Como melhorar a cadeia de suprimentos: 7 passos eficientes para começar já!

Um dos principais elos das empresas, a cadeia de suprimentos – também conhecida como supply chain – possibilita desde gerenciar o abastecimento de insumos e matérias-primas, como, até mesmo, melhorar a experiência final do cliente.

Porém, o fato de uma empresa ter essa cadeia logística não é o suficiente para o sucesso. Um supply chain mal projetado pode atrapalhar toda a rotina de produção de uma empresa, influenciando negativamente sua relação com parceiros e compradores, e atrapalhando o desenvolvimento da sua marca.

Já para as empresas que buscam como melhorar a cadeia de suprimentos, isso significa agilidade nas entregas, redução do desperdício de insumos e mais demandas atendidas. Tudo isso resultando, claro, em um maior lucro para a empresa.

E se você está pensando “Mas como que minha empresa pode melhorar a cadeia de suprimentos?”, chegou ao lugar certo! Vamos descobrir?

O que é e qual a importância da cadeia de suprimentos?

A cadeia de suprimentos pode ser resumida como um grupo de caminhos, que vão desde a compra dos insumos e matérias-primas até a entrega ao consumidor final, como a produção, armazenamento, venda e distribuição.

Com o objetivo de gerar a satisfação do cliente, a cadeia deve atender todos os requisitos necessários para satisfazer os clientes no menor tempo possível, sempre olhando para a redução de custos e também o aumento na qualidade do produto.

O que é a cadeia de suprimentos, inclusive, foi tema de um vídeo da Fundação Dom Cabral, que você pode conferir abaixo:

Como melhorar a cadeia de suprimentos?

Integre todas as equipes envolvidas na cadeia

Você verá a palavra integração várias vezes ao longo do texto, pois ela é essencial para uma cadeia de suprimentos eficiente.

Olhando para os processos da cadeia, você não diria que setores como de finanças, produção, operações, marketing e Procurement dependem uns dos outros para funcionar perfeitamente? 

Por isso a importância da palavra integração. Unir os times para que eles trabalhem juntos e se comuniquem mais ocasionará:

  • Redução em burocracias
  • Diminuição de custos operacionais
  • Otimização da produtividade dos processos
  • Decisões mais assertivas
  • Aprimoramento da gestão de estoque 
  • Mais agilidade na execução de tarefas
  • Maior nível de satisfação dos clientes

Se você tinha dúvidas de como melhorar a cadeia de suprimentos, transforme a palavra integração em estrela-guia do seu negócio.

2. Otimize sua previsão de demandas

A otimização da previsão de demandas é mais uma maneira de ter um impacto positivo na estrutura da cadeia de suprimentos, pois não só evita o desperdício de insumos em momentos de baixa produção, como também reduz a possibilidade de faltar matérias-primas em momentos de maior demanda.

Pode não ser uma tarefa simples, mas com o uso de tecnologias de gestão as empresas já conseguem realizar previsões assertivas com base nos dados de vendas da empresa em períodos anteriores, que podem ser facilmente obtidos por meio de relatórios de resultados.

Ademais, essa previsão de demandas através de resultados anteriores pode ajudar na mitigação de riscos como imprevistos, falhas e possíveis variações de demanda por conta de fatores externos ou internos.

3. Olhe para os fornecedores como parceiros da sua empresa…

Para que você tenha uma relação frutífera com os fornecedores, que lhe entregam os insumos e matérias-primas necessários para a produção, você já pensou em olhar para eles como parceiros?

Tanto a falta como o excesso de produtos pode ser prejudicial para o seu negócio, por isso experimente compartilhar os processos da sua cadeia de suprimento com eles. Dessa maneira, a entrega de matéria-prima pode ser feita de acordo com os números de controle de estoque e vocês conseguirão planejar juntos como e quando repôr os insumos necessários.

4. …mas não se esqueça de mitigar os riscos para a sua empresa

Um bom relacionamento com fornecedores traz vários benefícios para a sua empresa, mas para que você consiga aumentar a confiança e segurança nos parceiros é essencial manter um monitoramento permanente neles. 

Cabe a você lembrar que as atitudes do fornecedor impactam diretamente suas operações, portanto, crie processos de Compliance e governança de fornecedores para embarcar eficiência à sua gestão de Procurement.

Com a Linkana, sua empresa consegue automatizar processos de homologação e qualificação de fornecedores, além de aperfeiçoar rotinas de Procurement para que você consiga evitar erros e fraudes.

Nossos robôs, que utilizam tecnologias de Machine Learning e Automação Robótica de Processos, ficam atentos e renovam as certidões, consultas e documentos automaticamente para você. Ademais, você pode definir critérios para os fornecedores e receber notificações sobre inconsistências e irregularidades encontradas.

5. Melhore o controle do estoque

Se você quer saber como melhorar a cadeia de suprimentos, olhe para o controle do estoque. 

É imprescindível aliar a gestão do estoque à previsão de demanda, gestão de Procurement e produção para realizar um dimensionamento adequado. 

Sua instituição também pode se beneficiar de um controle eficaz de entradas e saídas, e a realização de inventários, para compreender a dinâmica dessas movimentações e evitar perdas e desvios.

Leia também: Riscos da cadeia de suprimentos: quais são e como evitá-los

6. Implante um sistema integrado de gestão

Mais uma maneira que a tecnologia pode ter um impacto positivo na estrutura da cadeia de suprimentos.

Implantar um sistema que integra as diferentes áreas da sua empresa auxilia as equipes a ter uma gestão de compras mais eficiente, que possibilita comparar dados, controlar o estoque com o mapeamento da localização e informações de cada item, além de compreender quando é necessário repor cada produto.

7. Padronize processos

Estruturar as etapas pertencentes a cadeia de suprimentos oferece maior facilidade de coleta e controle de dados, permitindo ter uma visão mais ampla dos processos e encontrando pontos que podem ser melhorados.

Sabemos que é difícil padronizar toda a cadeia, portanto busque os processos que você acredita que possam ser realizados seguindo os padrões determinados.E então, leitor, aprendeu sobre como melhorar a cadeia de suprimentos e quais são as boas práticas que podem tornar o processo mais ágil, seguro e econômico? Sugerimos que você leia agora o artigo Conheça 6 das principais tecnologias utilizadas na cadeia de suprimentos para melhorar ainda mais os processos da sua empresa.

Leo Cavalcanti

Leo Cavalcanti

Advogado, especialista em Planejamento Tributário e Finanças, soma mais de 05 anos de experiência com rotinas de auditoria empresarial e tributária, além de conhecimento em controladoria e práticas de departamento jurídico corporativo. Atualmente é CEO e um dos co-fundadores da Linkana.