisões faz parte disso. Como uma decisão será tomada sem saber se ela mitigará um risco?

E com o big data, ao invés de tomar decisões apenas no “achismo”, é possível obter uma visão mais completa de seus questionamentos, como também uma visão mais precisa.

Gerenciamento de riscos de fornecedores

Certidões. Documentos públicos. Documentos privados. Contratos. Esses são apenas alguns dos documentos necessários para homologação de fornecedores que sua empresa já deveria ter em mãos.

Mas e no caso de uma multinacional, em que o número de fornecedores pode alcançar os milhares, como gerenciar adequadamente cada um deles e garantir que os riscos estão sendo gerenciados? Com o big data, a gestão se torna mais fácil e toda essa papelada fica mais organizada e facilmente acessível.

Experiência do cliente

Você sabe o comportamento de seus clientes? Quais são os produtos prediletos, qual o tempo médio de visitas no site, os comentários que vocês recebem nas redes sociais ou o número de ligações antes de uma compra ser feita?

A corrida para fazer uma venda, seja ela online ou física, está mais acirrada do que nunca e uma visão mais clara pode ser o diferencial que você busca. Você já parou para pensar que, com uma análise de big data, é possível entender o comportamento dos clientes e esses dados podem influenciar diretamente o processo de tomada de decisão?

O Compliance reputacional definitivamente agradece essa atenção.

Outras tecnologias que são aliadas do big data no Compliance

Existem outras tecnologias que podem ser usadas junto ao big data no Compliance para garantir mais efetividade e segurança. O Machine Learning e a Inteligência Artificial são dois exemplos disso.

Enquanto a Inteligência Artificial é uma inteligência parecida com a humana, o Machine Learning é um subconjunto da IA que apresenta à Inteligência uma série de cenários até que ela aprenda a reconhecer padrões e agir a partir deles.

Agora vamos imaginar o exemplo que citamos acima, do Big Data poder ajudar com a prevenção de comportamentos fraudulentos. Com o Machine Learning, você sabia que é possível prever padrões antes mesmo de humanos saberem que eles existem?

É por isso que essas tecnologias estão sendo cada vez mais adotadas por empresas que buscam mais segurança na sua rotina. A Linkana, por exemplo, utiliza tecnologias como essas para criar um software que automatiza todo o processo de qualificação de fornecedores e Compliance com um software intuitivo e eficiente para identificar riscos.

Se a sua empresa quer que o Compliance seja ainda melhor implementado, a análise de pode ser a opção ideal. Com o big data em Compliance, é possível prever ameaças facilmente e desenvolver estratégias de mitigação antes que elas ocorram.

Leo Cavalcanti

Leo Cavalcanti

Advogado, especialista em Planejamento Tributário e Finanças, soma mais de 05 anos de experiência com rotinas de auditoria empresarial e tributária, além de conhecimento em controladoria e práticas de departamento jurídico corporativo. Atualmente é CEO e um dos co-fundadores da Linkana.
logo linkana

Ferramenta

Consulta de CNPJ

Encontre o CNPJ e mais 10 outros dados de fornecedores em segundos.

logo linkana

Podcast

Procurement Hero

Líderes e referências do mercado de procurement batem um papo sobre tecnologia, dados e tendências.

logo linkana

Ebook

Gestão de Fornecedores

Descubra como fazer um gestão de fornecedores inteligente e guiada por dados na sua empresa!